Arquivo de tag investir nos Estados Unidos

poradmin

Taxa zero no envio de dinheiro pela Remessa Online

Olá caro Investidor!

Se você ainda não iniciou os investimentos no exterior, eis um bom motivo para iniciar hoje!

Se você já me acompanha um tempo sabe que eu sempre testo alguns serviços de abertura de contas e de envio de dinheiro. Portanto, caso você esteja chegando agora no site, te convido a conhecer todo o conteúdo e principalmente a parte de abertura de contas e de remessa de valores.

Pois bem, fato é que a Remessa Online sempre teve o melhor câmbio no envio de dinheiro para o exterior. Na verdade, não só para o envio como para recebimento também além dos demais serviços oferecidos. Neste mês de agosto a Remessa Online traz uma grande novidade.

Taxa zero

Taxa zero

Isso mesmo, a Remessa Online está fazendo taxa zero para o primeiro envio de valores para o exterior. Esta isenção está limitada a 3 mil dólares, usando o voucher investirnoexteriorzero. Se você ainda não começou a investir no exterior, esta é uma ótima hora para iniciar.

Não só para investir no exterior você pode usar o voucher. A taxa zero dura o mês de agosto todo e serve para os envios de dinheiro para qualquer natureza. Seja para viajar, para manter um filho que está estudando fora, para pagar contas da sua empresa a taxa é zero.

Conclusão, não importa a necessidade, no primeiro envio a taxa é zero! Por exemplo, você pode enviar dinheiro para o BB Americas, para a DriveWealth, para o BB Miami, para Ameritrade e até para a Avenue.

Se você ainda não viu os tutoriais de como enviar dinheiro e de como usar a Remessa Online, vou deixar relacionado abaixo.

Melhor câmbio

Qual o melhor câmbio para enviar dinheiro para o exterior? Na verdade não existe. Como já comentei outras vezes e como já escrevi em artigo e fiz vídeo, não exatamente existe um momento certo para enviar recursos para o exterior.

O que devemos procurar antes de enviar dinheiro para o exterior é o melhor serviço com a melhor taxa. A Remessa Online tem a melhor taxa no momento. Agora com taxa zero no mês de agosto, fica imbatível.

Já testei aqui Transferwise, Banco do Brasil, Banco Inter e a Corretora Avenue. A Avenue foi a que mais se aproximou da Remessa Online. No entanto, com a taxa zero para o primeiro envio, sugiro utilizar o serviço e aproveitar a isenção, afinal quem não gosta de um desconto?

Não deixe de assistir o vídeo sobre se vale a pena esperar ou não o dólar baixar para enviar para o exterior.

Conclusão

Estamos sempre em busca de bons serviços e bons preços. O mercado é livre e aquele que oferece as duas coisas, sai na frente. Eu utilizo a Remessa Online e indico a todos que querem enviar dinheiro para o exterior. Farei isto enquanto o serviço for bom e o preço for o melhor.

Portanto, se você pretende enviar dinheiro para o exterior para começar a investir ou para planejar uma viagem, aproveite o momento. No longo prazo todos os descontos farão diferença. Não despreze os centavos!

Bons investimentos a todos!

poradmin

Vale a pena usar a corretora Avenue ? (Atualizações)

Ola caros investidores!

Eu já tinha falado da Corretora Avenue mas o CEO Roberto Lee, fez contato e enviou mais algumas informações para incluirmos aqui no site. Sendo assim, estou fazendo uma atualização com mais algumas informações e imagens abaixo. Vou manter o texto original anterior.

Para quem acompanha o site sabe que costumo testar alguns serviços para depois trazer aqui. Muitas pessoas perguntaram sobre a corretora Avenue e após conseguir abrir uma conta, resolvi dar minhas impressões. Deste modo vou trazer alguns pontos que julguei importante na avaliação do serviço da corretora Avenue.

Aqui no site temos avaliações da Interactive Brokers e da DriveWealth. Temos mais de um post falando da Interactive Brokers e temos um post comparando a Interactive Brokers com a DriveWealth. Se você ainda não viu, dê uma olhada no menu – Corretoras no Exterior.

Avaliação da corretora Avenue?

Em primeiro lugar vocês têm que saber que a corretora Avenue utiliza a plataforma da DriveWealth. Ou seja, abrir conta na DriveWealth ou na Avenue é quase a mesma coisa. Particularmente não vi muita diferença entre abrir conta em uma ou em outra, pois as duas oferecem suporte em português.

A DriveWealth possui uma plataforma bem simples. O Home Broker já fica na tela principal e dali mesmo você consegue dar as ordens de compra ou venda. Na corretora Avenue é a mesma coisa. você pode até separar por abas mas fica tudo na tela principal. O uso é bem simples também.

corretora Avenue

Chat

Utilizei o chat para tirar algumas dúvidas e fui bem atendido. O atendente me informou que era americano e que poderia conter erros nas frases em português. No fim das contas não vi nada que comprometesse nossa conversa ou a resolução das dúvidas. Fui bem atendido e com rapidez. Ponto positivo para este quesito.

Câmbio da corretora Avenue

Acho que o ponto mais importante na corretora Avenue é o câmbio. Eles estão com um câmbio bem competitivo no mercado. Por exemplo, fiz uma simulação de remessa direto para a Avenue e ao mesmo tempo fiz uma pela Remessa Online. Na Remessa Online usei o voucher investir no exterior e ficou praticamente igual, a diferença em $1000 foi de aproximadamente 0,30c.

Vejam a diferença entre o envio de dinheiro entre a corretora Avenue e a Remessa Online.

Para o envio de dinheiro somente uma coisa me incomodou pela corretora Avenue. Primeiro você tem que enviar seu dinheiro em reais para a conta deles e depois você solicita o câmbio. Eles oferecem dois câmbios, um imediato, porém mais caro e outro mais barato, porém só cai na conta no dia seguinte.

O que acontece é que eles bancam a operação pra você. Por exemplo, eles têm o valor em dólar já na conta, ai recebe sua solicitação e executa o câmbio imediatamente. Na verdade não precisa aguardar o envio do seu dinheiro. Como resultado eles podem aproveitar para comprar dólar em um câmbio melhor.

Imagine que você tivesse comprado $10.000 em maio quando o câmbio estava R$ 4,12. A Avenue receberia este valor por dólar e te passaria os $10.000. Agora em julho com dólar a R$ 3,75 eles recompram os $10.000 que te vendeu a R$ 4,12. Em outras palavras, a Avenue banca a operação pra você e pode comprar dólar quando estiver mais barato. Claro que precisa entender dessa operação porque a recíproca é verdadeira, ou seja, pode subir e ficar mais caro.

Opções e Small caps

A corretora Avenue não permite operar nem opções nem small caps. Small caps entenda-se ações com valor de mercado menor do que 1 bilhão de dólares. Consequentemente a DriveWealth também não permite operar essas categorias. Eles alegam que é para proteger o investidor. Na minha opinião não tem nada a ver isso, o investidor deve saber o que é melhor para ele.

Em resumo, a Avenue te permite comprar stocks, REIT e ETF, assim como a DriveWealth. Se isso atende suas necessidades, então ela pode servir. Se quiser comprar algo em outro país, não servirá.

Taxa de corretagem

A taxa de corretagem é bem mais cara do que a DriveWealth e a Interactive Brokers. Se a ordem for até $2.000 você pagará $5 por ordem. Se for acima disso, pagará $10 por ordem. A DriveWealth possui planos de corretagem bem mais barata e a IB cobra $1 de corretagem que desconta da custódia.

Na abertura de conta você precisará pagar $2 pelo formulário W8BEN. A DriveWealth cobra $5 então deduzo que eles estão subsidiando esses $3 faltante. Se a operação for feita via mesa, a corretagem é de 0,5% com custo mínimo de $20.

Vale a pena usar a corretora Avenue?

Se você quer usar uma plataforma em português e quer ter facilidade no envio de dinheiro, pode usar a corretora Avenue. No entanto, pagará uma corretagem mais cara. Se você não tem essa necessidade, pode abrir conta direto na DriveWealth. Se você quer comprar ativos em outros países ou operar opções ou small caps, melhor abrir conta na Interactive Brokers direto.

Se alguém tiver mais alguma informação ou se a própria corretora Avenue quiser trazer mais informações, fiquem todos a vontade. A ideia é trazer informações para que os investidores decidam por onde investir.

Atualização

Uma coisa bem legal que a corretora Avenue já está fazendo é informar no extrato, o valor do dólar da venda. Caso você venda um ativo com lucro e o montante da negociação ultrapasse 35 mil reais por mês, você terá que pagar imposto de renda. O dólar utilizado é o do dia da venda. Muitas pessoas acabam não anotando o dólar mas eles enviam o valor na nota.

Custos

Quando perguntei sobre custos, Roberto Lee me enviou o seguinte texto:

  • A gente coloca o valor da cotação do câmbio no relatório porque a declaração no Brasil precisa dessa informação.
  • Para retirar o dinheiro, ele solicita o câmbio e depois faz uma Ted. Câmbio também é feito instantemente em poucos segundos.
  • Sobre remessas por terceiros: sim também. Passamos as instruções individualmente.
  • Pode mandar o dinheiro de qualquer jeito (aplicação e resgate). A diferença é que como não é automatizado leva um pouco mais de tempo (1 ou 2 dias úteis para reconhecer) e precisamos repassar alguns custos diretos (não temos receita com isso, só repasse mesmo).

