Imposto de renda

Imposto de renda de ativos e rendimentos no exterior é sempre um assunto que requer muita atenção sob pena de tomar mulas da Receita Federal ou até mesmo incorrer em penalidades maiores.

São várias as regras sobre imposto de renda no exterior e deixarei nesta página algumas postagens explicando o passo a passo de como realizar a declaração de dividendos, ganho de capital, rendimentos em contas, alienações dentre outros assuntos.

Fique à vontade para tirar dúvidas, dar sugestões e contribuir para que todos entendam de maneira fácil, como declarar os investimentos e rendimentos no exterior.

23 Comentários até agora

Jose RPostado em8:38 pm - nov 9, 2019

Boa noite,

No caso só paga imposto se vender acima de 35mil reais correto? Digamos que eu venda 30mil reais, não precisei pagar o ganho de capital, mas resolvei trazer este valor de volta ao Brasil, como fica? Vlw

    adminPostado em9:58 pm - nov 9, 2019

    Pode trazer tranquilamente. Basta declarar o ganho. Não precisa pagar imposto.

      Jose RPostado em12:40 pm - nov 10, 2019

      Mesmo vendendo abaixo dos 35mil reais precisa declarar? E como declarar o dinheiro que trouxe? Precisa fazer algo referente a variacao cambial? Vlw

        adminPostado em10:15 pm - nov 10, 2019

        Tem que declarar mesmo que você venda abaixo de 35 mil. Isso mostra de onde vem o crescimento do seu patrimônio. A variação cambial não incide imposto. Quando você declara o ganho, não importa se você traz ou não, já constou aquele valor no seu imposto de renda.

xamprãoPostado em2:51 pm - out 23, 2019

Fala BPM, beleza?

1 – No caso da compra e venda de ETF, a tributação do ganho de capital e eventuais dividendos segue na mesma linha das Stocks?

2 – Na sua declaração de ajuste, vc utiliza o preço médio dos ativos com base no dolar do dia que vc efetuou a compra ou o dolar da remessa? neste caso ETF e STOCKS na mesma linha tbm?

Abraço
Obrigado.

AndrewPostado em8:30 am - jun 21, 2019

Bom dia, BPM.
Você usa alguma tabela do excel ou algum sofware de controle para calcular as suas operação e controlar a parte original em reais e dolares? Pois acredito que fazer isso manualmente deve ser muito trabalhoso e corre muito risco de misturar os capitais.

Obrigado.

AndrewPostado em7:55 pm - maio 20, 2019

Fala, BPM
Tranquilo?
Uma dúvida: para apurar o lucro quando há diversas compras subsequentes do mesmo ativo, calcula-se preço medio com variação do dolar a cada compra, ou deve-se usar first in first out?

    adminPostado em8:58 am - maio 21, 2019

    Variação média como no Brasil.

      Fellipe Wood Leite BarbosaPostado em6:34 pm - nov 22, 2019

      BPM, mas eu tenho uma grande dúvida. Já vi em alguns locais falando nisso, inclusive no site da receita. É informado que tem que ser feito um preço médio de aportes de dinheiro oriundo de remessa e um outro preço médio de aportes de dinheiro oriundo de dividendo em dólar. Como que seria isso? Tem que ter 2 preços médios / custo de aquisição? Vc teria alguma planilha ou poderia fazer um post ou vídeo a respeito? Obrigado.

        adminPostado em9:04 pm - nov 22, 2019

        Felipe preço médio de aportes? Não lembro de ter visto isso. Vou ver se faço um vídeo explicando essa parte do imposto de renda. Tentarei fazer uns exemplos bem didáticos.

AndrewPostado em9:50 pm - abr 11, 2019

BPM,
Em caso de Split de ações no exterior como fica no IR?

Suponhamos que você tenha 100 ações de Apple cotadas a 120 USD cada ação. E a Apple decide dividir as ações na proporção de 1 para 2. Com isso você ficou com 200 ações cotadas a 60 USD por ação. Como declarar isso no IR? é isento? Tem alguma diferença em relação a como é feito com ações do brasil para fins fiscais?

Obrigado.

AndrewPostado em11:04 pm - mar 26, 2019

Fala BPM, blz?
Quanto mais estudo IR de ações no exterior, mais fico assustado. kkkk

Andei pensando… Contas remuneradas tipo da IB não tem isenção sobre variação cambial, correto?

