Categoria Ações

poradmin

Vale a pena investir em Apple?

Olá caros leitores!

As ações da Apple andam caindo bastante desde outubro de 2018 quando chegou a custar $ 233,47. Com uma queda de aproximadamente 35% as ações da Apple estão sendo negociadas em torno de $152,00. Mas será que ainda vale a pena investir em Apple?

A Apple é uma das maiores empresas no mercado financeiro e dispensa comentários sobre sua área de atuação. Foi a primeira empresa de capital aberto a atingir a marca de um trilhão de dólares no dia 02 de agosto de 2018 mas após 4 meses, perdeu quase 35% de seu valor em bolsa.

Participante da FAANG onde Amazon também atingiu a marca de um trilhão de dólares, a Apple é a única empresa do grupo que paga dividendos, as demais não pagam reinvestindo os lucros.

Carta de Tim Cook aos acionistas da Apple

Today we are revising our guidance for Apple’s fiscal 2019 first quarter, which ended on December 29. We now expect the following:

  • Revenue of approximately $84 billion
  • Gross margin of approximately 38 percent
  • Operating expenses of approximately $8.7 billion
  • Other income/(expense) of approximately $550 million
  • Tax rate of approximately 16.5 percent before discrete items

We expect the number of shares used in computing diluted EPS to be approximately 4.77 billion.

Tim Cook publicou uma carta aos investidores dizendo que estavam revisando o fechamento fiscal do primeiro trimestre de 2019 finalizado em 29 de dezembro e que as vendas de iPhones teriam caído no período.

A empresa anunciou uma redução na receita de aproximadamente 7,7%, do estimado 91 bilhões para 84 bilhões. O lucro por ação de 4,50 para 3,97 e com isso as ações da empresa despencaram nas últimas semanas atingindo menos de $150.

A alegação de Cook é de que a culpa está nos mercados emergentes, principalmente com a China. A queda deu-se praticamente na queda da venda dos iPhones que crescia em uma média de mais de 15% ao ano. O iPhone sempre foi o produto de maior venda da empresa trazendo a maior receita.

iPhone está ameaçado?

Venda de iPhones

Uma grande discussão paira sobre a galera que gosta de tecnologia e dos produtos da Apple. Será que o iPhone está ameaçado? Será que está ultrapassado? Vale a pena investir em Apple esperando que venda mais iPhones e a receita continue aumentando ano a ano?

Estas perguntas acabam que não tem uma resposta específica e vai da avaliação de cada um. Alguns falam que outras marcas como HUAWEI já apresentam tecnologia muito melhor, tela melhor, mais leve e o pior de tudo, muito mais barato.

As vendas de iPhone tiveram uma grande queda e um dos motivos que se falam é do programa de substituição de baterias que a Apple fez. Uma vez que as baterias podem ser trocadas por um preço bem camarada, os consumidores não veem necessidade de gastar dinheiro e trocar de aparelho.

Também pesa contra as vendas a época que o novo iPhone foi lançado. Enquanto os novos iPhones XS e XS Max foram vendidos no quarto trimestre de 2018, o iPhone X foi vendido no primeiro trimestre de 2018. Isto gerou um impacto no balanço quando comparado os trimestres correspondentes.

De qualquer maneira a Apple deverá inovar algo para 2019, pois se fizer a famigerada atualização para sua versão “S” como sempre, poderá não recuperar as vendas no curto prazo. Em média as pessoas trocam de iPhone a cada dois anos.

Outros produtos da Apple

Apple Watch

Se por um lado o iPhone deixou a desejar nas vendas fazendo a receita da Apple despencar, por outro os serviços e outros produtos como Apple Watch, vem aumentando o caixa da empresa nos últimos trimestres.

Tanto os serviços como iCloud e Apple Music como o Apple Watch cresceram mais de 20% em 2017 e 2018. Isto demonstra que as pessoas estão aderindo à outros produtos mas a concorrência continua apertada. Apple Watch compete com Samsung Watch e o serviço de nuvem tem diversos concorrentes, alguns até de graça.

Já as vendas de Macbook e de iPad também tiveram uma leve queda nos últimos anos. O preço destes produtos estão muito elevados o que dificulta a aquisição por pessoas até de classe média alta. A China que está sendo responsabilizada pela derrubada nas vendas, tem um momento difícil onde o salário mínimo é praticamente o preço de um iPhone, imagina um Macbook com Touch Bar?

Confira também se vale a pena esperar o dólar baixar para investir no exterior

Vale a pena investi em Apple?

Mas depois de todos esse alarido sobre a Apple por conta da carta de Tim Cook para este trimestre, será que ainda assim vale a pena investir na Apple? Será que como empresa, ela ainda oferece bons números e um futuro crescente como sempre teve?

Se formos analisar os números, a Apple tem mais de 130 bilhões de dólares em caixa e com esse dinheiro ela pode comprar diversas empresas, startups, cabeças pensantes, enfim tem bastante dinheiro para investir em novas ideias e novos produtos sem afetar as contas da empresa.

Pesa a favor dos investidores o programa de recompra de ações da Apple o qual possui a cifra de 100 bilhões de dólares, a grande capacidade de gerar caixa, o pagamento de dividendos crescentes sendo uma das empresas que mais paga dividendos no mundo e o maior investidor do mundo ter comprado bilhões de ações também.

Há, não podemos esquecer de rumores sobre um possível carro autônomo sendo testado pela Apple, coisa que o Google já está testando há anos. Lembro que estive no Google em 2014 e já vi o carro autônomo andando pelos campus da empresa.

Preço das ações da Apple

queda nas ações da Apple

Os entendidos de valuation estimam que o preço das ações da Apple, considerando um cenário conservador, fique entre $170 e $187. Em cenários bem pessimistas, considerando crescimentos pífios que nunca aconteceram, a ação pode custar $112 e no melhor cenário, voltar a $230.

Eu tenho ações da Apple e já fiz mais dois aportes desde que comprei pela primeira vez. Neste momento, como temos várias empresas com “desconto” optei por comprar só um pouquinho para dar oportunidade para outras como Black Rock.

Conclusão

Investir em Apple sempre foi sinônimo de ter participação no que há de mais inovador no mundo das tecnologias. A Apple é uma das maiores empresas de capital aberto no mercado financeiro dos Estados Unidos sendo uma das empresas que mais paga dividendos aos seus acionistas, não em valor individual mas em distribuição.

Possui produtos com grande barreira de saída, ou seja, quem tem um produto Apple não quer trocar mas por outro lado seus produtos estão bem caros o que dificulta pessoas de classe média adquirir. As vendas foram afetadas principalmente pela baixa venda de iPhones tendo a China como protagonista nesta redução.

Como empresa, ainda possui excelente caixa que pode ser usado para investimentos sem que isso aumente sua dívida ou atrapalhe o pagamento de dividendos. Sua capacidade de gerar caixa juntamente com o programa de recompra de ações favorece o investidor.

A empresa sempre teve fama de inovar em seus produtos, sendo assim esperamos que apresente produtos inovadores no futuro como fez no passado. Por hora, aumentei posição e acho que ainda vale a pena investir em Apple para longo prazo.

De qualquer maneira vamos aguardar o pronunciamento oficial no dia 29 de janeiro de 2019.

Bons investimentos a todos!

BPM

Disclosure: Lembro a todos que este site tem conteúdo apenas para estudos e não consiste em indicação de compra ou venda de ativos nem de qualquer outro tipo de investimento. Antes de investirem, estudem bastante e tenha certeza do que estão fazendo. Na dúvida, procurem um profissional da área ou uma corretora.

poradmin

Fechamento anual da carteira de investimentos no exterior – 2018

Olá caros leitores!

Como já havia comentado no blog BPMilhão, é interessante fazermos o acompanhamento dos nossos investimentos para tomar decisões de alterar ou não a carteira e de analisar o comportamento de cada ativo mês a mês. Afinal de nada adianta criar uma estratégia e não saber se está dando certo, se for pra isso basta colocar o dinheiro em renda fixa e esquecer.

Acompanhamento da carteira mês a mês

Para aqueles que me acompanham a mais tempo sabe que todos os meses eu faço o balanço dos meus investimentos. Daí saem as decisões de comprar mais, vender ou manter posição. Este acompanhamento já me tirou de GE quando a $22 evitando assim um prejuízo gigante, pois hoje ela custa menos que $9.

No último trimestre a bolsa americana entrou em uma realização de lucros levando vários ativos a preços de 3 anos atrás. Muitos caíram mais de 30% e no fim de 2018 minha carteira teve uma boa queda mas nada que me preocupasse, pois o balanço das empresas praticamente não mudou.

Em contrapartida o aumento na carteira com aportes de dividendos foi muito bom. O crescimento dos dividendos foi mais de 400%. Já o crescimento da carteira como um todo ficou em 20,18%. Um excelente crescimento, imaginem isso por 10 anos?!

ETF

O destaque negativo no fechamento da carteira ficou por conta dos ETF. Estes caíram bastante chegando a ficar negativo no balanço total. No ano de 2018 todos fecharam no negativo mas desde o início da carteira apenas RBOT está no negativo. O destaque positivo foi pra IWDA.