Sobre custos de depósito e retiradas os valores são os seguintes:

  • Depósito Wire dos EUA : freeDepósito
  • Wire internacional: U$65Retirada
  • Wire nos Eua: U$35
  • Retirada wire internacional: U$65 + swift 
  • Depósito e retirada via nossos sistemas são Gratuitos.

Ainda sobre custos, ele informou que a custódia está isenta até 2020 mas que estão trabalhando para zerar de vez. Ele também disponibilizou um link para abertura de contas que oferece 5 corretagens grátis. É uma cortesia que estão fazendo com novos clientes. Você pode abrir conta por diversos “parceiros”, o link apenas serve de estatística para eles verem de onde vêm as conversões. Caso use este link ele conseguirá ver que você abriu a conta através do site Como Investir no Exterior.

Conclusão

Achei muito bacana que o CEO Roberto Lee entrou em contato para passar informações aos leitores do site. Vocês podem fazer perguntas aqui nos comentários e isso ajuda aos próximos leitores a tirar dúvidas. A Avenue é uma corretora nova e um empreendimento de brasileiros. Vamos acompanhando para ver a evolução dos serviços.

Bons investimentos a todos!

poradmin

Ainda vale a pena investir em Apple?

Ola caros investidores!

As vezes alguns amigos me perguntam se ainda vale a pena investir em Apple. Ontem eu estava olhando este post onde comentava se vamos a pena investir na Apple. Até fiz uma atualização da imagem destacada porque quando troquei de servidor, perdi algumas imagens. Para minha surpresa, ontem também saiu o balanço trimestral da Apple. 

Como vocês podem ver, a Apple juntamente com a Berkshire, são as maiores posições da minha carteira. Considerando que tio Buffet comprou um bocado de Apple, então minha posição na maçã é maior ainda. Continuo satisfeito com minhas ações, em outras palavras, não penso em vender. Já devem imaginar a minha resposta se ainda vale a pena investir em Apple mas se tem dúvida, acompanhe os números.

Esta semana fiz um post falando das FAANG incluindo a Microsoft e teci alguns comentários sobre a Apple. Comentei, por exemplo, as últimas compras de algumas startups, pela Apple, como a Shazam e uma outra de realidade aumentada. Com isso, considero que a empresa não fica pra trás no quesito inovação e essas aquisições trazem mentes e ideias novas. 

Resultado trimestral da Apple. 

O terceiro trimestre da Apple foi muito positivo. Apesar de o iPhone não ter vendido tanto assim, como temos visto ultimamente, os serviços superaram-se. Exemplo disso foi o aumento de 13% na categoria. O lucro no período foi de 10,044 bilhões de dólares superando as expectativas. 

Se formos comparar com o mesmo período do ano anterior, o resultado ainda ficou aquém. O resultado no terceiro trimestre fiscal de 2018 foi de 11,519 bilhões de dólares. Um fato interessante é que 59% das vendas vem de outros países que não os EUA.  Como resultado, no after market as ações estavam subindo mais de 4%. Agora a empresa passa novamente a marca de 1 trilhão de dólares e se aproxima da Microsoft. 

Vamos ver alguns números:

Divisão de receita:

  • iPhone, US $ 26 bilhões (consenso: US $ 26,31 bilhões); 
  • iPad, US $ 5 bilhões (consenso: US $ 5,17 bilhões); 
  • Mac, $ 5.8B (consenso: $ 5.45B); 
  • Wearables, Casa e Acessórios, $ 5.5B (consenso: $ 4.82B); 
  • Serviços, US $ 11,5 bilhões (nova receita recorde; consenso: US $ 11,68 bilhões);
  • A maior receita da China foi de US $ 9,2 bilhões, abaixo dos US $ 9,5 bilhões do ano anterior.
  • Margem bruta corresponde ao consenso de 37,6%.
  • As despesas operacionais foram de US $ 8.68B em comparação com a estimativa de US $ 8.72B. 

Como podemos ver, o resultado veio acima do esperado. A China que praticamente derrubou o preço das ações nos últimos trimestres com a diminuição na compra de iPhones, veio pouco abaixo do esperado. O grande destaque ficou nos serviços. O iPhone não é mais o líder em receita e vem diminuindo as vendas a cada trimestre. Neste trimestre fiscal as vendas diminuíram mas não foram tão ruins quanto no anterior.

O novo aplicativo da Apple TV lançado em maio em mais de 100 países reuniu todas as formas de assistir TV. Agora você tem tudo em um único app em todos os devices da marca. O acesso ao app cresceu 40% só nos EUA. A concorrência em cima dos aplicativos de Tv é grande mas a Apple está conseguindo trazer benefícios como a opção de só comprar aquilo que você quer assistir. Sempre comentei que as TV a cabo deveria acabar.

Apple Pay

ainda vale a pena investir em apple

A Apple Pay está completando quase 1 bilhão de transações por mês. Isso é mais do que o dobro do volume de um ano atrás. O Apple Pay foi lançado em 17 países no trimestre de junho, completando a cobertura na União Européia e levando a um total de 47 mercados atualmente. Com base no desempenho trimestral de junho, a Apple Pay agora está adicionando mais usuários novos do que o PayPal. Como resultado, o volume de transações mensais está crescendo 4x mais rápido, segundo Tim Cook.

A receita da Apple foi impactada positivamente com a venda de produtos e serviços como por exemplo o aumento nas vendas dos MacBook Pro e dos iPad. Os serviços como Apple Music e Cloud Service também tiveram aumento significativo.

As projeções para o próximo trimestre são: Receita, $ 61-64B (consenso: $ 60,9B);  margem bruta, 37,5-38,5% (consenso: 37,8%);  despesas operacionais, $ 8.7-8.8B (consenso: $ 8.75B). Será que conseguirão bater a meta? Vamos acompanhar e no próximo trimestre comparamos.

Mais novidades na Apple

Como já comentei, considero a Apple uma excelente empresa. Ela já mostrou que as vendas dos iPhones caíram mas estão aumentando outros serviços. Uma área que eles estão apostando forte é na área financeira. Acabamos de ver o resultado da Apple Pay e a mais nova da Apple é o lançamento do Apple Business Chat para apoiar de forma dinâmica alguns clientes como a corretora TD Ameritrade.

A TD Ameritrade também se tornou a primeira corretora do mundo a permitir o financiamento imediato de contas usando o Apple Pay, eliminando os 2 a 3 dias úteis que costumava levar para financiar contas por transferência bancária. Se isso começou com eles e está indo bem, imaginem o crescimento pelo mundo?

Ainda vale a pena investir em Apple?

A Empresa terminou o trimestre com quase US $ 211 bilhões em caixa mais títulos negociáveis. Retiraram US $ 3 bilhões de dívida a prazo e reduziram o papel comercial em US $ 2 bilhões durante o trimestre, deixando-os com uma dívida total de US $ 108 bilhões. Como resultado, o caixa líquido foi de US $ 102 bilhões no final do trimestre.

O caminho para alcançar uma posição neutra de caixa líquida ao longo do tempo continua. Retornaram mais de US $ 21 bilhões para os acionistas durante o trimestre, incluindo US $ 17 bilhões através de recompras no mercado aberto de quase 88 milhões de ações da Apple e US $ 3,6 bilhões em dividendos e equivalentes. A recompra de ações por exemplo, favorece o acionista.

Conclusão

Ainda vale a pena investir em Apple? Esta é uma pergunta difícil de responder. Há quem diga que a empresa está com os dias contados sem novidades pra lançar. Outros dizem que a empresa é muito resiliente e tem bons produtos a caminho. Fato é que a cada trimestre que passa a gente vê que o iPhone não é o principal produto mas os serviços têm crescido muito. Além disso, a China voltou a comprar Apple diminuindo a queda recente.

poradmin

FAANG -M, as maiores empresas de tecnologia

Olá caros investidores!

As maiores empresas de tecnologia são as chamadas FAANG – Facebook, Apple, Amazon, Netflix e Google. Ano passado eu fiz um post falando sobre as FAANG, se você não viu, te convido a clicar no link e dar uma lida. Naquela ocasião as empresas citadas estavam em média 20% abaixo de seu preço teto. Tem excelentes considerações naquele post mas as imagens com os gráficos das ações não estão aparecendo. Peço desculpas, pois quando troquei de servidor algumas imagens perderam-se.

Hoje trago um novo post sobre as FAANG e quero incluir mais uma empresa nesta lista. Que tal incluirmos Microsoft? Se você não viu a empresa de mais de 1 trilhão de dólares que quase ninguém comentou como a Apple, clique aqui. Não deixem de assistir ao vídeo no canal do youtube.

Uma crise à caminho nas FAANG?

