Como escolher corretora no exterior

poradmin

Como escolher corretora no exterior

Olá caros investidores, um outro assunto muito importante para aqueles que querem iniciar os investimentos Offshore  é saber como escolher corretora no exterior. No post anterior eu falei sobre os custos para investir no exterior é agora tecerei alguns comentários e as principais características de algumas corretoras. 

Aquela velha frase “o barato sai caro” também pode ser aplicada à escolha da corretora. No Brasil já vimos que novas corretoras surgiram oferecendo corretagens bem baixas e algumas até isentando corretagens mas ao mesmo tempo não tem capacidade de gerenciar grandes volumes e apresentam panes nessas horas. Algumas características são importantes na escolha, vejamos. 

Custos dos serviços das corretoras

Os custos cobrados pela corretora podem corroer parte dos seus rendimentos dependendo da quantidade de operações que você faz no ano. Há correntes que citam o máximo de 2% com corretagem e outras taxas contadas como aceitável. Eu já acho que pode ser menos. 

Mas não só de corretagem vivem as corretoras, na hora de escolher qual corretora utilizar no exterior considere também os preços de custódia, retirada de valores, depósitos, transferência de custódia de ativos e, algo que não recomendo utilizar, juros da conta margem. 

Custódia 

A custódia é um valor que a corretora cobra pra gerenciar sua conta e manter seu dinheiro e seus ativos. Geralmente as corretoras isentam da custódia aqueles que fazem no mínimo uma operação por mês. Já outras tem valor fixo no entanto desconta as corretagem deste valor é só após extrapolar que começam a cobrar corretagem. 

Muitas das vezes uma boa conversa com a corretora pode te render um desconto na custódia ou até mesmo uma isenção por determinado período de tempo. Lembre-se que a custódia é contada mensalmente assim uma corretora que cobre $10 de custódia, te leva $120 por ano. 

Retirada de valores 

Apesar de sempre citar a estratégia de acumulação até atingir a independência financeira, uma hora precisaremos sacar alguma coisa da corretora, pode ser já na independência financeira/aposentadoria ou até mesmo no percurso por uma necessidade qualquer. 

Considere o valor cobrado para saques. Algumas corretoras cobram $25 por retirada. Se fizer uma retirada por mês, já serão $300 por ano só de taxa de retirada que somados aos $120 da custódia te deixa $420 mais pobre por ano. É um valor bem considerável em taxas. As vezes uma corretora pode oferecer corretagem mais barata no entanto oferece um absurdo para retirada. 

Depósitos 

Os depósitos geralmente são gratuitos. Você pode enviar dinheiro via ACH de uma conta nos Estados Unidos para um corretora lá mesmo ou através da Remessa Online direto do Brasil. Esses envios não tem custos mas já vi alguns lugares cobrando $10 pode depósito. Os bancos cobram, fique ligado.

Transferência de custódia de ativos 

Geralmente na hora de decidir qual corretora utilizar no exterior não pensamos no preço cobrado para transferência de custódia dos ativos. É comum iniciarmos em uma corretora mais barata e com menos recursos e depois querer migrar para uma corretora com mais recursos, no entanto já teremos ativos em carreira. 

A transferência de custódia de ativos pode ser bem cara. Já vi corretoras cobrando mais de $100 só para transferir a custódia dos seus ativos para outra corretora. Além de ser uma pequena dor de cabeça burocrática, ainda tem esse custo. 

Conta Margem

Não recomendo utilizar a conta margem mas como não sabemos o dia de amanhã, caso precise utilizar, melhor que seja uma taxa bem baixa. Os juros cobrados pelas corretoras com conta margem podem chegar a 4% ao mês. Isso é um perigo para corroer todo seu patrimônio em curto espaço de tempo.

Procure uma corretora que ofereça margem operacional de até três dias sem cobrança de juros. Caso queira comprar um ativo em oportunidade ainda terá três dias para depositar o dinheiro ou vender algum ativo. 

Atendimento especializado 

As corretoras maiores contratam profissionais mais capacitados para atender os clientes. Profissionais mais capacitados leva a ter mais custos e estatisticamente acompanham e indicam melhor o que fazer com seu dinheiro.

Aquelas corretoras menores precisam cortar gastos para sobreviverem e isentarem algumas taxas. Fique atento à qualidade do atendimento oferecido, muitas das vezes os atendentes não são investidores e sim vendedores de produtos e atendente de telemarketing.

Ferramentas de investimentos

Ter uma plataforma confiável é muito importante na hora de escolher corretora no exterior. Imagine você precisar operar um grande volume durante um crash ou em uma mega oportunidade e sua ordem não entrar? Imagine estar naquela operação de opções em que o centavo faz diferença e o Home Brokers travar?

Pois então, este cenário descrito acontece bastante. Se você opera e depende de velocidade e segurança durante suas operações, considere como crítico o suporte e a plataforma utilizada pela corretora.

Há também outras ferramentas como gráficos, Market Scanner, Market Overview, News, eventos no calendário, suporte em outros idiomas dentre outras facilidades. Faça uma lista do que é importante para você e veja se a corretora que está abrindo conta te oferece os serviços de graça.

Segurança 

De nada adianta ter isenção de taxas mas sua conta ser invadida e seu dinheiro sumir. Hackers estão 24 horas por dia tentando invadir sistemas de todo tipo e principalmente das instituições financeiras. Pergunte no atendimento da corretora quais são os certificados de segurança e mesmo que você não entenda, faça uma pesquisa no Google.

Conta Remunerada

Geralmente não deixamos dinheiro parado na conta mas algumas corretoras remuneram o dinheiro que você deixa parado na sua conta. Na hora de escolher corretora no exterior tente alinhar mais esta característica com taxa que te agrade. Afinal uns tentamos a mais nunca é demais.

Operar em outros mercados financeiros

Se você tem a intenção de operar em outros mercados como Hong Kong, Japão, Suíça ou outro qualquer, considere avaliar a facilidade e preços para comprar ativos. Algumas corretoras cobram um valor diferente dependendo do país. Caso queira aproveitar aqueles 2,5% que ficam retido no exterior quando você recebe dividendos nos EUA, comprando ativos em Hong Kong, considere este serviço.

Conclusão

Escolher corretora no exterior pode parecer difícil mas não é. A maioria das corretoras oferecem todos os produtos e já são famosas, o que mais vai variar são as taxas cobradas, o valor para abertura da conta, o valor necessário na conta para receber remuneração e a corretagem cobrada.

Nos próximos posts vou fazer comentários sobre as principais corretoras usadas pelos brasileiros e suas características. A partir dai você poderá restringir sua pesquisa e decidir em qual delas abrir conta.

Bons investimentos.

Sobre o Autor

admin administrator

    2 Comentários até agora

  • AA40Postado em11:51 pm - dez 3, 2018

    Boa BPM. Bons pontos. Faltou porém o suporte a cliente estrangeiro (não americano) . Isto poucas corretoras dão. Falar em W-8BEN para algumas é pedir para ter sua conta encerrada ou nem mesmo aberta. Abcs

      adminPostado em12:54 am - dez 4, 2018

      Grande AA40,

      Não coloquei suporte à estrangeiro, pois achei difícil avaliar o que seria esse suporte. Idioma? Se for aí a gente restringe excelentes corretoras, porque atendimento todas tem e a IB tem atendimento 24h.

      Será que as corretoras rejeitariam contas estrangeiras? Elas querem corretagem iguais as nossas e muitas estão listadas na bolsa vide a própria IBKR.

      Abraço!

  • Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.