Minha estratégia de ETF consiste em comprar os que não pagam dividendos e acumulam com o tempo e que não cobrem imposto de renda sobre ganho de capital como é o caso dos listados na Irlanda. Esta estratégia é para longo prazo.

A ideia é acumular esses ETF até a aposentadoria e quando precisar de dinheiro, vender aos poucos conforme a necessidade sem ter que pagar imposto sobre o ganho de capital. Por isso prefiro os ETF de acumulação Aos que pagam dividendos. Apesar do péssimo desempenho em 2018, vou mantendo.

Não pretendo comprar muito mais ETF mantendo apenas uma pequena parte em carteira. Talvez que compre só um pouco mais nos mercados emergentes visando uma melhora nas menores economias. O Brasil tá dentro dessa expectativa.

Resumo do rendimento dos investimentos em 2018


% preço da açãoCrescimento com aportesCrescimento aporte e dividendosSó Dividendos

Stocks
CVS-9,63%-9,63%8,05%17,69%
BRK.B3,01%3,01%2,36%—————
GWW62,02%00
AWR15,77%15,77%27,71%11,94%
DIS1,99%1,99%9,76%7,76%
AAPL-6,79%151,67%155,24%3,57%
V15,72%15,72%16,26%0,54%
T-12,24%81,79%82,41%0,62%
IBRK-11,08%-11,08%-10,02%1,06%
I-0,05%-0,05%0,44%0,49%

ETF
IWDA-9,03%-9,03%-9,03%—————
EIMI-14,18%-47,19%-47,19%—————
CSPXJ-USD-10,18%-10,18%-10,18%—————
RBOT-18,85%-18,85%-18,85%—————

REIT
O10,56%65,84%70,55%4,72%
EPR-2,18%46,72%53,36%6,64%
DLR-6,45%-6,45%-5,21%1,24%
CIM1,65%3,11%7,13%4,02%
LTC13,26%13,26%15,79%2,53%
PK-10,63%-10,63%-10,63%0,00%

Crescimento dos Dividendos

201620172018

00432,83%

Como podem perceber vários ativos fecharam o ano de 2018 mais barato do que em 2017 mas os aportes elevaram a carteira bem como os dividendos recebidos. Umas das coisas mais importantes é ter crescimento da carteira e principalmente dos dividendos.

Dividendos

Considerando os dividendos recebidos em relação à soma dos ativos que pagam dividendos, ou seja, excluindo Berkshire Hathaway e todos os ETF, tenho um retorno de 1,79% no ano.

Este retorno é baixo mas tenho que considerar que a carteira foi sendo aumentada ao longo do ano, então alguns ativos que pagam bons dividendos foram adicionados no segundo semestre me pagando apenas uma vez no ano.

No gráfico de rendimento dos dividendos no ano podemos ver o crescimento mês a mês. Como iniciei os investimentos em 2017 então não tenho um comparativo de crescimento mas para 2019 tenho 2018 como referência.

rendimentos dos dividendos

Com relação à dividendos minha estratégia não é receber muito no ano. Quero diversificar em empresas de crescimento como a Berkshire pra evitar pagar imposto de renda e quando precisar vender me beneficiar da isenção de 35 mil reais. Reparem que pagamos 30% sobre os dividendos recebidos.

Teve um leitor no blog do Viver de Dividendos que fez um questionamento desses, sobre o que é melhor, receber dividendos e pagar 30% de imposto ou colocar em empresas que não pagam dividendos. É um assunto interessante para desenvolver no futuro.

Envio de dinheiro ao exterior

O envio de dinheiro ai exterior é sempre uma dúvida para aqueles que querem iniciar os investimentos ou até mesmo fazer uma viagem ou enviar dinheiro à um parente em outros país.

Eu continuando usando a Remessa Online para enviar dinheiro ao exterior e pelo que tenho acompanhado tem sido a mais rápida e a mais barata. Tive que fazer um envio para o BB Americas que não tem SWIFT então não tem como ser via Remessa Online mas neste caso enviei para a Interactive Brokers e depois passei pro BBA.

Se você ainda não sabe como enviar dinheiro via Remessa Online, veja este post. Como enviar dinheiro para a Interactive Brokers usando a Remessa Online.

Não se esqueça de usar o voucher “investirnoexterior” para ganhar 10% de desconto no Spread. Lembrando que remessas acima de $300 a taxa é de apenas R$ 7,00 e se a remessa for acima de $1500 não há cobrança de taxa, somente de iof.

remessa online

Conclusão

Fiquei satisfeito com os investimentos realizados em 2018 e pretendo manter a mesma estratégia para 2019 acompanhando sempre os balanços trimestrais. A capacidade de aporte deverá ser a mesma então espero um crescimento igual.

As ações americanas recuaram bastante dando oportunidade de entrada em vários ativos bons lembrando sempre do longo prazo. Conforme for analisando alguns ativos vou escrevendo aqui. Se você ainda não é inscrito, inscreva-se na newsletter para receber as atualizações.

Para ver a carteira completa clique aqui.

Bons investimentos a todos!

BPM

poradmin

Vale a pena esperar dólar baixar para investir no exterior?


Olá caros leitores! Uma grande discussão que sempre vemos quando falamos em investir no exterior é se vale a pena esperar o dólar baixar para investir no exterior. Eu defendo que os aportes devem ser constantes independente do valor do dólar. Vamos ver se isso dá certo ou não.

Imagine você que possa realizar um aporte mensal de R$ 2.000,00 e quer comprar ativos no exterior. Como será que sua carteira teria se comportado se tivesse enviado dinheiro para o exterior todo início de mês independente do preço do dólar?

Vou fazer um comparativo de um ano considerando dezembro de 2017 a novembro de 2018. Utilizarei duas stocks neste estudo, uma será a Berkshire B que não paga dividendos e outra a AT&T que paga bons dividendos. Também farei o cálculo médio do preço do dólar ao longo do ano.

Vamos deixar de lado as notícias e variações ocorridas ao longo do ano. A ideia é trazer um estudo em que faremos aportes constantes e mensais em um único tipo de ativo. Claro que na hora de investir vamos diversificar mas agora não será o caso.

Os parâmetros utilizados foram:

  • Cotação do dólar no primeiro dia útil do mês;
  • Cotação do ativo no primeiro dia útil do mês;
  • Não considerei taxas de remessa de valores de R$ 7,00 pela Remessa Online nem o iof que será de 1,1% em cima de 2 mil reais, ou seja, 22 reais nem o spread. Lembrando que utilizando o voucher investirnoexterior na Remessa Online você obtém 10% de desconto no spread;
  • Período analisado foi de dezembro de 2017 a novembro de 2018;
  • Vou deixar a quantidade de ações compradas em números quebrados, pois nos EUA é possível comprar fração de uma ação;
  • Na tabela do dólar, novamente somei a inflação do ano aos aportes para que as condições fiquem as mesmas, caso contrário a inflação iria corroer o poder de compra.
remessa online

Compra de Berkshire B nos últimos 12 meses.


AporteDólar R$Dólar USDPreço BRKBQnt CompradaTotal acumuladoValor da carteira
dezembroR$ 2.000,00R$ 3,26US$ 614,44US$ 194,563,16

janeiroR$ 2.000,00R$ 3,26US$ 613,87US$ 197,223,116,27US$ 1236,71
fevereiroR$ 2.000,00R$ 3,17US$ 631,31US$ 217,252,919,18US$ 1993,63
marçoR$ 2.000,00R$ 3,25US$ 614,63US$ 201,533,0512,23US$ 2464,00
abrilR$ 2.000,00R$ 3,31US$ 604,05US$ 195,003,1015,32US$ 2988,21
maioR$ 2.000,00R$ 3,55US$ 563,86US$ 195,112,8918,21US$ 3553,75
junhoR$ 2.000,00R$ 3,76US$ 531,91US$ 192,232,7720,98US$ 4033,21
julhoR$ 2.000,00R$ 3,91US$ 511,51US$ 187,832,7223,70US$ 4452,40
agostoR$ 2.000,00R$ 3,75US$ 533,33US$ 197,852,7026,40US$ 5223,25
setembroR$ 2.000,00R$ 4,05US$ 493,83US$ 210,052,3528,75US$ 6039,16
outubroR$ 2.000,00R$ 4,02US$ 497,51US$ 214,782,3231,07US$ 6672,67
novembroR$ 2.000,00R$ 3,70US$ 540,54US$ 205,862,6333,69US$ 6936,08
dezembroR$ 2.000,00R$ 3,86




Total

US$ 6750,80


US$ 6936,08









US$ 6936,08






US$ 6750,80





Rendimento2,74%





Se  tivéssemos aportado R$ 2.000,00 todos os meses e enviado para o exterior independente do preço do dólar e comprado Berkshire B, também independente do preço, todos os meses durante o ano de 2018, teríamos um rendimento de 2,74% na carteira. Em breve divulgarei o quanto teria rendido em 10 anos.

