DestaquesEstudosInvestimentos nos Estados UnidosInvestir no exterior

Investir no exterior, vale a pena? IBOV X SP500

By 10 de janeiro de 2021One Comment

Olá, amigos investidores!

Terminamos mais um ano e completo, então, meu quarto ano seguido de investimentos no exterior. Os resultados são excelentes e cada vez mais eu descubro novos ativos para investir no exterior. No Brasil, eu invisto desde 2007, mas com o passar do tempo, a valorização do dólar e o aumento dos meus aportes no exterior minha carteira de renda variável tem 57% no exterior e 43% no Brasil.

Neste post vou comentar um pouco sobre investir no exterior para o longo prazo. Será que é rentável? Será que o IBovespa não teve performance melhor do que o SP500? Será que o dólar subiu tanto assim mesmo? Detalhe, vou apenas comparar o IBOV com o SP500. Aqui não tratarei de stock picking. 

IBOV X SP500

Este comparativo é apenas entre os dois principais índices das bolsas brasileira e americana. Também, trago o dólar nos gráficos para mostrar o crescimento que, aliado às valorizações do SP500, elevam mais ainda os ganhos dos investimentos no exterior. Já falei bastante sobre o dólar, caso não tenha visto, clique aqui.

Em 2020

O primeiro gráfico mostra o IBOV X SP500 no ano de 2020. A linha preta mostra o SP500. Arraste a seta para os lados para ver o comparativo adicionando o dólar ao gráfico.

SP500 Dólar

Em 2020 o IBOV subiu em torno de 6,6% enquanto o SP500 subiu em torno de 16,5%. Já o dólar saiu de R$ 4,02 no primeiro dia útil de 2020 para um fechamento de R$ 5,19 em 31 de dezembro. Isso representa uma alta de 29,1%. Ou seja, se você comprou dólar em janeiro de 2020 e comprou algum ETF que segue o SP500, você teve lucro nas duas pontas, no dólar e no  ETF. ( o gráfico mostra 32%, mas essa diferença é por conta da data que o gráfico nos mostra).

Investir no exterior, vale a pena?

Antes de eu fazer a comparação do IBOV com o SP500, gostaria de falar que, em 2009, um amigo me perguntou o que eu achava sobre investimentos no exterior. Obviamente, naquela época, eu não entendia muito sobre o mercado de ações a ponto de entender o longo prazo. Ainda acreditava em trades e opções.

Minha resposta foi icônica. Eu disse que não valeria a pena porque no Brasil tínhamos juros de 10% ao ano, enquanto no exterior os juros eram de 2% e quiçá juros negativos como no caso de alguns países da Europa e Japão. Fato que estava falando da renda fixa e o mercado de ações, para mim, era pra fazer trade.

Sim caro amigo investidor, eu já fiz muitos trades e já operei muito opções. Tudo isso quando não tinha tanto conhecimento. Hoje, meu know how me faz dormir muito bem e ainda posso compartilhar todos esses estudos com vocês. Após anos de estudos, e ainda continuo estudando muito, resolvi abrir a mentoria. Caso você tenha interesse, clique aqui.

Mas, respondendo a pergunta, sim! Investir no exterior vale a pena. É por isso que eu dedico boa parte do meu tempo aos estudos, vídeos, posts e stories no Instagram. Hoje tenho ativos com mais de 200% de retorno na carteira, como a Apple, e outros com mais de 160%, como a Palo Alto Networks.

Em 3 anos

Já nos últimos 3 anos, ou seja, de 2018 até 2020, temos o IBOV batendo o SP500. Esse período foi muito bom para o Brasil. Foi logo após o impeachment, vocês lembram? Ações começaram a subir aos poucos e a bolsa recuperou seus 70 mil pontos perdidos anteriormente. Entretanto, o dólar disparou.

ibov x sp500 ibov ou sp500?

De 2018 a 2020, o IBOV subiu 46,5% contra 37,7% do SP500. No entanto, o dólar disparou dos R$ 3,26 até os R$ 5,19, perfazendo uma alta aproximada de 60%. Ou seja, se você tivesse comprado dólar no início de 2018 e comprado ETF SP500, você perderia no ETF para o IBOV, mas a valorização do dólar elevaria sua carteira para algo em torno de 135% do IBOV. Novamente, você estaria ganhando investindo no exterior.

