google.com, pub-4867156501875488, DIRECT, f08c47fec0942fa0
Capex e Opex

Indicadores Capex e Opex, qual a diferença entre eles?

 

Olá, amigos investidores!

 

Como você já deve saber, existem muitos indicadores que podemos analisar na hora de estudar um ativo para investir. Os mais comuns são: receita, dívida, número de ações em circulação, as relações entre Enterprise Value com vendas, EBTIDA, dentre outros indicadores.

 

Hoje quero comentar um pouco sobre dois indicadores que também são importantes, uma vez que um ativo pode apresentar um lucro líquido negativo mas ter tido uma receita bruta positiva e ser impactado por eles. Estamos falando de Opex e Capex.

 

Opex e Capex são indicadores relacionados a despesas operacionais e de bens de capital, por isso precisam ser consideradas na gestão de uma empresa.

Capex e Opex

 

Gerir os gastos de uma empresa pode não ser uma das tarefas mais fáceis, mas é algo fundamental para a saúde financeira do negócio. Os indicadores Opex e Capex ajudam a categorizar os investimentos e a sua divisão funciona como estratégia de gestão e de planejamento.

 

Entendendo esses dois indicadores, você poderá entender porquê um ativo pode ter um resultado final negativo mesmo tendo aumentado suas vendas e suas receitas.

 

A sigla Capex é uma abreviação do termo em inglês Capital Expenditure e refere-se às despesas em bens de capital, ou seja, investimentos em compra de equipamentos, máquinas, veículos, imóveis, dentre outros bens de capital. 

 

Já o termo Opex vem do inglês Operational Expenditure e está relacionado às despesas operacionais. Inclui todos os investimentos de uma empresa com prestadores de serviços, folhas de pagamentos, taxas administrativas e aluguéis de equipamentos. 

 

Antes de tudo, é preciso analisar a situação atual do negócio — seu estado financeiro, metas para o futuro e as características de cada projeto. Assim, será possível escolher a melhor forma de aplicar o seu dinheiro. 

A importância da gestão financeira empresarial 

 

Segundo uma pesquisa feita pela CB Insights, a falta de planejamento é responsável pela falência de 29% das pequenas empresas, estando entre os três principais motivos que levam esses negócios à ruína. O levantamento analisou 101 falências e indicou os dez principais motivos que levam pequenos empreendimentos ao fim. 

 

Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a maior parte das empresas brasileiras não chega a durar dez anos. Além disso, uma em cada cinco acaba fechando depois de um ano de inauguração.

 

Investir, para além de um gasto, é uma estratégia que os negócios encontram para aumentar o lucro. Junto a isso, gerir os indicadores Capex e Opex é uma forma de aplicar recursos de maneira organizada e precisa. 

 

É importante ter em mente que ambos os indicadores são necessários e podem coexistir na realidade financeira de uma mesma instituição. No entanto, considerá-los separadamente é essencial, pois cada um tem naturezas contábeis e estratégicas diferentes. 

Despesas Capex

 

O objetivo do Capex é melhorar os processos operacionais de uma empresa adquirindo bens pra isso. O indicador está relacionado aos ativos de um negócio e envolve gastos substanciais. A compra de ativos deve ser muito bem avaliada, pois para que esse indicador seja considerado bem-sucedido, ele deve trazer retorno sobre o investimento. 

 

Existem casos em que faz mais sentido para o negócio optar pelas despesas Capex. Quando o empresário adquire bens, eles passam a integrar o patrimônio da empresa e agregam valor a ela. Sendo assim, a solidez financeira de uma organização tem a chance de crescer graças à compra e posse de ativos de capital. 

 

As despesas com Capex não reduzem os impostos diretamente mas levando em consideração que um equipamento comprado pode ter sua depreciação deduzida no balanço da empresa, de certo modo o Capex tem influência no imposto pago.