Compra de AT&T nos últimos 12 meses


AporteDólar R$Dólar USDPreço AT&TDividendosValor dividendosQnt CompradaTotal acumuladoValor da carteira
dezembroR$ 2.000,00R$ 3,26US$ 614,44US$ 36,50

16,83

janeiroR$ 2.000,00R$ 3,26US$ 613,87US$ 38,54

15,9332,76US$ 1262,65
fevereiroR$ 2.000,00R$ 3,17US$ 631,31US$ 39,16US$ 0,50US$ 11,4716,1248,88US$ 1914,28
marçoR$ 2.000,00R$ 3,25US$ 614,63US$ 36,00

17,3966,28US$ 2385,90
abrilR$ 2.000,00R$ 3,31US$ 604,05US$ 35,10

17,2183,48US$ 2930,30
maioR$ 2.000,00R$ 3,55US$ 563,86US$ 32,54US$ 0,50US$ 29,2217,33100,81US$ 3280,44
junhoR$ 2.000,00R$ 3,76US$ 531,91US$ 32,47

17,28118,09US$ 3834,52
julhoR$ 2.000,00R$ 3,91US$ 511,51US$ 32,21

15,88133,97US$ 4315,32
agostoR$ 2.000,00R$ 3,75US$ 533,33US$ 31,90US$ 0,50US$ 46,8916,72150,69US$ 4807,12
setembroR$ 2.000,00R$ 4,05US$ 493,83US$ 31,86

16,97167,67US$ 5341,81
outubroR$ 2.000,00R$ 4,02US$ 497,51US$ 33,49

14,86182,52US$ 6112,62
novembroR$ 2.000,00R$ 3,70US$ 540,54US$ 30,49US$ 0,50US$ 63,8817,73200,25US$ 6105,60
dezembroR$ 2.000,00R$ 3,86






Total

US$ 6750,80




US$ 6105,60











US$ 6105,60








US$ 6750,80







Rendimento-9,56%







Se tivéssemos aportado os mesmo R$ 2.000,00 mas agora comprando AT&T nos últimos 12 meses e reinvestindo os dividendos, teríamos um rendimento de -9,56% no ano.  O valor dos dividendos já está sem o imposto de 30%.

O que quero mostrar é que se ficar esperando o valor do dólar baixar para comprar um ativo, pode ser que perca uma boa oportunidade. Quando a ação custava U$ 39,16 em fevereiro de 2018, o dólar estava em seu menor patamar a R$ 3,17.

Já em novembro de 2018, enquanto a ação estava em seu menor preço nos últimos 12 meses cotada a U$ 30,49, o dólar estava em R$ 3,70. Ou seja, enquanto o dólar subiu 17%, AT&T caiu 29% e continua pagando o mesmo dividendos de U$0,50 por ação. 

Esta é a oportunidade de comprar mais ações de uma empresa boa independente do preço do dólar. Comprando mais ações você também recebe mais dividendos. Perceba que o valor dos dividendos é o mesmo o ano todo. Esse acumulo que gera riqueza no longo prazo. 

Vale a pena esperar o dólar baixar?

Podemos ver na tabela abaixo que o dólar estava em R$ 3,26 em dezembro de 2017,  passando pelo seu pico mínimo em fevereiro de 2018 a R$ 3,17 e depois passou para seu pico máximo em R$ 4,15 em setembro de 2018. Quando o dólar estava em R$ 3,17 muitas pessoas achavam que ia abaixo de R$ 3,00 e não compraram. 

Quando dólar passou de R$ 4,00, muitas pessoas não compraram esperando baixar de R$ 4,00. Aí vem a pergunta: Qual é o preço bom para comprar dólar? Resposta: Não existe! O preço para comprar dólar e investir é o preço do momento em que você tem o dinheiro para enviar. Existe uma maneira de  calcular o preço do dólar mas falaremos posteriormente.

Ficar esperando uma grande baixa do dólar para enviar o dinheiro para o exterior só faz você perder o custo de oportunidade de entrar em um ativo que possa estar com um bom desconto no momento. Por exemplo, imagine dólar em julho a R$ 3,91 e ações da Apple a U$ 190,00. Com 2 mil reais você compraria 511,51 dólares e consequentemente 2,69 ações da Apple. 

De julho a dezembro a Apple pagou dividendos duas vezes de 0,73 cents para cada ação, ou seja, já teria recebido um rendimento de 1,76 centavos por ação. Agora vamos ao cenário atual. Dólar a R$  3,80 e ações da Apple a R$ 170,00 (-12%). Você compraria 3,1 ações da maçã e o dólar está praticamente no mesmo preço. Ou seja, esperar o dólar baixar só faz você perder tempo.

Nos dias atuais a Apple está mais barata do que em julho mas o dólar está no mesmo patamar. Caso tivesse comprado em julho, já teria recebido dividendos duas vezes. Ao invés de comprar mensalmente, aquele que espera o dólar cair pode nem ter comprado nada até hoje. Já quem comprou agora em dezembro, teve a oportunidade de comprar mais ações da Apple por um preço menor que julho mas com o mesmo preço do dólar.

Média do dólar em 10 anos

Se tivéssemos comprado dólar desde dezembro de 2017 até novembro de 2018 sem se preocupar com o preço, teríamos um preço médio de R$ 3,62  em um ano. E se fizéssemos isso nos últimos 10 anos? Qual teria sido o preço médio do dólar? Confira na tabela abaixo.

2008Aporte R$InflaçãoDólar R$Conversão U$
novembroR$‎ 2.000,00
R$‎ 2,17US$‎ 923,36
dezembroR$‎ 2.000,00
R$‎ 2,32US$‎ 863,19
2009118,005,9%

janeiroR$‎ 2.118,00
R$‎ 2,33US$‎ 908,62
fevereiroR$‎ 2.118,00
R$‎ 2,32US$‎ 911,75
marçoR$‎ 2.118,00
R$‎ 2,44US$‎ 867,68
abrilR$‎ 2.118,00
R$‎ 2,28US$‎ 929,35
maioR$‎ 2.118,00
R$‎ 2,13US$‎ 994,83
junhoR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,95US$‎ 1.085,04
julhoR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,93US$‎ 1.098,55
agostoR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,83US$‎ 1.156,11
setembroR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,90US$‎ 1.112,98
outubroR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,79US$‎ 1.186,55
novembroR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,74US$‎ 1.214,45
dezembroR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,72US$‎ 1.230,68
201091,294,31%

janeiroR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,72US$‎ 1.285,22
fevereiroR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,86US$‎ 1.188,43
marçoR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,80US$‎ 1.230,12
abrilR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,77US$‎ 1.250,31
maioR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,73US$‎ 1.277,05
junhoR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,83US$‎ 1.204,63
julhoR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,79US$‎ 1.231,49
agostoR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,75US$‎ 1.263,17
setembroR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,75US$‎ 1.266,07
outubroR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,68US$‎ 1.315,84
novembroR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,76US$‎ 1.255,28
dezembroR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,71US$‎ 1.295,77
2011130,355,90%

janeiroR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,65US$‎ 1.418,82
fevereiroR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,66US$‎ 1.407,72
marçoR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,66US$‎ 1.407,72
abrilR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,61US$‎ 1.453,19
maioR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,57US$‎ 1.488,31
junhoR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,59US$‎ 1.476,11
julhoR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,56US$‎ 1.503,62
agostoR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,57US$‎ 1.494,02
setembroR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,62US$‎ 1.448,69
outubroR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,90US$‎ 1.234,63
novembroR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,74US$‎ 1.347,71
dezembroR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,80US$‎ 1.299,07
2012152,086,50%

janeiroR$‎ 2.491,71
R$‎ 1,87US$‎ 1.332,47
fevereiroR$‎ 2.491,71
R$‎ 1,73US$‎ 1.437,80
marçoR$‎ 2.491,71
R$‎ 1,71US$‎ 1.454,59
abrilR$‎ 2.491,71
R$‎ 1,83US$‎ 1.360,85
maioR$‎ 2.491,71
R$‎ 1,92US$‎ 1.295,74
junhoR$‎ 2.491,71
R$‎ 2,05US$‎ 1.217,84
julhoR$‎ 2.491,71
R$‎ 1,99US$‎ 1.255,27
agostoR$‎ 2.491,71
R$‎ 2,04US$‎ 1.219,04
setembroR$‎ 2.491,71
R$‎ 2,03US$‎ 1.226,84
outubroR$‎ 2.491,71
R$‎ 2,03US$‎ 1.230,47
novembroR$‎ 2.491,71
R$‎ 2,03US$‎ 1.227,44
dezembroR$‎ 2.491,71
R$‎ 2,12US$‎ 1.175,89
2013145,275,83%

janeiroR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,04US$‎ 1.290,11
fevereiroR$‎ 2.636,98
R$‎ 1,99US$‎ 1.327,12
marçoR$‎ 2.636,98
R$‎ 1,98US$‎ 1.331,81
abrilR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,02US$‎ 1.305,44
maioR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,01US$‎ 1.312,58
junhoR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,13US$‎ 1.240,35
julhoR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,23US$‎ 1.181,97
agostoR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,30US$‎ 1.146,51
setembroR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,37US$‎ 1.112,65
outubroR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,23US$‎ 1.184,10
novembroR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,26US$‎ 1.168,87
dezembroR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,35US$‎ 1.120,69
2014155,855,91%