Em 10 anos

Considerando os últimos 10 anos, ou seja, entre 2011 e 2021, o IBOV perdeu para o SP500. Cabe lembrar que foi o período pós crise do subprime que aconteceu entre 2008 e 2009. A partir de então, o SP500 começou uma escalada de alta que até agora não terminou. Tivemos uma grande queda por conta do COVID19, mas que logo se recuperou.

investir no exterior investimentos no exterior

Enquanto o índice brasileiro subiu 84,2%, o americano subiu 178,9%. Tivemos mais do que o dobro de aumento do índice SP500 em relação ao IBOV. Já o dólar subiu 243%, ou seja, 3 vezes mais que o IBOV. Agora, imagine se você tivesse comprado dólar e o ETF que segue o SP500 há 10 anos? O dólar, em janeiro de 2011, estava custando R$ 1,65 contra os R$ 5,19 no fechamento em 31 de dezembro de 2020.

Em 20 anos

Quando comparamos o IBOV com o SP500 em 20 anos a coisa muda de figura. O IBOV ganhou com larga vantagem. Há 20 anos, ou seja, em 2001, o IBOV era negociado em torno de 15 mil pontos. Vale ressaltar que acabamos de passar os 124 mil pontos.

investir em REIT investir no exterior

Então, temos uma alta de 700% para o IBOV contra uma alta de 188% do SP500. Já o dólar também ficou na casa dos 168%, saindo de R$ 1,93 para R$ 5,19. Quem investe no IBOV por 20 anos, está ganhando de quem investe do SP500 no mesmo período. Vale lembrar que esta comparação não considera aportes no meio do caminho.

Desde o plano Real – Julho de 1994

Por fim, vamos fazer um comparativo desde quando o Real foi implantado. Considero essa a melhor comparação, uma vez que ficou muito mais fácil comparar nossa moeda com o dólar. Se você estender um pouco mais no tempo para antes de 1994, vai ver que no gráfico do dólar teremos uma alta nas porcentagens do tipo 90000%  em relação a hoje e, por isso, peguei a partir do plano Real.

Desde julho de 1994, o IBOV subiu 3121% e o SP500 subiu 759%. Podemos concluir, então, que o investimento no Brasil foi mais rentável do que nos EUA, seguindo o índice. De fato foi mesmo, mas será que tivemos tanta estabilidade no Brasil? Será que você conhece alguém que tenha o mesmo ativo desde 1994? Qual ativo brasileiro está listado e aumentando o preço e os lucros desde 1994? E a inflação?

investir no exterior investimentos no exterior

Adicionando o dólar ao gráfico, temos um aumento de 470% na moeda. Em 01 de julho de 1994, o dólar custava menos do que um real. A moeda custava R$ 0,90. Hoje, o cálculo que estou fazendo é de R$ 5,19, ou seja, um aumento aproximado de 470%. Mesmo assim, somando a alta do dólar com a valorização do SP500, não teríamos batido o IBOV.

A inflação desde o início do plano Real

Até aqui mostrei um comparativo do IBOV com o SP500 adicionando o dólar à equação para termos uma noção bem simples de quem rendeu mais em alguns cenários. O que não fiz, ainda, foi adicionar a inflação. Como a ideia é somente trazer reflexões sobre investir no exterior ou não, vou trazer a inflação de modo geral e, no futuro, faço um estudo mais detalhado.

A inflação no Brasil desde o início do plano Real foi de, aproximadamente, 540% enquanto a inflação americana foi de, aproximadamente, 76%, ou seja, uma diferença de 610%. Esta inflação deve ser considerada, pois ela corrói nosso poder de compra, aproximadamente, 6 vezes mais do que na moeda americana.

inflação
inflação EUA

Isso tudo porque só estou considerando do início do plano real até hoje. Se esticar um pouco mais o estudo da inflação na nossa moeda em apenas 6 meses, ou seja, pegarmos a inflação a partir de 01 de janeiro de 1994, teremos uma desvalorização de 5.386%. Se pegarmos o período de janeiro até julho de 1994, a inflação superou 800%. Em 01 de janeiro de 1994, o dólar ainda era negociado em cruzeiro real. Vejam na tabela abaixo, retirada do site do Banco Central.

dólar hoje
aumento da inflação

Porque investir no exterior?