Mas suponhamos que você tenha 100,000 USD em dinheiro em 31/12/2018 com o dólar em R$3,50. Daí no ano seguinte 31/12/2019 suponhamos que você mantenha os 100k de USD e o dólar vai para R$4,00 Daí vc vai pagar 15% sobre a variação, correto? E Depois se em 31/12/2020 o Dólar voltar para R$3,50 você não podera compensar, correto? e depois se em 2021 voltar para 4.00, daí vou estar pagando pela 2º vez o aumento de 0,50? Se for assim esse sobe e desce ao longo dos anos pode ser algo extremamente perigoso para quem deixar dinheiro na conta por anos, pois quando cai não posso abater e quando sobe tenho que pagar a variação…
Desculpa minha ignorância nessa parte de IR no exterior, mas estou tentando entender e quanto mais estudo mais assustado fico…

    adminPostado em1:10 am - mar 27, 2019

    Quase isso. No seu exemplo o dinheiro ficou parado. Se for pra ficar parado sem render, deixe em uma conta em banco.

    Você paga imposto em cima da valorização da conta remunerada, ou seja, houve um rendimento no dinheiro. Você não paga IR na valorização do dólar no seu exemplo porque não teve tenho de capital.

    Se for fazer exatamente o seu exemplo, sim vai pagar na valorização se for em conta remunerada. Lembre-se que a ideia é investir. Os benefícios vem para quem investe, deixar 100k parado na conta da corretora um ano não é uma boa opção, neste caso transfira para conta e deixe lá.

MarceloPostado em11:58 am - mar 21, 2019

Prezado Admin, parabens pelo site. Uma duvida quanto ao valor a declarar com relação ao estoque de moeda estrangeira: No Perguntão da SRF a orientação é para que o valor do estoque de ME seja lançado na declaração pelo “valor medio ponderado” das compras e não pelo valor de compra para (Bacen) o dia 31/12 do exercício.
Favor verificar.
Grato

    adminPostado em1:36 pm - mar 21, 2019

    Olá Marcelo,

    O exemplo se referia a uma única compra mas agradeço o alerta. Vou incluir o texto lá.
    Obrigado por me alertar.

    6 – quando da alienação, o custo de aquisição da quantidade de moeda estrangeira alienada é o resultado da multiplicação do custo médio ponderado do estoque existente na data de cada alienação pela quantidade alienada.

Célia LoboPostado em10:03 pm - fev 5, 2019

Olá! Preciso recolher o IR sobre a venda de ações mas não sei como apurar a base de cálculo. Trata-se de um programa de ações da cia americana onde eu trabalhava aqui no Brasil. Comprei ações em 2001 (origem em reais) que ficaram custodiadas nos EUA. Desde então, os dividendos trimestrais foram creditados em minha conta, já líquidos do IRRF de 30%, e reinvestimentos automaticamente, comprando mais ações. No final de janeiro, eu vendi todas as cotas, agora preciso pagar o imposto. Devo apurar duas bases de cálculo (origem em reais na aquisição e origem em dólares referente aos dividendos) ?
Como faço a conversão de dólar para real para cada dividendo recebido? Tenho que apurar custo médio quando da aquisição de novas cotas pelos dividendos? Posso abater da base de cálculo a “isenção de R$35mil”? De qual base? SOCOOOOORO!!

    adminPostado em8:38 pm - fev 6, 2019

    Olá Célia,

    Sim, você terá que fazer tudo isso que descreveu. Vai ser um pouco trabalhosos mas é o certo. Não sei qual quantia isso dá, sinceramente se não for muito, eu declararia tudo de uma maneira só porque a diferença do valor nem vai ser suficiente pra RFB te perturbar.

    Quanto à declarar os dividendos, você usará o dólar que consta neste site da RFB. Procure por anos anteriores no site da RFB para declarar os dividendos recebidos desde 2001. Se tiver dúvidas de como declarar, clique neste link.

    Para declarar o ganho de capital, dá uma lida neste post. Neste post você vê exemplos sobre como fazer o cálculo. Note que os valores do dólar são diferentes para declarar dividendos e para declarar ganho de capital.

    Você vendeu tudo de uma vez né?! Neste caso não pega o benefício dos 35 mil reais. O ideal era vender todos mês até o limite. Você poderá apenas abater uma vez os 35 mil e pagar imposto do que passou.

    Se até hoje a RFB não te cobrou sobre os dividendos e em se tratando que você recebe desde 2001, ou seja, há 18 anos, eu nem faria de todo o tempo. Salvo engano a EFB apura os últimos 5 ou 10 anos.

    Depois passe aqui para contar pra gente como ficou.

    Espero ter ajudado.

    Abraço!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.