janeiroR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,39US$‎ 1.168,54
fevereiroR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,44US$‎ 1.146,48
marçoR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,32US$‎ 1.204,84
abrilR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,26US$‎ 1.235,21
maioR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,22US$‎ 1.259,73
junhoR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,28US$‎ 1.227,61
julhoR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,20US$‎ 1.267,73
agostoR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,26US$‎ 1.236,31
setembroR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,24US$‎ 1.244,57
outubroR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,48US$‎ 1.124,32
novembroR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,50US$‎ 1.118,02
dezembroR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,56US$‎ 1.092,23
2015179,026,41%

janeiroR$‎ 2.971,84
R$‎ 2,69US$‎ 1.104,36
fevereiroR$‎ 2.971,84
R$‎ 2,71US$‎ 1.095,00
marçoR$‎ 2.971,84
R$‎ 2,89US$‎ 1.026,90
abrilR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,19US$‎ 932,49
maioR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,08US$‎ 964,88
junhoR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,17US$‎ 936,90
julhoR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,14US$‎ 945,24
agostoR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,45US$‎ 860,90
setembroR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,69US$‎ 806,03
outubroR$‎ 2.971,84
R$‎ 4,00US$‎ 742,77
novembroR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,77US$‎ 788,91
dezembroR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,85US$‎ 771,11
2016317,1010,67%

janeiroR$‎ 3.288,94
R$‎ 4,03US$‎ 815,91
fevereiroR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,96US$‎ 831,17
marçoR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,94US$‎ 834,76
abrilR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,56US$‎ 923,86
maioR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,49US$‎ 942,93
junhoR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,59US$‎ 917,16
julhoR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,23US$‎ 1.018,25
agostoR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,27US$‎ 1.006,10
setembroR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,25US$‎ 1.012,60
outubroR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,20US$‎ 1.026,51
novembroR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,24US$‎ 1.015,42
dezembroR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,47US$‎ 948,64
2017206,876,29%

janeiroR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,28US$‎ 1.065,47
fevereiroR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,15US$‎ 1.110,13
marçoR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,09US$‎ 1.130,60
abrilR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,11US$‎ 1.122,97
maioR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,15US$‎ 1.109,43
junhoR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,25US$‎ 1.076,96
julhoR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,30US$‎ 1.058,05
agostoR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,12US$‎ 1.119,02
setembroR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,15US$‎ 1.111,19
outubroR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,15US$‎ 1.108,37
novembroR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,26US$‎ 1.071,35
dezembroR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,26US$‎ 1.073,98
201877,262,21%

janeiroR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,26US$‎ 1.096,71
fevereiroR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,17US$‎ 1.127,86
marçoR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,25US$‎ 1.098,05
abrilR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,31US$‎ 1.079,15
maioR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,55US$‎ 1.007,35
junhoR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,76US$‎ 950,28
julhoR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,91US$‎ 913,83
agostoR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,75US$‎ 952,82
setembroR$‎ 3.573,07
R$‎ 4,15US$‎ 860,98
outubroR$‎ 3.573,07
R$‎ 4,02US$‎ 888,82
novembroR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,70
Total 


US$‎ 143.624,79

Preço Médio dólar
R$ 2,54

Percebam a diferença no preço do dólar em 2008 e em 2018. O dólar aumentou com o passar dos anos passando de R$ 4,00 em três momentos diferentes. Nesses mesmos 10 anos, ações como Berkshire saíram de U$ 43,00 para mais de U$ 220,00. Não se compara à alta da inflação nem muito menos à do dólar .

Conclusão

Então, já se decidiu se vale a pena esperar o dólar baixar para investir no exterior?

Podemos perceber que quem não se preocupa muito com o preço do dólar e envia dinheiro para o exterior, seja para investir ou seja para a aposentadoria, tem hoje um excelente preço médio e não deixou de aproveitar as oportunidades.

Já aqueles que sempre ficam esperando a melhor oportunidade em uma baixa do dólar para enviar dinheiro ao exterior para investir, podem ter perdidos excelentes oportunidades. A maioria das pessoas não fazem o cálculo do custo de oportunidade.

Assim como este histórico de 10 ano, a média do preço do dólar ficou excelente, acredito que para os próximos 10 anos não vá ser muito diferente. 10 anos são dois governos e meio e mesmo as piore fases dos nossos governos não conseguiram jogar a média do dólar para cima de maneira que ficasse desvantajoso.

Não perca tempo aguardando uma baixa do dólar. Envie já os recursos para o exterior e aproveite para comprar ativos no mercado americano. Sugiro utilizar a Remessa Online juntamente com o voucher “investirnoexterior” e obter 10% no spread. Clique aqui e veja como fazer o envio via Remessa Online.

Bons investimentos.

BPM

poradmin

Você sabe o que é FAANG?

Desde a época da escola a gente fica criando métodos mnemônicos para decorar alguma coisa e arrebentar na hora da prova, pois então, hoje não é muito diferente com investimentos, vamos ver o que significa FAANG nos investimentos.

FAANG nada mais é do que a primeira letra das cinco maiores empresas de tecnologia/venda do mundo, são elas: Facebook, Apple, Amazon, Netflix e Google. Digo vendas também pois a Amazon é uma gigante na área assim como a Apple e se considerarmos os produtos do Google, também é uma gigante de vendas. 

Claro que poderíamos criar vários outros acrônimos como muitos já criaram. Já há uma corrente que quer incluir Snapchat, Tesla, Nvidia transformando o acrônimo em FAANGSTN. Você pode criar o seu próprio e até em REIT já temos um também mas falarei em outro momento.

Bom, as empresas dispensam comentários, pois todos nós conhecemos bem cada uma delas. A Apple foi a primeira empresa listada em bolsa a bater o recorde de um trilhão de dólares sendo seguida pela Amazon logo depois. Hoje já houve uma boa queda nos preços e as empresas perderam este status mas veremos até quando.

FAANG

Falando rapidamente de cada uma das FAANG, vou fazer breves comentários do que acho, se utilizo ou não os serviços das empresas e mostrarei os gráficos com dados dos últimos 10 anos.

Facebook

Não uso tanto. Acho um pouco mural de fofocas. Mistura muito assunto e envolveu-se em grandes polêmicas nos últimos tempos. Não paga dividendos e não retorna nada para o usurário, ou seja, você paga pelos serviços como os anúncios em suas plataformas e não recebe nada caso dê ibope.

Como FB não tem 10 anos ainda no mercado, vamos pegar o gráfico desde o IPO do Facebook, ou seja, maio de 2012.

Facebook stocks
Resultado facebook

Seu valor de mercado está em aproximadamente 416 bilhões e o teto histórico das ações está em U$ 218, ou seja, aproximadamente 55% acima do preço de hoje U$ 140.

Apple

A Apple ficou anos fora da FAANG que era apenas FANG mas como podemos ver, está ai e foi a primeira empresa trilionária listada em bolsa. Tenho uma posição considerável na empresa. Acredito que é um dos maiores sonho de consumo no mundo inteiro, principalmente dos chineses e dos brasileiros. Todo mundo quer um Apple e a cada ano que passa bate recorde de vendas.

A empresa possui vários produtos de tecnologia como celulares, tocadores de mp3, computadores, relógios, dispositivos de armazenamento além de um serviço muito bom de nuvem. Também vendem acessórios de qualidade de marcas consideráveis como Beats e Dji.

Das FAANG é a única que distribui dividendos e das empresas listadas é uma das maiores distribuidoras de dividendos mesmo mantendo um caixa monstruoso que passa dos 200 bilhões de dólares. Acredito que Jobs tenha deixado vários projetos a serem lançados ao longo dos anos e quem pensou que a empresa fosse sofrer com a morte de seu criador, enganou-se e muito.

Apple stocks
resultado apple

As ações da Apple vieram a público em dezembro de 1980 e desde então só sobe. Podemos perceber uma boa realização no segundo semestre de 2013 mesmo assim os dias de hoje é a maior realização nos últimos 10 anos. Seu valor de mercado está em aproximadamente 970 bilhões e o teto histórico das ações está em U$ 233, ou seja, aproximadamente 19% acima do preço de hoje U$ 195.

Amazon

A Loja de Tudo que em um determinado momento se considerou como “não  loja” (para quem leu o livro vai entender), vem crescendo ano após ano e também atingiu a meta de um trilhão de dólares. Também não distribui dividendos assim como o Facebook mas oferece retorno aos usuários de seus serviços.

Opera principalmente no ramo de vendas mas também tem muitos serviços e inclusive um de filmes competindo com o Netflix. Para quem começou intermediando venda de livros, a Amazon de Jeff Bezos é um excelente exemplo de superação e crescimento ao longo do tempo sobrevivendo à crise das pontocom e de 2008.

Em se tratando de serviços da Amazon eu até que uso bastante. Sempre que vou comprar livros pesquiso lá primeiro e nos Estados Unidos sempre compro coisa por lá. É uma empresa que utilizo bastante.