O IBOV teve uma grande valorização desde 1994 que, comparado com o SP500 (comparando apenas índices), ficou muito à frente. No entanto, o dólar teve uma valorização muito grande, assim como a inflação no Brasil também cresceu demais.

Se considerarmos os últimos 10 anos, o investimento nos Estados Unidos ganha largamente dos investimentos no Brasil, principalmente pela participação da alta do dólar. Atribuo esse descolamento dos índices a partir de 2001 às empresas de tecnologia que, desde então, começaram a ter representação expressiva no SP500.

Nos últimos anos, vimos empresas como Apple e Microsoft ultrapassarem o valor de 1 trilhão de dólares. A Apple, por exemplo, está valendo mais de 2,2 trilhões de dólares. Já a Microsoft e a Amazon estão em torno de 1,6 trilhões de dólares. Outras empresas estão se aproximando da marca de 1 trilhão.

E no Brasil? Qual empresa teve um crescimento de mais de 10 vezes nos últimos 10 anos? Qual empresa está próxima de 1 trilhão de reais? Percebam que não estou falando em 1 trilhão de dólares e sim de reais. No Brasil, as empresas não geram tanto valor quanto as empresas americanas, a inflação corrói nosso dinheiro muito mais do que o dólar é corroído e temos poucas empresas para investir comparando com a NYSE e NASDAQ.

Investir no exterior é aproveitar a onda da evolução da tecnologia e de outras empresas que geram produtos para o mundo inteiro. A tecnologia, em geral, avança a passos largos e o Brasil não tem nenhum grande player de tecnologia para investir. Por isso, investir no exterior é muito mais rentável do que investir no Brasil.

 

Avenue corretora

 

Não perca a chance e abra sua conta gratuitamente, de forma online, para conhecer a plataforma da corretora Avenue e ver como o mercado americano se comporta. Se você ainda não tem conta na Avenue, clique aqui e abra a sua conta. Por meio deste link você abre sua conta e ganha 10 corretagens grátis no plano premium. Após consumir as 10 corretagens, você pode optar em ficar com o plano free ou premium pagando corretagem de $1.

Não deixe de baixar, gratuitamente, o e-book Guia das Principais Corretoras no Exterior e estudar as outras opções.

 

Considerações Finais

Investir no exterior é primordial para você que quer proteger seu patrimônio e ter um aumento de renda. Eu já comentei neste post alguns dos motivos pelos quais você deve proteger seu patrimônio investindo em moeda forte fora do Brasil. No entanto, isso não quer dizer que investir no Brasil seja ruim. Você pode continuar com sua carteira no Brasil, mas não deixe de iniciar uma posição no exterior o mais breve possível.

Aqui no site e no canal do YouTube você encontrará muito material de como começar a investir no exterior. Se quiser avançar nos seus investimentos, clique aqui e veja o serviço de mentoria.

Bons investimentos!

Alex

Alex Mendes

Author Alex

Alex Mendes é o autor no site Como Investir no Exterior e do blog bpmilhao.com. Investe no Brasil desde 2007 e no exterior desde 2016.

More posts by Alex
0 0 votes
Article Rating
Inscreva-se
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário
Novos comentários
Comentários antigos Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
trackback
4 meses atrás

[…] comentei sobre stock picking no post anterior. Caso não tenha lido, clique aqui. Resumidamente, stock picking consiste em você analisar as empresas uma a uma e escolher em qual […]

Translate »
1
0
Que tal deixar seu comentário? Ele será bem vindo!x
()
x
Baixe agora o e-book
e conheça tudo sobre os SPACs
Special Purpose Acquisition Company
Veja como você pode investir em ótimas empresas antes que elas façam seu IPO e aproveitar altos retornos
Baixar e-book gratuitamente
Preencha os dados abaixo e baixe gratuitamente seu e-book
Baixar e-book agora
Conheça as principais corretoras no exterior e abra sua conta hoje mesmo!
Fique tranquilo, seu e-mail nunca será repassado para terceiros!
Get our best healthy recipes and nutrition tips straight to your inbox!
Get Healthy Now! Extra Health Updates
Sign Up
Your privacy is important to us