 

Analisar o Capex é importante porque em um primeiro momento pode parecer que houve uma despesa muito grande. Entretanto, aquela despesa realizada tem a possibilidade de aumentar bastante a receita no futuro. Essa é a grande importância de se avaliar os gastos com Capex.

 

Imagine uma empresa que possui 10 máquinas produzindo seu produto. Agora imagine que esta mesma empresa compre mais 5 máquinas. Em um primeiro momento pode parecer um gasto grande mas a produção vai aumentar em 50% e consequentemente, seu lucro.

 

Importante destacar que para ser considerado Capex, a despesa deve ter um prazo maior do que um ano. Gastos com despesas operacionais não são considerados Capex e sim Opex.

Capex e Opex

Veja como TSM aumentou seu Capex nos últimos anos. Isso tudo devido à grande demanda de semicondutores.

Despesas Opex

 

Se por um lado o Capex está relacionado à aquisição de bens e serviços com duração superior a um ano que agregam valor à Empresa, o Opex está relacionado com os investimentos operacionais onde o empreendedor paga por serviços contratados ao longo de um período. Sendo assim, ele não se torna dono dos bens utilizados. Gastos com conta de água, luz e internet, contratação de softwares, despesas com publicidade e matéria-prima são alguns exemplos. 

 

Quando uma fábrica não pode gastar quantias muito elevadas com a compra de maquinário, mas deseja aumentar a sua produção, é possível optar por alugar os equipamentos em vez de comprá-los. Assim, os gastos são diluídos em vez de despendidos de uma só vez. 

 

Algumas vantagens são observadas nessa modalidade, como a chance de fugir da imobilização de capital quando um valor alto fica restrito a apenas uma compra. O recurso, então, pode ser dividido entre outras aplicações mais urgentes, como o pagamento de funcionários.  

 

Além disso, a responsabilidade de manutenção e reparos de máquinas e softwares alugados não é do empreendedor, mas sim do fornecedor contratado. Com isso, os investimentos Opex podem liberar a empresa de certas preocupações para que outras necessidades sejam priorizadas.

 

Vale destacar que Opex precisa ser classificado como despesa recorrente, diferentemente de Capex que pode ser espaçadas no tempo.

 

O Opex é importante para termos uma noção de quanto uma empresa está gastando com funcionários, alugueis, dentre outras necessidades. Quando as contas apertam, reduzir o quadro de funcionários e cortar algumas despesas é essencial para a saúde financeira, portanto, fique atento à quanto uma empresa gasta com despesas operacionais.

Considerações Finais

 

Os indicadores Capex e Opex são importantes na hora de analisar uma ação mas fique tranquilo, você não precisa saber como calcular esses indicadores, pois você já encontra eles nos relatórios fornecidos e nos principais sites.

 

Lembre-se que ao analisar uma ação, você precisa fazer uma juntada de indicadores e pensar no longo prazo. Nem sempre uma despesa imediata pode ser ruim, bem como nem sempre uma receita maior no trimestre (um não recorrente), pode ser uma coisa boa.

 

Fique atento aos indicadores fundamentalistas, faça seus estudos e compartilhe suas opiniões conosco aqui embaixo.

 

Bons investimentos.

 

Alex.

5/5 - (1 vote)
Alex

Author Alex

Alex Mendes é o autor no site Como Investir no Exterior e do blog bpmilhao.com. Investe no Brasil desde 2007 e no exterior desde 2016.

More posts by Alex
Inscreva-se
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários
Novos comentários
Comentários antigos Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Leandrinho da TI
Leandrinho da TI
4 de julho de 2022 17:23

hahaha compra um ETF e não precisa aprender toda essa baboseira. Foca no que realmente interessa que é ganhar mais com o que vc tem controle

Translate »
2
0
Que tal deixar seu comentário? Ele será bem vindo!x
Get our best healthy recipes and nutrition tips straight to your inbox!
Get Healthy Now! Extra Health Updates
Sign Up
Your privacy is important to us