Ações da Amazon
resultado amazon

As ações da Amazon vieram a público em maio de 1997 e desde então só subiram tendo o momento atual como a maior realização de lucros nos últimos 10 anos. Seu valor de mercado está em aproximadamente 837 bilhões e o teto histórico das ações está em U$ 2.050, ou seja, aproximadamente 25% acima do preço de hoje U$ 1.644.

Confira aqui como enviar dinheiro ao exterior de forma simples, barata e rápida.

Netflix

Netflix é outra que começou inovando no ramo de streaming oferecendo filmes “de graça” em sua plataforma. Digo “de graça” pois há uma mensalidade mas mesmo assim eles entraram em um mercado quando tínhamos que pagar por filme e não por mês. Também não paga dividendos e só retorna algo para quem consegue um espaço para colocar seus trabalho na plataforma.

A Netflix cresceu tanto que criou sua própria produtora produzindo bons filmes e séries. Explodiu com a série House Of Cards lançada em 2013 e desde então foi lançando vários outros filmes e seriados. Já produziram muito conteúdo dividido em drama, documentários, terror, suspense e comédia dentre outras categorias.

A empresa já foi cogitada a ser comprada pela Disney mas nada concretizou-se. Hoje ela tem como principais concorrente o Prime da Amazon e o próprio Apple TV que também oferece serviço de streaming de filmes. Há outras empresas no ramo streaming como o Google com o Chromecast e a Roku mas ainda assim, Netflix é a maior até agora.

Das FAANG essa com certeza é uma das que mais utilizo. Tenho a assinatura e compartilho com minha mãe e minha filha além de sempre baixar filmes no iPad quando vou viajar. Sinceramente o valor que pago de mensalidade é muito baixo em relação a tanto que uso (que a Netflix não me ouça).

Ações da Netflix
resultado Netflix

As ações da Netflix vieram a público em maio de 2002 e desde então só vem subindo como vocês podem acompanhar no gráfico acima. Reparem que a primeira grande queda nos últimos 10 anos está ocorrendo exatamente neste momento. Seu valor de mercado está em aproximadamente 132 bilhões e o teto histórico das ações está em U$ 423, ou seja, aproximadamente 44%  acima do preço de hoje U$ 294.

Google

 Esta gigante ramo da tecnologia cresceu tanto que temos até a dúvida se o Google vai dominar o mundo ou não. Investe pesado em inteligência artificial e se você pensa em pesquisar algo, o Google já te mostra, parece que lê pensamentos. Lembro bem que quando os serviços de busca na internet começaram, o Cadê era o principal e hoje sumiu.

O interessante do Google é que não precisa de diversos equipamentos para produzir seu produto. Sua maior fonte é a inteligência humana e alguns super mega computadores, por isso consegue entregar muito com pouco. Imaginem quanto se gasta para desenvolver e construir uma aeronave de caça de última geração (LMT) e o quanto se gasta para desenvolver e por no ar um novo serviço ou aplicativo?

O Google costuma comprar empresas menores mesmo que em prejuízo, apenas para levar alguns “cabeças” para dentro da gigante. Imagina quantas mentes pensantes não existem por aí sem recursos e que se aliadas aos recursos do Google poderão produzir muita coisa? É o que a empresa faz.

Também não distribui dividendos mas oferece grande retorno com o Adsense aos usuários que possui sites. Oferece diversos produtos gratuitos como e-mail, drive, hospedagem de sites, serviços de viagens e muitos outros além do tradicional sistema avançado de busca. Ainda não chegou a ser uma empresa trilionária mas não duvido muito que chegue em breve.

Como tenho o blog do BPMilhão e ele está no Blogger acabo usando bastante serviços do Google. Claro que também uso o drive e outros serviços online sendo esta empresa uma das mais usadas no dia a dia competindo com a Netflix. A receita que recebo do Adsense é muito pequena e nem tem como contabilizar.

valor de mercado do google

Há um erro no gráfico do Google no Investing.com e só aparece a partir de abril 2014.

As ações do Google vieram a público em agosto de 2004. Seu valor de mercado hoje está em aproximadamente 745 bilhões de dólares e o teto histórico das ações está em U$ 1.273, ou seja, aproximadamente 22% acima do preço de hoje U$ 1.045.

Oportunidade de investir em ações americanas

Para aqueles que pensam em entrar no mercado de ações americanas, este pode ser um bom momento. Claro que se formos analisar o mercado como um todo nos últimos 10 anos, veremos somente alta no longo prazo mas mesmo assim tivemos grandes quedas nos últimos tempos, o que pode ter aberto novas oportunidades.

Em se falando de FAANG, nas últimas semanas as 5 maiores perderam aproximadamente 600 bilhões juntas. Facebook por exemplo tem preço histórico 55% acima da cotação atual. Podemos perceber que em relação ao preço histórico de cada empresa, a média é de 20% acima do preço atual, o que para alguns já é um bom ponto de entrada.

Outras empresas mais resilientes que pagam bons dividendos ininterruptos, chamadas de Dividend Aristocrats, também estão com algumas quedas nos preços. Cabe a você julgar se vale a pena entrar ou esperar o Bear market derrubar mais ainda. 

Bons investimentos.

BPM

 

poradmin

Crash ou oportunidade no Mercado Americano?

 O mercado americano esta semana teve uma forte queda levando o índice ao patamar de junho gerando um certo pânico na maioria dos investidores. Mas será que há necessidade de pânico e de venda generalizada? O que mudou nas empresas em uma semana que justifica tal queda?

O mercado americano vem crescendo desde o crash de 2008 e nos últimos 10 meses ela cresceu ininterruptamente. Diversas empresas deram mais de 100% de lucro e seus balanços só foram melhorando mas como tudo que sobe tem que descer, chegou a hora de ver um queda no preço das empresas. 

Não há necessidade de pânico no momento. Não se define um crash em apenas uma semana. Muitos “especialistas” dizem há anos que um crash está se aproximando e uma hora eles vão acertar mas não vejo esse desespero todo no momento. Não adianta ser pessimista mas vejamos algumas ideias sobre essa queda. 

Crash no mercado americano?

Será que já podemos falar em crash no mercado americano? Não, ainda não. Estamos vendo uma guerra comercial entre Estados Unidos e China junto com aumento da taxa de juros pelo FED Federal Reserve, além disso, como falei, o mercado americano vem subindo desde a crise de 2008.

Uma das coisas que concorreram para a grande queda em curto espaço de tempo foram os robôs. Diversos robôs ficam programados para efetuarem compras e vendas de acordo com algumas premissas colocadas pelos gestores. Muitos ETF são gerenciados por robôs e com isso a queda pode se acentuar, pois quando um começa a vender atinge algum parâmetro de outro que começa também é assim por diante. 

Juntamente com as vendas dos robôs tem à venda dos pequenos investidores que acabam se desesperando por verem o preço cair 8% em um único dia. Muitos investidores não aguentam ver nenhuma queda e após quase 10 anos de alta fica difícil aceitar -12% em uma semana em sua carteira. 

Existe também os fundo de pensões, previdências e outros que acabam trocando posições ou simplesmente realizando lucros. Os alugueis de ações também são desfeitos nesses momentos. Fundos de investimentos também tem sua parcela de participação neste processo.

A alta das ações americanas 

Não vamos esquecer das altas das ações americanas. Somente este ano a Amazon subiu mais de 50%, Netflix mais de 70%, Apple mais de 30%, Grainger mais de 50% dentre muitas outras. Já era de se esperar uma grande realização no mercado americano e sempre é bom ter uma parte do dinheiro em liquidez para aproveitar essas oportunidades. 

Eu mesmo cheguei a ter 115% de alta em Grainger GWW em apenas um ano e meio e se quisesse vender e realizar o lucro, poderia dividir por 10 anos pra ficar em uma posição confortável ainda. 

Reparem no gráfico abaixo como o mercado americano subiu nos últimos 10 anos, representado pelo índice das 500 maiores empresas.

S&P 500 mercado americano

Olhando o gráfico, quem comprou para longo prazo se deu muito bem até mesmo porque as empresas pagaram dividendos ao longo deste período. Então não dá pra dizer de imediato que entramos em um crash só porque tivemos uma queda expressiva em uma semana.

Sabiam que existem empresas que pagam dividendos há mais de 25 anos ininterruptos?Conheçam as empresas Dividend Aristocrats?.

O que mudou no balanço das empresas?

A grande tacada para quem é holder é se perguntar o que aconteceu com a empresa para que o preço da ação caísse tanto assim? Se você é trader ou gosta de swing trade então essa queda vai fazer diferença mas se for buy & Hold, não vai afetar tanto. 

A maioria das empresas do mercado americano estavam bem esticadas no seu preço e agora caíram mas nada mudou no balanço das empresas. Você acha que da noite para o dia a maioria das empresas do mercado americano teve resultados ruins a ponto de diminuir seus lucros e aumentar suas dívidas?

Estudos de casos

Vamos ver o case da Apple. Eu particularmente acredito que a Apple vai novamente bater recordes de venda de iPhones. Eles lançaram um produto há muito esperado, lançaram o iPhone dual chip!  Com isso, aqueles que não compraram iPhone porque não gostam de carregar dois aparelhos, agora podem usufruir deste recurso que as concorrentes já têm há anos.