Há meses escutamos falar sobre crise. Quem não ouviu frases como: A crise está por vir. Temos vários indicadores de uma crise. O mercado está inflado e temos uma bolha que vai estourar a qualquer momento. Os grandes investidores estão com bilhões líquidos para aproveitar a próxima crise. Dentre várias outras.

Claro que uma crise virá um dia. Já falamos sobre isso aqui no site e também em vídeos no youtube. O problema é que nunca saberemos quando a crise virá e até lá, temos que confiar nos fundamentos das empresas. Neste intuito, novamente vou trazer os gráficos de 10 anos das FAANG fazendo um comparativo com os preços da época.

Como este site é de estudos vamos ver se tivemos um bom retorno desde a última postagem caso tivéssemos comprado as FAANG naquela data. Após 8 meses a crise ainda não chegou e já tivemos 2 trimestres para ver se as empresas cresceram ou não. Os preços anteriores estão na postagem neste link. Relembro que expresso minha opinião e minha visão sobre as empresas. Leiam bastante e tirem as suas e debatam aqui.

Facebook

Facebook se mete em algumas confusões de vez em quando né. Eu não gosto muito do case porque como usuário não gosto muito do Facebook. Acho a plataforma bastante poluída e majoritariamente tem postagens fúteis ao invés de conteúdo útil. Claro que sei que temos que seguir as pessoas certas mas mesmo assim não me agrada muito.

Como falei anteriormente, o FB não proporciona nada ao usuário que produz conteúdo. Além de suas ações não pagarem dividendos, eles não te recompensam por propagandas que você possa fazer. Na verdade o número de contas do FB tem diminuído aos poucos.

Na última postagem FB estava cotada a $140 e hoje está cotada a $195,50. Como não paga dividendos então o ganho total é apenas o ganho de capital. A variação foi positiva em aproximadamente 39%. Ou seja, se você tivesse comprado FB em novembro quando fiz a postagem, teria um pelo ganho hoje.

Facebook

Apple

Apple é uma das minhas queridinhas. A maçã não tem apresentado tantas novidades assim em relação aos seus produtos. O que gosto é que eles têm muito dinheiro em caixa e sabem aproveitar as oportunidades. Há um ano compraram uma empresa de realidade aumentada. Também compraram a Shazam, que é um app de música.

No período de um ano a Apple comprou 7 empresas sendo a última uma empresa que era da Intel e que desenvolve modems para diversos devices, computador pessoal, carros autônomo e para a internet das coisas. Com esta aquisição de 1 bilhão de dólares, a Apple se aprofunda na luta do 5G. Ao todo já são mais de 100 empresas compradas desde 1988. Quem estiver à frente quando esta tecnologia estiver totalmente implantada, poderá ter grandes lucros.

Suas ações em novembro estavam cotadas a $195 e hoje estão cotadas a $210,2, ou seja, um aumento de 7,7%. O aumento foi bem mais modesto que o FB e mesmo se somarmos os dividendos do período ($1,23), chega a 8,5% de aumento. Lembrando que Apple foi a primeira empresa trilionária listada em bolsa apesar de não valer um trilhão hoje.

FAANG

Amazon

Amazon é a loja de tudo né! Gosto da empresa e do case apesar de não ter ações dela ainda. Amazon tem uma história muito interessante que recomendo lerem o livro “A Loja de Tudo”. Jeff Bezos é ousado e muito bom de negócios também.

Apesar de a Amazon não pagar dividendos (se pagasse seria muito pouco), também já chegou a valer mais de 1 trilhão em bolsa. Suas ações são cotadas a um alto valor chegando quase a $2.000 cada. Seus serviços são excelentes e também oferece “recompensas” aos seus afiliados. Bezos já fez excelentes aquisições como a Whole Foods.

Em novembro no último post sobre as FAANG as ações estavam cotadas a $1644 contra $1907 de hoje. Valorização no período foi de 16% aproximadamente. Nada mal também né?!

Faang Microsoft

Netflix

Netflix é um case bem louco. No vídeo que fiz sobre as FAANG + Microsoft vocês podem ver os gráficos e comparar o crescimento animal dela. Eu particularmente não tenhas ações da Netflix, pois nunca achei um ponto sólido de entrada.

Por outro lado, ela tem grandes concorrentes como a Amazon, a Apple e Disney. Já gastou muito produzindo séries como por exemplo House Of Cards e agora reduziu um pouco. Também não paga dividendos. Na minha opinião, ela oferecem um excelente serviço, ou seja, o cliente fica satisfeito. Como cliente mantenho mas como investidor, prefiro as outras.

Em novembro suas ações estavam cotadas a $294 e hoje estão a 330,80. A valorização neste período foi de 12,5% aproximadamente.

FAANG

Google

O Google vai dominar o mundo. É outro case que gosto muito apesar de ainda não ter suas ações. Quem não recorre ao Google para qualquer dúvida na vida? E quem não gosta do YouTube? Eu particularmente não tenho TV a cabo e só uso YouTube. Lá vejo tudo o que quero inclusive jornal ao vivo.

Google é outra empresa que vive comprando empresas menores. Com uma única conta você tem acesso a diversos serviços como um drive na nuvem, editor de blogs (blogger), e-mail dentre outros. Já comentei aqui no site que estive no Google em 2014 e eles já tinham um carro autônomo, ou seja, daqui a pouco eles lançam ao mercado.

Apesar de não pagar dividendos, Google trouxe um excelente crescimento aos seus acionistas. Em novembro suas ações estavam cotadas a $1045 contra 1236,60 de hoje. A valorização é de aproximadamente 18,5%.

GOOGLE

Microsoft

Bom, as FAANG são as mencionadas acima mas eu sempre me pergunto por quê Microsoft não entra nesse acrônimo? Já vi pessoas comentando de Tesla e NVidia entrarem mas Microsoft, nada. Pois bem, como vocês devem ter visto em post anteriores e vídeos, Microsoft hoje é a única empresa que está acima de 1 trilhão de dólares em valor de mercado.

A empresa divulgou balanço recentemente com um belo aumento em seus serviços. O lucro continua crescendo e pelo que andei lendo, a perspectiva é de mais crescimentos. Microsoft paga dividendos praticamente igual a Apple. Em termos de eficiência, ainda assim a Apple faz menos força para fazer lucro do que Microsoft.

No último post sobre as FAANG eu não mencionei a Microsoft. Hoje suas ações estão cotadas a $141 mas em novembro estavam $105, ou seja, uma rentabilidade de aproximadamente 34% sem contar dividendos. É outro case que gosto mas não estou dentro ainda.

Microsoft

Comparativo entre FAANG e MSFT

No vídeo também trouxe um comparativo entre as maiores empresas de tecnologia em relação a alguns múltiplos. Veja a análise completa no youtube e aqui trago uma imagem com uma tabela.

ações da apple

E se você tivesse comprado FAANG + Microsoft em novembro?

Como estou fazendo um estudo de caso das FAANG e incluindo a Microsoft, agora é hora de saber como uma carteira composta por essas empresas teria se comportado de novembro de 2018 até julho de 2019. Então na tabela abaixo apresento o resumo dos preços de novembro e de hoje.

StockCompraVenda
FB140,00195,50
AAPL195,00210,20
AMZN1644,001907
NFLX294,00330,80
GOOG1045,001236,60
MSFT105,00141
Total3423,004048,10

Resumindo, caso tivéssemos comprado as FAANG mais a Microsoft em novembro de 2018, hoje teríamos rendimento médio de 18,2%. Portanto, se dividirmos por 8 meses, chegaremos ao total de 2,27% ao mês. Para um momento em que esperamos uma crise, esta rentabilidade até que não está nada mal né?!

Conclusão

Mais uma vez podemos perceber que não dá para ficar operando notícias né?! Vimos ai que desde novembro de 2018, ou seja, há 8 meses, ouvimos falar em crise mas as ações subiram de preço. Todas as empresas que compõe as FAANG tiveram boa valorização como por exemplo, em destaque o Facebook e a Microsoft.

Inclui Microsoft ao grupo porque é uma outra empresa de tecnologia com grande crescimento e com valor de mercado de mais de um trilhão de dólares. Também paga dividendos como a Apple enquanto as demais FAANG não pagam.

Não fiquem ouvindo sobre boatos de crise. Analisem o comportamento das empresas e façam seus investimentos aos poucos. Caso a crise chegue, vocês poderão comprar boa empresas a preço melhores. Mas se não chegar, ainda tem a possibilidade de já receber bons dividendos e ter uma boa rentabilidade.

Bons investimentos!

poradmin

Mais um motivo para investir no exterior

Olá caro investidor!

Vou te dar mais um motivo para investir no exterior. No último vídeo eu falei sobre 4 motivos para você investir no exterior. Já no blog BPMilhão eu falei sobre a importância do compliance para os investimentos. Hoje, aliando os dois posts, vou trazer mais um motivo para investir no exterior e proteger seu patrimônio. O motivo de hoje é estar seguro contra corrupção.

Se você ainda não sabe o que é compliance, te convido a visitar o BPMilhão e ler o post que publiquei sobre o assunto. Aqui vamos avançar um pouco mais mostrando a segurança que temos, no exterior, contra a corrupção. Claro que corrupção existe em qualquer lugar do mundo mas o tamanho da corrupção entre países é diferente.