Além dos novos iPhones a Apple vem aumentando em muito seu serviço de assinaturas e de cloud, ou seja, a receita só tem aumentado e os lucros também. Recentemente atingiu a marca de empresa trilionária e possui um caixa monstruoso então ela continua sendo uma excelente empresa.

remessa online

Esta queda pode ser a oportunidade que esperamos para nos posicionar mais. Detalhe, nem comentei sobre os dividendos pagos, pois se for pra falar da Apple podemos fazer um post gigante só dela.

Se quiser utilizar outro exemplo bem pratico, posso falar de GWW que eu tenho. A ação chegou a dobrar de preço, no entanto os dividendos não dobraram.  Então os lucros da empresa aumentaram em uma proporção que os dividendos não acompanharam aumentando o caixa.

Vamos agora ver um case contrário, vamos ver GE General Electric. Eu cheguei ater GE e vendi com prejuízo de aproximadamente 30%. Enquanto a bolsa americana bombava, GE não apresentava bons resultados e caia acentuadamente saindo de $29 para $13. Neste caso justifica vender o ativo e ficar observando o comportamento para se posicionar caso venha a melhorar. 

Oportunidades de investimento em ações 

O momento é de oportunidades. Oportunidades de enviar dinheiro ao exterior com a queda do dólar voltando ao patamar de R$ 3,70 e oportunidades de comprar ações americanas após as recentes quedas. Claro que essa queda pode continuar mas de qualquer maneira já está dando um alívio nos preços para posicionar novamente.

Há também a oportunidade de comprar os Bonds americanos com taxas acima de 3%. E para aqueles que acreditam em um crash, ainda há oportunidades de operarem vendidos. Enfim, oportunidades existem em qualquer tendência de mercado mas o difícil é saber exatamente se a tendência já iniciou para um lado.

Enquanto escrevo este post o mercado já reagiu mostrando que não estamos em um crash. Para definirmos um crash precisaremos de muito mais do que uma semana de queda. Vamos ficar de olho nos próximos movimentos.

Conclusão 

Não se posicione pela cotação da ação em um dia ou uma semana. Não se posicione pelo fato de as ações perderem 15% em uma semana. Procure analisar os balanços da empresa e veja se o lucro diminuiu, se a dívida aumentou, se a venda ou os serviços diminuíram, se os custos ficaram mais caros.  Veja se a empresa está queimando caixa, se o endividamento está muito além de 200% dentre outros fundamentos.

Só venda um ativo caso ele perca os fundamentos e não porque o preço caiu. Claro que também há outros motivos para venda como o equilíbrio da carteira no caso de a empresa ter crescido tanto que aumentou demais a participação na sua carteira e você vende pra voltar ao patamar estabelecido. 

Aproveite as quedas de boas empresas para aumentar posição e consequentemente receber mãos dividendos para que no futuro possa viver de dividendos sem se preocupar com os preços dos ativos. Não se desespere! 

Bons Imvestimentos

BPM

poradmin

SIPC – Proteção de ativos nos EUA

Você sabe onde são custodiados os ativos nos Estados Unidos? Você sabe até que valor seus ativos estão seguros? Conhece o processo de liquidação dos ativos nos EUA? Sabe em que caso você pode reaver seu dinheiro? Então acompanhe abaixo as principais informações sobre a custódia e a garantia dos ativos nos Estados Unidos.

Quando se fala em investir no Brasil sabemos que temos o FGC (Fundo Garantidor de Crédito) para a renda fixa, excetuando-se o Tesouro Direto, e a CBLC ( Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia)  para a renda variável  que garantem que aquele ativo é seu no caso de alguma empresa declarar falência ou insolvência e você ficar com dinheiro preso ou ativos presos. Mas e quando falamos de investimentos nos Estados Unidos?

No EUA não temos exatamente um órgão governamental que garanta seus ativos em caso de falência das corretoras, temos o chamado SIPC – Securities Protection Corporation.

SIPC Securities Investor Protection Corporation 

Quando uma corretora fecha, o SIPC entra em ação e, com certos limites, trabalha para reaver seu dinheiro, ação ou outro título que você tinha com a corretora.

O SIPC é uma corporação sem fins lucrativos, não governamental criada pelos corretores em 1970 para dar garantia limitada aos investidores no caso de suas corretoras irem à falência ou insolvência. O SIPC não é uma agência, não faz parte do governo e nem tem autoridade para realizar investigações.

SIPC Securities Investor Protection Corporation

O SIPC também protege quanto à operações não autorizadas ou furtos nas contas de seus clientes. Todas as corretoras que negociam ações, REIT ou Bonds, para o público, são membros desta corporação. Algumas operações não estão cobertas pelo SIPC. Na crise de 2008 eles atuaram quando o Lehman Brothers quebraram.

Garantia de ativos nos Estados Unidos
O fundo SIPC hoje está em mais de 2,5 bilhões de dólares.


Membros do SIPC

Todas as corretoras virtuais registradas na SEC (Securities Exchange Commission) são membros do SIPC. Aquelas que não são devem declarar aos seus clientes que não são para que tenham a exata noção dos riscos que estão correndo. Você pode verificar se uma corretora faz parte ou não do SIPC neste link.

Coberturas do SIPC

Existem duas situações distintas para cobertura.

Corretoras que sofreram falência ou insolvência 

Existem vários casos em que duas instituições operam em conjunto para prover um serviço ao cliente, são elas, Introducing firm e Clearing firm que na tradução literária seria uma firma de introdução e outra de compensação. A Introducing firm é a responsável por receber a ordem do cliente e garantir que seja executada.

A firma de compensação vai segurar o dinheiro do investidor e emitir a nota de corretagem, mais ou menos como a nossa CBLC ( Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia). Se a Clearing Firm for a falência ou sofrer insolvência e não puder garantir que aquele ativo é seu, passa a ser responsabilidade da SIPC fazer o serviço e garantir que seu dinheiro ou ativos sejam retornados.

A custódia fica à cargo da Clearing firm após a introducing firm finalizar a operação. Você encontrará o nome da Clearing firm no seu extrato mensal ou trimestral.

Veja também onde investir no exterior.

Negociação não autorizada

SIPC também oferece proteção limitada contra negociações não autorizadas. Esta cobertura garante negociações não autorizadas de pessoas associadas com a introducing firm  em tornar os ativos disponiveis mesmo se a Clearing firm, mas não a introduving firm, for solvente. Ou seja, você não será prejudicado se uma das firmas forem idôneas.

Limites da cobertura do SIPC

Os riscos do mercado não são cobertos

SIPC não cobre os riscos do mercado, ou seja, não cobre as oscilações que ocorrem durante o período entre a falência da corretora e a data em que o SIPC designará um curador.

No caso de falência ou insolvência de uma corretora e a mesma não retornar seus ativos ou seu dinheiro, o SIPC designará um curador. Este curador terá a função de supervisionar o processo de liquidação dos ativos em sua carteira naquela corretora.

Quando se fala que os riscos do mercado não são cobertos é porque você pode receber mais ou menos do que valia seus ativos quando o curador foi nomeado. Por exemplo, digamos que você tenha 1000 ações da empresa BPM a $100 cada, ou seja, você terá $10000 em ações. Caso a corretora venha à falência, o SIPC entrará em ação e te pagará o valor da ação do dia em que o curador foi nomeado. Se as ações do BPM tiverem valendo $60, você receberá $6000, do contrário se estiver valendo $120, receberá $12000. Esta variação é chamada de risco do mercado.

Limitações em dólar

O SIPC é limitado a $500k por ativo e dinheiro, no entanto em dinheiro há uma limitação de $250k. Entende-se por cliente aqueles que estão em corretoras que fazem parte do SIPC. Por exemplo, se você tem 2000 ações do BPM a $100 cada, totalizando $200k em ações e $20k em dinheiro, você receberá os dois. Mas se você tiver dinheiro em uma corretora com rendimentos diários, estes rendimentos não serão cobertos, somente o principal.

Investimentos protegidos 

Assim como o FGC não garante todos os produtos no Brasil, nos EUA nem todos os investimentos são protegidos pelo SIPC. No geral sobre ações, Bonds, fundos mútuos, outros investimentos compartilhados de companhias, moedas, rendimentos em ouro, prata, comodities e alguns contratos futuro e de opções. 

Processo de liquidação pelo SIPC

Uma vez declarada a incompetência da corretora em operar e devolver os ativos e dinheiro do cliente, o SIPC solicitará na justiça que um curador seja nomeado para garantir o processo de entregar dos ativos ao cliente.

O curador irá enviar formulários aos clientes para que preencham solicitando seus ativos e dinheiro de volta. Os registros dos clientes serão publicados no site do SIPC e em jornais. Uma vez preenchido os formulários e devolvidos ao curador, o mesmo revisará o processo e definirá o que será devolvido e qual o valor.

Cuidados na hora de investir nos Estados Unidos

Nos Estados Unidos é muito difícil ter problemas com as corretoras e com a custódia dos ativos. Nos EUA não tem conversa, lá as pessoas vão para a cadeia de verdade e pagam altas multas, bem diferente do Brasil. Mas alguns cuidados devem ser tomados para garantir que você não tenha problema na hora de investir.

  • Leia todos os documentos cuidadosamente e guarde-os em lugar seguro;
  • Verifique todas negociações que você fizer para confirmar que todos os dados estão corretos;
  • Revise suas notas de corretagem, veja se a posição está correta, o valor dentre outras informações constante no documento;
  • Não faça negociações com instituições duvidosas ou que não fazem parte do SIPC. Não repasse dinheiro à instituições que não sejam corretoras, ou seja, não invista por meio de terceiros; e
  • Reporte qualquer negociação estranha ou qualquer inconsistência na sua conta.

Conclusão

Muitas pessoas constantemente perguntam onde as ações ficam custodiadas nos Estados Unidos e é normal que tenhamos esta dúvida uma vez que no Brasil não é raro vermos alguns problemas de falência de corretoras. Contudo, não é uma grande preocupação, pois por lá a coisa é bem séria. Agora você já sabe até quanto e quem garante e protege seus ativos e seu dinheiro.

Comprar ativos no exterior além de ser bem simples, há a garantia de até 500 mil dólares, ou seja, cerca de 2 milhões de reais. Eu sinceramente espero que você atinja mais do que este valor e tenha uma vida muito tranquila e fique tranquilo que qualquer que seja o valor até $500k você tem a proteção do SIPC. Algumas corretoras contam com mais proteção e falaremos desta proteção em breve.

Bons investimentos!

BPM

poradmin

Você sabe o que é Dividend Aristocrats?

Você já ouviu falar em Dividend Aristocrats? Sabe o por quê de escolher boas empresas pagadoras de dividendos? Vamos ver um pouco sobre essa política de dividendos nos Estados Unidos 🇺🇸 e a classificação das empresas quanto aos dividendos.

Dividend Aristocrats

É a definição das empresas que compões o S&P500 e  que pagam dividendos crescentes há mais de 25 anos consecutivos. Ou seja, uma empresa precisa aumentar seus dividendos por pelo menos 25 anos para ser considerada uma Dividend Aristocrats.

Para que uma empresa torne-se uma Dividend Aristocrats, ela tem que passar por crises, furacões, tormentas, mudanças de governos, guerras e mais um monte de coisa que pode influenciar em uma economia, sem abalar sua distribuição de dividendos.

É necessário uma excelente gestão para manter o caixa da empresa em condições de atender por um tempo essa exigência. Por isso as vezes vemos o caixa aumentando, os lucros também mas os dividendos não acompanham. Atualmente diversas empresas cresceram bastante mas os dividendos cresceram em uma média muito menor.

A Estratégia dos Dividendos

Nos Estados Unidos há uma estratégia de investir em empresas para receber dividendos, sendo assim pouquíssimas ações não pagam dividendos trimestrais como o caso da Berkshire Hathaway de Warren Buffet. Não distribuir dividendos nos EUA é praticamente a morte de uma ação.

Pior que não distribuir dividendos talvez seja reduzir os mesmos. Os investidores americanos não gostam de ver seus dividendos trimestrais serem reduzidos e isso faz com que a cotação das empresas despenquem. Um grande exemplo de má gestão que está levando a empresa a diminuir dividendos e já reduziu mais de 60% o preço na cotação nos últimos anos é a General Electric (GE).

Veja aqui como abrir conta em corretora nos Estados Unidos

Grainger – GWW

Vamos ver um exemplo de uma empresa que faz parte do Dividend Aristocrats há mais de 46 anos. Essa á a Grainger – GWW. para verem um pouco mais sobre ela, clique aqui, aqui e aqui.

Dividendos crescentes, dividend aristocrats

A GWW vem aumentando seus dividendos constantemente mesmo tendo sofrido duras baixas na cotação de suas ações ao longo do tempo. A última baixa foi em 2017 onde chegou a valer o mesmo que outubro de 2011. Percebam que em 2011 ela pagava $0,66 por trimestre e em 2017 pagava $1,28, ou seja, mais que o dobro.

O gráfico abaixo mostra a evolução de GWW ao longo de 10 anos. Reparem que a crise de 2008 não entrou no gráfico mas tivemos uma grande baixa em 2017. A recuperação após 2017 até os dias de hoje está além do normal.

GWW Grainger Dividend Aristocrats

No gráfico podemos ver 5 pontos mais distintos durante esses 10 anos em que a cotação da empresa sofreu mas os dividendos não.

Lista das empresas Dividend Aristocrats

A lista das ações Dividend Aristocrats você pode encontrar facilmente na internet, basta ir ao Google e digitar mas deixo aqui o site do SureDividend.com que é um dos maiores no assunto e traz um excelente resumo. 

Como eles estão constantemente atualizando os índices, dividendos pagos e muitos outros dados das empresas boas pagadoras de dividendos, deixo aqui o link para a lista das empresas nesta categoria. Lá é possível baixar a planilha com todas as empresas e filtrar por premissas que você escolher.

Atenção, nem sempre uma empresa que está na categoria Dividend Aristocrats é uma excelente empresa para se comprar sempre. Devemos analisar o momento de entrar no papel e o próprio exemplo é da GWW. Será que ainda vale a entrada nela após todas essas altas?

Dividend King

Se você gostou de ver empresas que pagam dividendos crescentes há mais de 25 anos, o que dizer então de empresas que pagam dividendos há mais de 50 anos? Pois fique sabendo que existe e são chamadas de Dividend King.

Se em 25 anos tivemos crises, guerras, tornados, risco políticos e muita coisa que podia influenciar na economia, o que dizer de 50 anos? Essas empresas são muito resilientes e para manterem este status, precisam ser muito boas em tudo.

Quer saber quais empresas pagam dividendos há mais de 50 anos? Já ouviu falar em 3M (MMM)? Em Procter & Gamble (PG)? Em Johnson & Johnson (JNJ)? Colgate- Palmolive (CL)? E uma tal de Coca Cola (KO)? Então, estas são algumas das empresas que pagam dividendos ininterruptos e crescentes há meio século.

Dividend Kings, os reis dos dividendos
Gráfico retirado do site www.simplysafedividends.com

Claro que a lista vai diminuindo e agora são menos de 30 empresas que conseguem ter essa marca em sua administração. A lista completa também pode ser vista no mesmo site clicando neste link.

Dividendos por mais de 100 anos

Além de empresas que pagam dividendos ininterruptos e crescentes por mais de 25 e 50 anos, existem ainda empresas que pagam há mais de 100 anos! Black & Decker (SWK) e Exxon Mobil (XOM) são duas empresas desta categoria.

Dividendos constantes e crescentes por mais de 100 anos garante renda para três gerações de uma família. Imagina você que se avô tivesse comprado ações lá em 1920?! Até hoje estaria recebendo dividendos tendo repassado de geração a geração.

Claro que a ideia é aproveitar a vida e os rendimentos, então ele teria gastado grande parte mas mesmo assim ainda é possível deixar um bom patrimônio de herança para aqueles que assim desejarem. Dentro dessa linha de raciocínio, quanto antes você começar a comprar boas empresas pagadoras de dividendos, melhor pra você no futuro.

Conclusão

Investir em boas empresas pagadoras de dividendos é uma estratégia adotada pela maioria dos investidores americanos e que tem crescido bastante no Brasil.

Empresas resilientes às oscilações na economia, nos desastres, nas guerras e na política conseguem realizar uma boa administração e elevar o pagamento de dividendos ao longo dos anos.

Estudar essas empresas e investir seu capital ao longo do tempo garante renda passiva no futuro levando você à uma aposentadoria mais tranquila e segura. Para quem não gostas das emoções de outros tipos de investimentos, as empresas Dividend Aristocrats são uma excelente alternativa.

Bons investimentos a todos!

BPM

poradmin

Ações ou ETF?

Ações ou ETF? Esta semana o grande Investidor Internacional publicou um post chamado: Ações ou ETF? Onde Investir? Como tenho investimentos nos dois tipos, resolvi mostrar a evolução dos meus investimentos  desde o início do ano. É uma postagem simples mostrando o gráfico desde janeiro até o último dia útil de julho.

Não vou detalhar as características, diferenças, semelhanças, vantagens e desvantagens entre ações ou ETF no momento. Para ler um pouco sobre o assunto, acessem o post dele mas de qualquer maneira vou relatar aqui minhas impressões sobre as duas classes de ativo então, vamos à algumas considerações iniciais.

Considerações iniciais

Primeiramente temos que ter em mente que não há regras quando se fala em investir. A única regra que eu prego é que suas decisões deixem você dormir tranquilo, se isto acontecer, você fez um bom investimento, sendo assim, não existe um melhor tipo de investimento, então não existe um ou outro, ou seja, não existe ações ou ETF, temos espaço para ambos na carteira.