Lei Nº 12.846/13 Anticorrupção no Brasil

No Brasil temos a Lei Anticorrupção de 2013 que trata sobre a responsabilização objetiva administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública, nacional ou estrangeira. Isto que dizer que não precisa mais provar culpabilidade. Se o fato aconteceu, a pessoa jurídica é responsável objetivamente, basta comprovar que aconteceu.

Temos que lembrar que responsabilização objetiva não isenta responsabilidade de todos os agentes que estiverem envolvidos em um episódio de corrupção. Dessa lei temos o acordo de leniência que tanto temos visto no últimos tempos. O melhor de tudo é que todo tipo de organização está dentro deste escopo, inclusive ONGs. O parágrafo único do art. 1º traz em seu texto:

Aplica-se o disposto nesta Lei às sociedades empresárias e às sociedades simples, personificadas ou não, independentemente da forma de organização ou modelo societário adotado, bem como a quaisquer fundações, associações de entidades ou pessoas, ou sociedades estrangeiras, que tenham sede, filial ou representação no território brasileiro, constituídas de fato ou de direito, ainda que temporariamente

Mais um motivo para investir no exterior – Anticorrupção

Mostrei rapidamente a Lei Anticorrupção no Brasil mas essa lei já existe em outros países como Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha. Veremos agora as leis que foram criadas para evitar corrupção e com isso, proteger o sistema financeiro.

SEC – Security and Exchanges Commission

Security and Exchanges Commission (SEC) é uma agência federal norte-americana que detém a responsabilidade primária pela aplicação das leis de títulos federais e a regulação do setor de valores mobiliários, das ações da nação, das opções de câmbio e de outros mercados de valores eletrônicos. Seria o equivalente à nossa Comissão de Valores Mobiliários -CVM.

motivo para investir no exterior

A principal razão para a criação da SEC foi a Grande Depressão de 1929. Hoje a SEC possui autoridade para conduzir ações civis em face de indivíduos ou organizações em casos de fraude ou manipulação do mercado. Sabe os famosos insiders trading? Aqueles que possuem informações privilegiadas e operam o mercado? Então, são investigados pela SEC.

A SEC é dividida em cinco divisões sendo elas: Finança de corporação, comércio mercados, gestão de investimentos, execução e economia e análise de riscos. Maiores detalhes vocês encontram em www.sec.gov

FCPA – Foreign Corrupt Practices Act

Esta é uma lei americana criada para o combate à corrupção dispondo também de normas contábeis e antisuborno. Esta lei define como crime não apenas o pagamento de propina mas todo e qualquer pagamento feito por empresas listadas na bolsa de valores americana que não estejam registrada.

Esta lei abrange qualquer cidadão americano ou subsidiária americana ou estrangeira em solo americano, que tenha capital americano e empresas estrangeiras que tenham negócios ou conexões com os Estados Unidos. Foi por isso que a gente viu a Petrobras sendo multada em milhões, pelos Estados Unidos, por conta de corrupção.

Para a FCPA, quatro ações do indivíduo ou da empresa, geram responsabilidade: pagar, oferecer, prometer ou autorizar. O objeto pode ser dinheiro ou qualquer coisa de valor, sendo o objetivo o intuito de corromper. Como penalidades a FCPA prevê sanções cíveis e criminais.

UK Bribery Act

Juntamente com a FCPA, a UK Bribery Act é uma lei britânica considerada uma das legislações mais duras no mundo quando se trata de corrupção. o UK Bribery Act tem aplicação extraterritorial plena, tornando-se irrelevante o local da prática dos atos preparatórios da corrupção ou da sua consumação.

A U.K. Bribery Act prevê sanções cíveis ou criminais, podendo ser penalizadas tanto a pessoa física quanto a jurídica. Para as empresas, as multas são ilimitadas, enquanto para os indivíduos as multas são limitadas, e pode ser aplicada também pena de até 10 anos de prisão. Os diretores podem ser penalizados com a destituição do cargo e proibição de atuar como diretor por até 15 anos e se for algum contratante público, é possível a sua exclusão de tais contratos.

Vejam também onde investir para se proteger de uma crise

FATCA – Foreign Account Tax Compliance Act

A FACTA é uma lei americana de conformidade tributária de contas estrangeiras, obriga instituições bancárias de outros países a fornecerem dados dos seus correntistas às autoridades americanas, desde que esses sejam cidadãos norte-americanos. As instituições financeiras podem encaminhar os dados diretamente ao Fisco americano ou podem utilizar o local como intermediário nessa tarefa.

O Brasil firmou um Acordo de Cooperação Intergovernamental (IGA) com o governo americano para a troca dessas informações. O acordo foi promulgado no Brasil por meio do Decreto nº 8.506/15, a partir do Acordo para a Melhoria da Observância Tributária Internacional e a Implementação do FATCA, firmado em Brasília, em 23 de setembro de 2014.

Ou seja, todo americano que estiver fora dos Estados Unidos com movimentações financeiras ativas, deverão estar submetidos ao FACTA. Suas informações devem ser enviadas para os Estados Unidos independente de onde estejam. Dessa maneira fica difícil um americano ficar escondendo dinheiro em outro país.

Motivo para investir no exterior

São vários os motivos para investir no exterior e considero o fator corrupção tão importante quanto a inflação. Vimos nos últimos anos o quanto a corrupção atrapalhou o progresso do Brasil. Sempre vimos criminosos imunes às leis quando tratava-se de corrupção. O combate a corrupção no Brasil é muito recente. O marco dessa virada de fase aconteceu com a Operação Lava Jato que até hoje muitos ainda tentam pará-la.

Relembrando outros motivos para investir no exterior são: Segurança financeira e econômica, diversificação de políticas, ideias e cultura, diversidade de produtos, investir em países que desenvolvem produtos disruptivos com as maiores tecnologias e o que tem trazido maior insegurança para os brasileiros: políticos!

Conclusão

Observando as leis citadas no post podemos perceber que há décadas países como Estados Unidos e o Reino Unido tratam o assunto com muita seriedade. As leis são duríssimas e abrangem não só seus cidadãos como também estrangeiros desde que entejam de alguma maneira envolvidos com a corrupção em seus países.

Desta maneira temos mais um motivo para investir no exterior e proteger seu patrimônio. Enquanto no Brasil ainda sofremos por ver que todos os dias alguém tenta estancar a Lava Jato, em outros países o combate à corrupção está funcionando há décadas e lá os corruptos vão para a cadeia. E você ai, quer deixar seu dinheiro investido onde?

Bons investimentos a todos!

poradmin

Onde investir para se proteger de uma crise

Ola caros investidores!

Muitas pessoas tem falado em crise. Daí surge a dúvida de onde investir para se proteger de uma crise? Ouço falar em crise desde 2016. Já estamos em 2019 e até agora a crise não chegou. Será que ela chegará? Sim, ela chegará. Quando? Não sabemos! Na minha opinião Mr. Trump não via querer que haja uma crise em seu governo então vai batalhar muito para isso não acontecer. A reeleição depende disso.

Nunca saberemos exatamente quando uma crise acontecerá. Podemos examinar várias métrica mas uma crise não é igual a outra. A última grande crise que tivemos foi em 2008 quando houve a crise do subprime. Se você não sabe exatamente o que aconteceu, sugiro assistir o filma “A grande aposta”. Os caras previram uma crise que aconteceu 3 anos depois. Naquela época, poucos pensavam em onde investir para proteger de uma crise. O crédito estava liberado à torto e à direita.

Deixando de lado quando a crise vai acontecer, temos que pensar no que fazer durante uma crise. Antes da crise chegar também temos que tomar algumas medidas de proteção. Vários gestores de grandes fundos têm bastante dinheiro em liquidez para aproveitar esses momentos de baixa e você não pode ser muito diferente deles.

Comece a fazer um pequeno caixa

Se você realmente acha que uma crise está próxima então você precisa fazer um caixa para aproveitar oportunidades. Na minha opinião não precisa deixar de aportar até que uma crise aconteça. Até conheço pessoas que estão aguardando a crise para voltarem a investir. Isto é ruim porque você pode perder algumas boas oportunidades.

Uma sugestão é guardar 50% do seu aporte e investir os outros 50%. Pode colocar esse dinheiro em um Tesouro Selic por exemplo ou então em um CDB com liquidez diária. Ou se achar que a crise está tão perto assim, pode deixar na conta mesmo.

Fato é que quando a crise vier, você tem um dinheiro em caixa para aproveitar algumas oportunidades. Se um ativo começar a cair, provavelmente vai começar a cair rápido. Com dinheiro em caixa você vai aproveitando para comprar cada vez que tiver uma boa baixa. Não precisa comprar tudo de uma vez, vá aos poucos.

Onde investir para se proteger de uma crise

Existem alguns ativos onde você pode investir para se proteger se uma crise. Veremos alguns deles. Devo alertar que não é nenhuma recomendação de compra nem garantia de que você não sofrerá com uma crise. Apenas vou apresentar algumas opções onde a correlação pode ser negativa com uma grande queda.

Investindo em ETF

Uma das maneiras de ter uma exposição menor ao S&P500 é comprando alguns ETF. Se você ainda não tem familiaridade com os ETF, assista o vídeo onde mostro os principais gestores e onde buscar algumas informações.

Um deles é o XLP Consume Staples. Consume Staples é composto por coisas que precisamos no dia a dia. Compões essa lista, comidas, bebidas, produtos de higiene e até alguma coisa de álcool. Esse tipo de consumo as pessoas não estão muito dispostas a cortar e demoram a cortar, caso precisem.

No gráfico abaixo, na linha azul, podemos ver como o XLP se comportou desde 2006 até hoje. Já a linha roxa é a variação do S&P500. Reparem no círculo vermelho como XLP se comportou durante o período de crise. É uma oportunidade caso não queira ficar de fora do mercado.

onde investir para se proteger de uma crise

Falando um pouco de XLP, abaixo vemos a imagem com alguns produtos que compõe a lista. Primeiro temos os 10 maiores setores e depois temos as 10 maiores empresas com seus percentuais. Alguém para de tomar coca cola durante uma crise? Deixa de ir ao Walmart?

ETF xlp

Veja também a empresa que superou a Apple em valor de mercado passando de 1 trilhão de dólares

Investment Grade Bonds

Bonds são so nossos Tesouro Direto. É um investimento mais conservador e como estamos falando de proteger-se em um momento de crise, pode ser interessante deixar algum dinheiro com a garantia do governo. Reparem na imagem abaixo um comparativo entre o S&P500 e o ETF da iShares LQD. Percebam que a variação foi bem diferente e o LQD ficou bem estável durante a crise.

bonds para se proteger de uma crise

Na imagem abaixo podemos ver o crescimento do LQD desde seu lançamento. Reparem na variação durante a crise, apontada pela seta preta. No longo prazo, ou seja, desde 2002, o ETF teve excelente performance. O gráfico mostra uma simulação de um investimento de $10.000 desde seu lançamento.

ETF de bonds

Investir em Ouro contra a crise

O ouro é ouro né. Vários países como a China estão aumentando suas reservas de ouro. Em momentos de crises, em momentos em que as moedas podem não valer muito, o ouro sobe bastante. É a única moeda de troca que não perde valor. Mas não é simples comprar ouro.

Existem muitos ativos atrelados ao ouro mas não possuem o ouro físico. Imagine você ter que guardar umas 10 barras de ouro na sua casa? Imagine o risco que isso pode ser? Então, provavelmente você terá que colocar em algum lugar seguro e para isso, terá que pagar. Lembrando que ouro não paga dividendos. Tudo isso tem que ser pensado.

reserva em ouro

Na imagem acima podemos ver o ETF GLD seguido do S&P500 na linha roxa. Percebam o crescimento do ouro quando a crise começou. Vejam como o GLD descolou-se do S&P500. Então, se você acha que a crise está chegando, comece a pensar em compra ouro. Se pretende compra, então corra porque ele já subiu bastante nos últimos dias.

Para finalizar, observem no gráfico abaixo o GLD comparado com nosso dólar, ou seja, o USD/BRL. A linha roxa representa o USD/BRL. Vejam que, desde meados de 2005, o GLD rendeu mais de 170% enquanto o USD/BRL pouco mais de 52%.

como se proteger de uma crise

Conclusão

Onde investir para se proteger de uma crise é uma grande dúvida. Não há como se proteger 100% contra uma crise mas há opções que possuem menor volatilidade no momentos de grandes quedas. Identificar algumas dessas opções é o que vai minimizar a variação negativa da sua carteira.

Existem outras maneiras de investir para se proteger de uma possível crise mas tratarei em outro post. Temos também alguns ETF que operam vendido no índice e alavancado, ou seja, SP500 cai, o ETF sobe. Mais ou menos o que aconteceu no filme “A Grande Aposta” e você pode alavancar várias vezes.

Se você acha que a crise está bem pertinho, o que pensa de se segurar em uma dessas dicas?

Bons investimentos a todos!

poradmin

A ação mais lucrativa na minha carteira, 64% em dois anos

Olá caros investidores!

A ação mais lucrativa na minha carteira hoje não é a Apple, nem a Visa, nem a BlackRock. Tampouco é algum REIT dos quais já comentei aqui no site e fiz videos no youtube. Muito menos é a Microsoft, na verdade ainda não comprei MSFT apesar de estar no meu radar.

American States Water Company – AWR

A ação mais lucrativa na minha carteira é a American States Water Company que operar sob o ticker AWR na NYSE. A American States Water Company é matriz da Golden State Water Company e da American States Utility Services, Inc. Atende a mais de um milhão de pessoas.

Por meio de sua subsidiária de serviços públicos, a Golden State Water Company, a empresa fornece serviços de água para aproximadamente 260.000 clientes localizados em mais de 80 comunidades no norte, litoral e sul da Califórnia. A empresa também distribui eletricidade para aproximadamente 24.000 conexões de clientes na cidade de Big Bear Lake e arredores no condado de San Bernardino, Califórnia.

A ação mais lucrativa na minha carteira

Já por meio de sua subsidiária de serviços contratada, a American States Utility Services, Inc. fornece serviços de gerenciamento de operações, manutenção e construção para instalações de coleta e tratamento de água e águas residuais localizadas em bases militares em todo o país sob contratos de privatização de 50 anos com o governo dos EUA.

A AWR opera em nove estados nos Estados Unidos. Sua principal fonte de receita vem da Califórnia com a Golden State Water Company. Os contratos com as bases militares têm longa duração sendo um fator positivo, uma vez que será difícil um calote nos pagamentos dos serviços.

American states water company

A Ação mais lucrativa e seus Dividendos

A ação mais lucrativa na minha carteira hoje traz crescimentos em seus dividendos há 64 anos! Ela faz parte não só das Dividend Aristocrats como também das Dividend Kings. 64 anos de dividendos crescentes e ininterruptos é uma bela consistência. Apesar de trazer dividendos crescentes durante 64 anos, seu Dividend Yield não é dos mais altos, hoje está próximo de 1,49%. Acabe sendo uma empresa mais de crescimento do que de dividendos.

Analisando seus dividendos podemos ver que o payout é de 65% em média. AWR tem EPS em $1,72 e paga 1,12% ao ano. Neste sentido eles ainda têm uma gordura para queimar em épocas de crises, assim como fizeram em 2008. Vale lembrar que a empresa opera desde 1929 fazendo aniversário de 90 anos em 2019.

Sempre que comento sobre dividendos e sobre o histórico das ações ou REIT, cito que rendimentos passados não garantem rendimentos futuros, isso todos sabem. Quando falo sobre rendimentos passados é para mostrar que a administração das contas da ação estão indo bem. Se uma empresa traz crescimento constante nos seus dividendos há 64 anos, o que impede de continuar fazendo isso pelo menos nos próximos 10 anos?

Empresa de crescimento

Como falei, os dividendos de AWR não são os maiores no mercado, em compensação a empresa cresceu muito. Só nos últimos 25 anos, se você tivesse investido $1000, teria hoje $10900, ou seja, uma alta de quase 1000%. Já nos últimos 10 anos, os $1000 investidor hoje valeriam $4500, ou seja, uma alta de 356%.

Claro que sabemos que outra empresas cresceram mais do que AWR mas não podemos destacar este belo crescimento. Devemos ter uma carteira diversificada e julgo que esta é uma ação ótima para se ter em carteira. O gráfico abaixo mostra a empresa desde 1973. Lembrando que seu IPO foi em 1978.

A ação mais lucrativa

Rentabilidade de AWR na minha carteira

Comprei AWR em julho de 2017 ao preço de $ 47,42. Recebi dividendos oito vezes neste período. Foram 4 pagamentos de $0,26 e 4 pagamentos de $0,28 totalizando $2,16 por ação. Descontando os dividendos recebidos do preço do ativo, meu preço médio está em $ 45,26. O fechamento do ativo no dia 21 de junho de 2019 foi de $ 74,48. Fazendo os cálculos o retorno fica em média 64%.

Com um retorno de 64% em dois anos a AWR torna-se a ação mais rentável na minha carteira hoje. Claro que sei que devo fazer os cálculos para cada ativo para saber qual me trouxe rentabilidade maior ao ano. Farei isso em outra ocasião, por enquanto olho os rendimentos na carteira comparando as ações compradas no mesmo ano.

Conclusão

Manter empresas de crescimento constante na carteira é uma ótima estratégia para contrabalancear com ativos de maior volatilidade. AWR não paga muitos dividendos, porém tem crescido bastante e seus contratos são de longo prazo trazendo mais atratividade. Seu dividendos são pagos a um payout de 65% o que deixa margem para cobrir os pagamentos em momentos de crise. A divida está controlada e a gestão é boa.

Não deixem de acompanhar maiores detalhes sobre a empresa no video abaixo. Se ainda não viu outros vídeos, te convido a entrar no canal do Youtube, inscrever-se e ativar o sininho para receber as notificações de novos vídeos. Sigam-me também nas redes sociais.

Bons investimentos a todos!

poradmin

WP Carey – WPC REIT

Olá caros investidores!