Outra cosia a se considerar é que existem tantos tipos de ações ou ETF que fica impossível fazer comparações entre eles. Imaginem pegar um ETF de tecnologia com 50 empresas dentro dele e querer escolher 50 ações de empresas de tecnologia em separado para fazer um comparativo? São tantas variáveis que fica praticamente impossível de comparar. Em um momento você pode dizer que o ativo escolhido não teve uma boa perfomance mas se tivesse sido um outro ativo, o resultado seria diferente.

Vale a pena investir no exterior?

Comparativo ações ou ETF?

Este comparativo que vou mostrar é apenas pra identificar o que aconteceu com meus investimentos após minhas decisões. Não se trata de querer mostrar qual classe de investimento é melhor ou se eu tive prejuízo em uma em relação à outra. No momento das compras eu julguei que aquele ativo seria interessante e por isso coloquei na minha carteira mas pode acontecer de outro ativo ter perfomance muito superior.

Ações e ETF performance 2018

É comum após vermos uma alta em um ativo, ficar imaginando que deveríamos ter comprado mais e que não deveríamos ter comprado aquele outro que ao invés de subir, caiu. Eu mesmo tenho exemplos em minha carteira, comprei GE e ela caiu, vendi com prejuízo e após minha análise e venda, ela despencou mais ainda e ultrapassou 50% de queda.

Por outro lado, comprei GWW que subiu 113% sem contar os dividendos, neste momento poderia até pensar que deveria ter comprado mais, porém como falei, este pensamento não leva a nada a não ser à frustração.

Outro ponto a considerar é o bom momento para as ações americanas desde 2016. Se observamos no ano de 2018, teremos várias ações que subiram mais de 50% sem considerar os dividendos, isso faz com que o mercado de ações fique deslocado dos demais. No primeiro semestre os REIT pro exemplo ficaram bem descontados em relação às ações.

Gráfico comparativo

O gráfico abaixo mostra o comparativo entre ações e ETF entre janeiro a julho de 2018. As variações são praticamente os rendimentos, pois nesse intervalo de tempo eu só fiz um aporte em IBKR, meus maiores aportes em 2018 foram em REIT.

Como os ETF que possuo não distribuem dividendos, não somei os dividendos das ações para formular este gráfico.

Investir em ações ou ETF?
Ações ou ETF?

Podemos perceber que em fevereiro tivemos uma grande queda nas ações e consequentemente nos ETF mas em março as ações subiram bastante e os ETF não acompanharam.

Confira também os 5 passos iniciais para investir no exterior

Conclusão

Um comparativo desses serve apenas como estatística para ver como suas escolhas se comportaram ao longo do tempo. No fim de tudo você pode fazer uma média anual ou bienal ou até mesmo em um quinquênio pra ver os rendimentos das suas decisões, vale lembrar que quanto maior o tempo de investimento, mais fidedigno e linear ficam os rendimentos.

Eu não faço alterações na carteira com base em comparativos entre classes de ativos, as alterações são com base nos fundamentos de cada ativo, sendo assim, nada muda em minha carteira por enquanto.

E você? Já investe em ações ou ETF? Já fez um comparativo para ver quem está “ganhando”. Compartilhe conosco suas experiências.

Se você ainda não investe no exterior, convido a assinar a newsletter e acompanhar os tutorias e as postagens.

Bons investimentos a todos!

BPM

poradmin

Onde investir no exterior?

Quando se fala em investir, você provavelmente já deve ter se perguntado onde investir? Muitas pessoas não têm noção nenhuma de onde investir e nem sabe quais tipos de investimentos existem e isto faz com que seu dinheiro fique na poupança ou então acaba criando uma prestação pra poder guardar dinheiro.

No Brasil existem diversos tipos de investimentos mas as pessoas não dominam nem 30% deles. Se olharmos o número de CPF cadastrados na Bovespa neste link, veremos que não chega a 800 mil investidores.

Onde investir

Se no Brasil o universo de investidores é pequeno, o que dizer de brasileiros que investem no exterior? Neste link do site do Banco Central você pode acessar o relatório completo mostrando várias métricas dos investimentos no exterior. Na tabela abaixo podemos observar que somos pouco mais do que 40 mil investidores no exterior. Reparem o crescimento nos últimos anos.

Quantidade de investidores no exterior.

Como podemos observar, o número de investidores no exterior está crescendo a cada ano e a tendência é aumentar ainda mais. Fatores como crise política, crise financeira, falta de segurança, filhos estudando no exterior, viagens dentre outros, acabam levando o brasileiro a procurar investir fora.

Mas se os brasileiros não sabem nem investir no Brasil, não conhecem os produtos que as corretoras oferecem, como vai investir no exterior? Essa é a árdua missão que eu e outros camaradas tentamos mostrar e ensinar todos os dias.

5 Tipos de investimentos no exterior

Se no Brasil temos vários tipos de investimentos como ações, CDB, Fundos de investimento imobiliários, Debêntures, Fundos de investimentos, Tesouro Direto, ETF dentre outros, no exterior temos isso e muito mais.

Vamos a uma pequena lista de alguns dos ativos que podemos investir no exterior. Posteriormente farei post com comentários sobre cada um deles e assim você vai aprendendo o que existe e escolhendo qual o melhor tipo para investir.

Ações

É o tipo de investimento mais comum que existe. Não há mistério nenhum para investir em ações tanto no Brasil quanto no exterior. Basicamente é uma empresa que publica trimestralmente seu balanço mostrando as operações, receitas, investimentos, compras, desenvolvimentos, dentre outros dados e você decide se quer ser sócio dela ou não.

Investir em ações é se tornar sócio da empresa e toda vez que ela tiver lucro, irá distribuir parte para os acionistas e aí você ganha os famosos dividendos. Com esses dividendos você pode investir mais ou usar para viver.

Existem milhares de empresas boas para investir e a maioria delas você já conhece. Você conhece a Apple? Acha que o iPhone é um bom aparelho? Ele vende muito? Você conhece o Facebook? Tem muita propaganda por lá? Você acessa diariamente? Será que existem muitos usuários lá? Conhece a Cocal cola? O Google? A IBM? A Disney? A Netflix? A Amazon? Enfim, viu quantas empresas você já conhece e já sabe a avaliação delas?

Veja aqui como abrir sua conta no exterior

REIT – Real Estate Investment Trust 

Investir em REIT é uma das opções mais comuns. Os famosos REIT são bem parecidos com os Fundos de Investimento Imobiliário Brasileiro. São imóveis, escritórios, shopping, hotéis, parques, galpões espalhados não só pelos Estados Unidos 🇺🇸 como pelo mundo todo que todos os meses pagam os alugueis e 90% disso é distribuído entre os acionistas.

Os REIT junto com as ações são as formas mais conhecidas no exterior para retornar uma renda mensal como um salário devido ao fato do pagamento regular dos dividendos.

Bonds

Investir em Bonds é como investir em nosso Tesouro Direto, ou seja, é uma maneira de o Governo pegar um empréstimo com você a uma taxa de juros não tempo. Claro que se você pegar um empréstimo no banco não terá a mesma taxa que o governo te pagará mas para aqueles que têm dinheiro para investir e querem tranquilidade de uma renda fixa, os Bonds são boas opções.

Um pouco diferente do Brasil, no exterior, principalmente nos EUA 🇺🇸, os governos estaduais e municipais também emitem os Bonds. Dentro desta área há uma gama de títulos a escolher. Hoje em dia a taxa de juros nos EUA 🇺🇸 está em torno de 2,8% o que é bastante para a economia americana. 

ETF – Exchange Trade Funds

Os ETF é um grupo diversificado de ativos e alguns fundos de índices tentam replicar índices como o S&P500, Russel2000 dentre outros. Investir em ETF é investir em varias empresas ao mesmo tempo. Pensem em um ETF como um grupo de alguma coisa que alguém resolveu juntar e comercializar.

Existem ETF só de empresas de tecnologia, sendo assim esse ETF terá diversas ações de empresas como Apple, Facebook, Google, IBM, Samsung, Nvidia, Intel, GE dentre outras e assim também podem pagar bons dividendos uma vez que todas essas empresas que o compõe, pagam regularmente.

Existem ETF que replicam índices do mundo todo, empresas asiáticas, empresas hospitalares, empresas financeiras, bancos e muito mais. É um universo imenso de possibilidades em investir em várias empresas ao mesmo tempo no mundo todo.

Veja aqui como enviar dinheiro para sua corretora sem pagar taxas

Perpetual Bonds

Os Perpetual Bonds são como as Debêntures no Brasil. Empresas privadas pegam empréstimos de você e remuneram a uma taxa de juros sem data de vencimento. Eles não são resgatáveis mas em contra partida pagam bons juros constante.

Para se ter uma ideia, empresas brasileiras oferecem Perpetual Bonds nos Estados Unidos pagando bons juros em dólar. Itaú, Banco do Brasil, BRFoods são algumas das empresas.

Conlcusão

Existem muitas outras maneiras de investir no exterior e apresentei somente 5 opções de investimentos. O universo é tão grande que só nessas 5 categorias podemos escrever vários posts sobre eles e é o que farei ao longo do tempo.

Acompanhem os posts para ver o detalhamento de cada tipo de investimentos e se aprofundar um pouco mais. Você conhecerá as características de cada um deles bem como as vantagens e desvantagens.