Uma coisa que passei a gostar de estudar é o que tem dentro de uma ação. Estudando uma ação a gente descobre muita coisa que nem imaginamos. Por exemplo, quem sabia que a HBO e Warner Bros pertenciam à At&T? Quem sabia que Amazon detém um monte de outras empresas? Ok, você até pode saber isso mas você seria capaz de listar 10 dessas empresas?

Tenho trazido constantemente vídeos e posts mostrando o que tem dentro de uma ação ou REIT e desta vez trago mais um REIT muito interessante. Trata-se de WP Carey REIT que opera sob o ticker WPC. Vamos ver alguns dados dela. Lembrando que muitas das informações que trago a vocês são tiradas do próprio site do REIT.

Histórico da WP Carey

A WP Carey é um dos maiores REITs de locação líquida da atualidade, com histórico de oferecer renda e crescimento estáveis ​​aos investidores. WPC possui um mega portfólio diversificado arrendado a longo prazo para locatários com qualidade de crédito. Atua nos EUA e na Europa Ocidental e no norte. O REIT foi fundado por William Polk Carey em 1973: Seu lema é Investindo para o longo prazo.

Em 30 de janeiro de 1998 foi criada a Carey Diversified LLC que começa a operar na NYSE (NYSE: CDC). O IPO saiu por volta de $22. Engraçado que foi um IPO onde a primeira semana foi de queda. Em 2000 ocorre a fusão da W. Carey Co. com a Carey Diversified LLC cria a W. P. Carey & Co, LLC (NYSE: WPC).

Em 2012 seu fundador, William Polk Carey morre aos 81 anos. No mesmo ano a W. Carey & Co. LLC se funde com CPA®: 15 e se torna um REIT negociado publicamente com o mesmo ticker WPC. Daí por diante eles fizeram várias fusões com CPA:16,17 e 18 e vem entregando excelentes resultados.

Em 2018 WPC comemorou 45 anos com seu lema “investido para o longo prazo”, 20 anos como empresa de capital aberto na NYSE. Também fizeram 20 anos de investimentos na Europa além de estarem sempre entregando dividendos crescentes desde o IPO.

Portfólio de WP Carey WPC

Portfólio WPC

Como falei, WPC possui um mega portfólio bem diversificado tanto entre países como entre inquilinos e diferentes setores de diferentes indústrias e serviços. O total de propriedades é de 1.168, com 310 inquilinos, 134 milhões de metros quadrados. Atualmente 64% locado nos EUA e 34% na Europa. A ocupação é de 98,2%. O total que os 10 maiores inquilinos ocupam é de 23,3%.

No gráfico abaixo podemos ver os inquilinos por tipo de atuação. Vejam que o varejo ainda é a maior parcela, no entanto as demais áreas não ocupam mais que 8%. Isto mostra a grande diversificação do REIT evitando sofrer grandes baixas com a saída de algum inquilino.

WP Carey Portfólio

Contratos a expirar de WPC

Uma coisa importantíssima que devemos observar quando analisamos um REIT é o vencimento dos contratos. No Caso de WP Carey não temos muitos contratos vencendo nos próximos 9 anos. A maior porcentagem de contratos vencendo até 2028 será em 2024 com 12,4% de contratos a vencer. Até lá muita coisa ainda vai acontecer e novos contratos e novas fusões acontecerão.

REIT WPC

Retorno do Investimento

Sempre gosto de analisar o retorno do investimento. As vezes faço em 10 anos e as vezes faço desde o IPO, tudo depende de quanto tempo foi o IPO. No caso de WPC temos um crescimento estrondoso em 21 anos. Para que acreditou e investiu $1000 no IPO e reinvestiu os dividendos até hoje, tem mais de $142 mil dólares na carteira.

Reparem que esta simulação foi feita apenas com um aporte de mil dólares e reinvestimento dos dividendos. Não contempla dinheiro novo, ou seja, aquele aporte que você deve fazer todos os meses. Imagina se tivéssemos investido 500 dólares todos os meses nesses 21 anos desde seu IPO?

Enfim, vamos pensar daqui pra frente e acompanhar para que os gestores entreguem um desempenho semelhante para os próximos 20 anos. Como sempre digo, rendimento passado não garante rendimento futuro mas se o gestor consegue trazer bons rendimentos durante anos, é bem provável que continuará trazendo para os anos vindouros.

WP Carey retorno

Conclusão

WP Carey foi solicitação de um leitor. Eu não conhecia esse REIT mas passei a estudá-lo e a acompanhá-lo mais de perto. Entrou para minha watchlist e em breve terei em carteira. Assista ao vídeo completo no YouTube onde trago muito mais dados e gráficos. Lá tem os gráficos da distribuição dos inquilinos e também das dívidas que vencerão nos próximos 10 anos.

Se você gostou, curta e compartilhe. Inscreva-se no canal e participe com sugestões, comentários e experiências.

Bons investimentos a todos!

BPM

poradmin

Visa Inc. – Vai de Visa!

Ola caros investidores!

Outro dia eu fiz um vídeo falando sobre Visa Inc. Se você não assistiu a performance da empresa desde seu IPO dentre outras curiosidades, clique aqui e assista o vídeo no canal do Youtube. Caso não seja inscrito, aproveite para inscrever-se para não perder nenhuma novidade por lá. 

Neste post vou falar mais um pouco sobre Visa e fazer uma breve simulação de compra de ações ao longo do tempo como já fiz outras vezes com EPR e EXXOM Mobil. Claro eu sabemos que rendimentos passados não garantem rendimentos futuros mas aqui vamos mostrar o histórico e convenhamos, se uma empresa tem boa gestão por uma década, provavelmente terá por mais alguns anos.

Crescimento de Visa

Como vocês puderam ver no vídeo, Visa teve um crescimento de mais de 10 vezes em 11 anos. Seu IPO foi em 2008 a $44 e após um Split de 1:4, ou seja, quem tinha uma ação passou a ter 4, hoje seu papel é negociado próximo a $160. Visa é uma das empresas que teve melhor performance em uma década. Juntamente com MasterCard, domina o mercado de pagamento por cartões de crédito.

Para aqueles que investem olhando o preço sobre o lucro, o famoso P/L, Visa não deu muita entrada uma vez que sempre esteve negociada acima de 20. Isto desmistifica que uma empresa com P/L alto não é uma empresa interessante para investir. Apesar de seu IPO ter sido em 2008, a empresa existe desde 1958 quando fornecia cartão de crédito com limite de 300 dólares chamado de Bank Americard.

cartão de crédito visa

Desde seu IPO a empresa vem crescendo gradativamente e em 2016 concluiu a aquisição da Visa Europe. Atualmente Visa opera em mais de 200 paises e territórios. Eles continuam a evoluir com o mesmo foco – ser a melhor maneira de pagar e ser pago, para todos, em todos os lugares do mundo.

O gráfico abaixo mostra o crescimento de Visa desde seu IPO. Notem que seu IPO foi bem na crise de 2008 e mesmo assim não afetou a empresa de modo significativo. Olhando o gráfico fica até difícil uma entrada no papel, uma vez que os preços estão sempre rompendo resistências. Para os grafistas de plantão, Visa não é um bom case de estudos porque nunca teve uma queda substancial para analisar rompimentos de suportes.

visa dividendos

IPO de Visa Inc

Como já citei anteriormente, Visa Inc teve seu IPO em 2008 a um preço de $44. Seu IPO foi um dos maiores da história e no primeiro dia já fechou com uma alta de  28%. A partir de então a ação subiu até $271 quando teve um Split de 1:4 e passou a ser negociada a $65. Logo após o crescimento continuou e hoje a empresa é negociada em torno de $160 por ação.

visa

Dividendos de Visa Inc

Visa não é exatamente uma grande pagadora de dividendos. Como podemos ver, ela cresceu muito desde seu IPO e pagou poucos dividendos. Na verdade não chega a 1% ao ano tendo agora em 2019, um DY em torno de 0,61%.

Por hora parece que Visa Inc sabe melhor do que nós como investir seus lucros e vamos deixar assim por enquanto. Ela tem aumentado seu dividendos desde seu IPO e seu Payout é de apenas 22%. Não duvido nada que vão aumentar constantemente estes dividendos até se tornar uma Dividend Aristocrats. Eu vou pagar pra ver e serei um Holder em Visa Inc até que faça 25 anos de pagamentos crescentes e ininterruptos de dividendos.

Retorno do investimento em Visa Inc.

Quem investiu em Visa no IPO e manteve até hoje, tem um belo resultado em mãos. Fazendo uma simulação no próprio site, podemos ver que quem investiu 10 mil dólares no IPO e reinvestiu os dividendos, tem hoje mais de 123 mil dólares. Já quem não investiu os dividendos, tem em torno de 117 mil dólares. Imaginem quem foi adicionando aportes ao longo do tempo? É a simulação que faremos agora. 

Cartões visa

Investindo em Visa Inc. para o longo prazo

Vamos fazer uma simulação dos últimos 3 anos. Para aqueles que dizem não ter dinheiro para investir no exterior, vamos simular a compra de uma única ação por mês. Pegaremos o primeiro dia útil como base para o câmbio do dólar e o preço da ação. Sei que se você enviar dinheiro em um dia, provavelmente só entrará na conta no dia seguinte e não daria para comprar a ação no mesmo dia. Vamos calcular tanto o câmbio quanto a compra da ação no primeiro dia útil de cada mês.

No gráfico abaixo podemos ver a variação do dólar no período estudado.

dólar

Para o cálculo, pegarei o valor de abertura da ação da Visa Inc, transformarei para reais utilizando o câmbio de abertura do dólar. Vou tirar os dados do Investing.com para facilitar o trabalho. Feito isto, teremos o valor em reais que você deveria ter investido para comprar uma única ação de Visa Inc por mês. Vou desprezar taxas como iof e spread.

Também vou desprezar os dividendos neste primeiro cálculo, como eles são bem pouco, menos de 0,69%, não fará muita diferença. Começaremos em abril que foi quando deu o Split. No início de maio teremos apenas uma ação em carteira que foi comprada em abril, sendo assim o valor da carteira vai ser de uma ação no preço da abertura em maio. Na coluna Lucro por Ação, peguei o preço de U$ 160,00 como referência e subtrai do que foi pago na compra.


Preço açãoDólar em R$Valor em R$Total açõesValor total U$Lucro por AçãoLucro acumulado U$
2015






abrilUS$ 65,45R$ 3,19R$ 208,79
US$ 0,00

maioUS$ 65,22R$ 3,01R$ 196,311US$ 65,22US$ 94,55US$ 94,55
junhoUS$ 69,13R$ 3,18R$ 219,832US$ 138,26US$ 94,78US$ 189,33
julhoUS$ 67,94R$ 3,10R$ 210,613US$ 203,82US$ 90,87US$ 280,20
agostoUS$ 75,59R$ 3,42R$ 258,524US$ 302,36US$ 92,06US$ 372,26
setembroUS$ 69,41R$ 3,66R$ 254,045US$ 347,05US$ 84,41US$ 456,67
outubroUS$ 70,09R$ 3,97R$ 278,266US$ 420,54US$ 90,59US$ 547,26
novembroUS$ 75,19R$ 3,85R$ 289,487US$ 526,33US$ 89,91US$ 637,17
dezembroUS$ 79,53R$ 3,86R$ 306,998US$ 636,24US$ 84,81US$ 721,98
2016



0

janeiroUS$ 76,06R$ 3,97R$ 301,969US$ 684,54US$ 80,47US$ 802,45
fevereiroUS$ 74,08R$ 3,98R$ 294,8410US$ 740,80US$ 83,94US$ 886,39
marçoUS$ 72,99R$ 3,97R$ 289,7711US$ 802,89US$ 85,92US$ 972,31
abrilUS$ 76,25R$ 3,58R$ 272,9812US$ 915,00US$ 87,01US$ 1.059,32
maioUS$ 77,81R$ 3,43R$ 266,8913US$ 1.011,53US$ 83,75US$ 1.143,07
junhoUS$ 78,69R$ 3,60R$ 283,2814US$ 1.101,66US$ 82,19US$ 1.225,26
julhoUS$ 74,50R$ 3,20R$ 238,4015US$ 1.117,50US$ 81,31US$ 1.306,57
agostoUS$ 78,31R$ 3,26R$ 255,2916US$ 1.252,96US$ 85,50US$ 1.392,07
setembroUS$ 81,14R$ 3,25R$ 263,7117US$ 1.379,38US$ 81,69US$ 1.473,76
outubroUS$ 82,42R$ 3,26R$ 268,6918US$ 1.483,56US$ 78,86US$ 1.552,62
novembroUS$ 82,64R$ 3,20R$ 264,4519US$ 1.570,16US$ 77,58US$ 1.630,20
dezembroUS$ 77,57R$ 3,47R$ 268,9420US$ 1.551,40US$ 77,36US$ 1.707,56
2017






janeiroUS$ 78,76R$ 3,25R$ 255,9721US$ 1.653,96US$ 82,43US$ 1.789,99
fevereiroUS$ 82,90R$ 3,14R$ 260,3122US$ 1.823,80US$ 81,24US$ 1.871,23
marçoUS$ 88,74R$ 3,11R$ 275,9823US$ 2.041,02US$ 77,10US$ 1.948,33
abrilUS$ 89,14R$ 3,12R$ 278,1224US$ 2.139,36US$ 71,26US$ 2.019,59
maioUS$ 91,29R$ 3,17R$ 289,3925US$ 2.282,25US$ 70,86US$ 2.090,45
junhoUS$ 95,40R$ 3,22R$ 307,1926US$ 2.480,40US$ 68,71US$ 2.159,16
julhoUS$ 94,38R$ 3,18R$ 300,1327US$ 2.548,26US$ 64,60US$ 2.223,76
agostoUS$ 100,36R$ 3,12R$ 313,5228US$ 2.810,08US$ 65,62US$ 2.289,38
setembroUS$ 104,04R$ 3,14R$ 326,6929US$ 3.017,16US$ 59,64US$ 2.349,02
outubroUS$ 105,54R$ 3,16R$ 333,5130US$ 3.166,20US$ 55,96US$ 2.404,98
novembroUS$ 110,50R$ 3,26R$ 360,5631US$ 3.425,50US$ 54,46US$ 2.459,44
dezembroUS$ 112,32R$ 3,26R$ 365,6032US$ 3.594,24US$ 49,50US$ 2.508,94
2018

R$ 0,00



janeiroUS$ 114,57R$ 3,31R$ 379,2333US$ 3.780,81US$ 47,68US$ 2.556,62
fevereiroUS$ 124,74R$ 3,17R$ 395,1834US$ 4.241,16US$ 45,43US$ 2.602,05
marçoUS$ 126,23R$ 3,25R$ 410,7535US$ 4.418,05US$ 35,26US$ 2.637,31
abrilUS$ 119,27R$ 3,31R$ 394,9036US$ 4.293,72US$ 33,77US$ 2.671,08
maioUS$ 126,86R$ 3,50R$ 444,0137US$ 4.693,82US$ 40,73US$ 2.711,81
junhoUS$ 131,84R$ 3,74R$ 493,0838US$ 5.009,92US$ 33,14US$ 2.744,95
julhoUS$ 131,96R$ 3,87R$ 510,6939US$ 5.146,44US$ 28,16US$ 2.773,11
agostoUS$ 137,74R$ 3,75R$ 516,5340US$ 5.509,60US$ 28,04US$ 2.801,15
setembroUS$ 146,93R$ 4,05R$ 595,0741US$ 6.024,13US$ 22,26US$ 2.823,41
outubroUS$ 150,89R$ 4,04R$ 609,6042US$ 6.337,38US$ 13,07US$ 2.836,48
novembroUS$ 139,00R$ 3,72R$ 517,0843US$ 5.977,00US$ 9,11US$ 2.845,59
dezembroUS$ 145,00R$ 3,86R$ 559,7044US$ 6.380,00US$ 21,00US$ 2.866,59
2019






janeiroUS$ 130,00R$ 3,88R$ 504,4045US$ 5.850,00US$ 15,00US$ 2.881,59
fevereiroUS$ 135,39R$ 3,66R$ 495,5346US$ 6.227,94US$ 30,00US$ 2.911,59
marçoUS$ 149,46R$ 3,78R$ 564,9647US$ 7.024,62US$ 24,61US$ 2.936,20
abrilUS$ 157,53R$ 3,87R$ 609,6448US$ 7.561,44US$ 10,54US$ 2.946,74
maioUS$ 165,54R$ 3,92R$ 648,9249US$ 8.111,46US$ 2,47US$ 2.949,21

No total foi desembolsado o valor de U$ 5.056,33 ou R$ 17.808,22 com dólar médio de R$ 3,48. O lucro em dólar é de U$ 2.949,21 perfazendo em torno de 60% de lucro neste período.

No gráfico abaixo podemos ver o crescimento dos lucros de cada ação comprada. Em azul o preço pago pela ação e em verde, o lucro considerando o preço de U$ 160,00. Reparem que conforme o tempo foi passando, o preço da ação foi subindo e o lucro por ação vai diminuindo.

Neste outro gráfico podemos ver a curva dos lucros. Este gráfico representa o rendimento acumulado considerando o preço de U$ 160,00. Reparem como cresceu em 4 anos apenas.

Vai de Visa

Conclusão

Visa Inc é uma empresa espetacular e está sempre se inovando para manter o market share. MasterCard também é uma excelente empresa e traz retornos parecidos. Visa tem crescido desde seu IPO tendo trazido lucros aos seus acionistas e pretende trazer mais inovação no mundo todo no mercado de pagamentos.

poradmin

Qual corretora escolher no exterior, Interactive Brokers ou DriveWealth

Olá caros investidores! Sempre apresento aqui os passos para investir no exterior e como utilizo a Interactive Brokers, já fiz alguns vídeos e falei da abertura de conta e de várias características dela. Hoje vou fazer um comparativo, usar a Interactive Brokers ou DriveWealth?

Muitas pessoas perguntam qual a melhor corretora para investir no exterior e eu sempre respondo que depende do seu objetivo. Não existem dezenas de corretoras que abrem conta para operar online e com baixo custo mas essas duas são as melhores.

Cada corretora tem sua característica e com certeza alguma delas vai atender a sua necessidade. Importante escolher a certa para não pagar por serviços que não pretende utilizar. Importante também não ter taxas altas de saque ou corretagem.

Vejam como escolher corretora no exterior

Eu abri conta na DriveWealth justamente para conhecer melhor e comprara com a Interactive Brokers. O processo de abertura de conta foi bem tranquilo e você pode conferir neste post. Já sobre a Interactive Brokers, deem uma olhada nos seguintes posts:

Interactive Brokers ou DriveWealth

Possibilidade de operar em vários mercados

O primeiro ponto a ser considerado é se você quer operar somente nos Estados Unidos ou pretende operar em outros mercados pelo mundo como Singapura, Hong Kong, Alemanha e outros. Digo isto porque a principal diferença entre as duas é a possibilidade de operar em outros mercados ou não.

A Interactive Brokers te permite operar em diversos mercados. Oferece também diversos serviços além de vários gerenciamento de conta caso você não queira ficar comprando e vendendo ativos. Eles têm o serviço de gerenciamento da sua carteira oferecido por diversas empresas de gestão.

A IB oferece serviços de acordo com cada mercado. Existe uma lista bem grande sobre os serviços. Você pode operar nos Estados Unidos, México, Canadá, Singapura, Japão, Índia, Austrália, Espanha e muito mais. Para verem todos os serviços oferecidos, cliquem neste link.

Já a DriveWealth só oferece serviços nos Estados Unidos. Não há a opção de operar em outros mercados. Isto limita inclusive você receber de volta aqueles 2,5% de imposto que fica retido nos EUA. Se você operar em outro mercado que não retenha imposto te obrigando a declarar todos os meses os ganhos dos dividendos, você poderá receber de volta este valor.

Fazer câmbio na corretora

Este é um serviço que nem deveria ser comparado na verdade. A Interactive Brokers oferece o serviço de câmbio pelo Home Brokers, ou seja, se você quiser comprar ativos na Alemanha, basta fazer a conversão do USD para EUR direto no HB. Mostro aqui como fazer.

Já a DriveWealth não oferece este serviço porque não opera em outros mercados então não faz sentido. Só trouxe esta informação para mostra que é muito fácil operar em outros mercados na moeda local pela Interactive Brokers.

Suporte em português

A Interactive Brokers não oferece suporte em português. Oferece em vários idiomas como o espanhol e francês mas português não tem. Já a DriveWealth oferece atendimento em português e você pode usar toda a plataforma com mais facilidade caso não domine o inglês.

Se o idioma inglês não é problema nenhum pra você, então não terá problemas com a Interactive Brokers. Mas lembro que a escolha da corretora tem que atender às suas necessidades. Se você quer operar em outros mercados, não tem jeito, terá que lidar com o inglês.

Suporte ao cliente

Eu comentei acima que a Interactive Brokers não oferece suporte em português, em compensação oferece o melhor suporte de todas. Eles possuem atendimento 24 horas em diversos idiomas. Seu site de ajuda contem muita coisa com vários tutoriais. Além disso ainda possuem vários vídeos explicativos e webinar.

A DriveWealth tem uma página de ajuda em inglês que achei as principais dúvidas com facilidade. Mas ao procurar assuntos mais específicos tive dificuldade. Não há suporte online 24 horas. Basicamente o suporte é na hora do pregão.

Corretagens

Esta talvez seja a categoria que as pessoas mais procuram. O preço da corretagem e as taxas cobradas são importantes mas temos que considerar outras coisas também. Tudo vai depender de quanto você operar por mês.

A Interactive Brokers cobra $10 de custódia por mês se você abrir conta e transferir $10k USD. Se abrir a conta e enviar menos, pagará $20 por mês. Se tiver mais de 100k investidos ou não, não paga custódia. Este valor de $10 ou $20 por mês é descontado da corretagem. A corretagem é de $1 no mercado à vista então você pode fazer até 10 operações por mês que pagará apenas $10. Se fizer 11 operações entre compra ou venda, pagará $11.

A DriveWelath cobra $2,99 de corretagem por ordem cheia e $0,99 no fracionário. Fracionário aqui entenda-se frações de uma ação como metade de uma ação (0,5). Não existe lote padrão de 100 ações como no Brasil.

Existe um serviço chamado DriveWealth Unlimited que você paga $5,99 por mês e a partir daí a corretagem passa a ser de $0,01. Isto mesmo, apenas 1 centavo de dólar para comprar ou vender ativos se você pagar o serviço de $5,99 por mês. Para quem opera muito, vale a pena. Lembrando que a Interactive Brokers também tem esse serviço. você pode ter um pacote e pagar apenas $0,005 por ação.

Taxas

Você já conhece muito bem a frase: o barato pode sair caro. Então isso também se aplica às corretoras. A DriveWealth cobra algumas taxas bem mais caras que a Interactive Brokers. São muitas as taxas então para conhecer todas é melhor entrar no site.

Nos EUA você pode fazer transferências chamadas ACH onde não há custo. No entanto, caso alguma dessas operações não de certo, a DriveWealth cobra $20 pela devolução. De igual maneira se alguma transferência chamada wire retornar pra você, pagará $25.

Outras taxas são aplicada se você precisar de alguns certificados físicos como um extrato mensal que custa $5. O formulário W8-BEN também é pago pela primeira vez ao custo de $5. Se você quiser transferir dinheiro da sua conta na DriveWealth para o Brasil, pagará $35. É um valor bem alto. Se for transferência pelos EUA mesmo, considerada doméstica, pagará $25.

A Interactive Brokers te oferece um saque mensal gratuito. Se precisar de um segundo saque, será cobrado $10. Bem mais em conta do que a DW. Não há cobrança pelo W8-BEN. São muitas as variáveis de taxas em todo o mundo. Acesse este link para ver tudo.

Depósito via Remessa Online

A Remessa Online tem sido a maneira mais barata e prática de enviar dinheiro para o exterior. Neste quesito as duas corretoras aceitam transferências direto do Brasil via Remessa Online. O dinheiro geralmente entra na conta no próximo dia útil. Outras maneiras também podem ser usadas como Transferwise mas as taxas são mais altas.

Para enviar dinheiro pela Remessa Online com desconto, utilize o cupom de desconto investirnoexterior. Você receberá 10% de desconto no spread do dólar. Se enviar acima de $300 pagará menos de R$ 7,00 de taxa. Se enviar acima de $1500, não pagará taxa sobre o envio.

Small Caps e Penny Stocks

Outra diferença entre as corretoras Interactive Brokers e DriveWealth é a possibilidade de operar ações small caps que são ações de pequena capitalização e Penny Stock que são aquelas ações que custam centavos. Muitas pessoas gostam de analisar e investir nessas categorias por terem a possibilidade de um crescimento muito maior do que as mais consolidadas.

Se você pensa em comprar algumas dessas categorias, abra conta na Interactive Brokers e seja feliz. Este é um ponto negativo para a DriveWealth. Além de ter uma plataforma com muito menos facilidades de investimentos, ainda limita alguns tipos de ações.

Corretagem zero para ETF,

As duas corretoras oferecem taxa zero para uma lista de ETF mas os principais e mais comuns geralmente não entram nesta lista. Isto é um ponto negativo par a DriveWealth que não permite operar alguns ETF como o IWDA. A lista de ETF comissionados Free eu achei muito simplória e não encontrei um ETF que me agradasse.

Na Interactive Brokers também há essa lista com outras opções mas também terá que pagar corretagem dependendo do ETF que desejar. A vantagem é que você pode comprar ETF listados em outros países como na Irlanda. Lembrando também que a Irlanda não cobra imposto sobre ganho de capital e comprar um ETF de acumulação pode ser uma ótima estratégia.

Outra coisa a considerar é que a DriveWealth não permite operar small caps nem pena stocks. Se você quer operar empresas de pequena captação para tentar crescer com elas ou então aquelas consideradas centavos, não conseguirá. Esta é outra estratégia que muitas pessoas utilizam, comprar ativos pequenos porque tem possibilidade de crescimento maior.

Interface da plataforma

A DriveWealth tem uma interface meio simplista parecendo algo amador. Poucas informações mas não é difícil de utilizar. Gosto da ideia de aparecer os logotipos de cada empresa, isto torna mais amigável a navegação. Por outro lado o site não traz muita informação sobre o mercado como a Interactive Brokers.

DriveWealth

Já a Interactive Brokers tem várias plataformas. Você pode operar pelo celular o que é muito fácil, pelo browser ou pelo TWS que é um app. Na verdade o TWS é até mais complicado por trazer muita informação. Você precisará de tempo para aprender mas na verdade se for só para compra e venda de ativos, o app do celular é top.

Esta é a tela quando você faz login pelo browser do seu computador. O menu lateral fornece uma gama de informações bem fáceis de acessar. Lá você pode configurar todo o site, fazer compras, ler notícias, tirar dúvidas e ainda gerenciar sua conta no banco.

Legal ver também seu portfólio online juntamente com o gráfico de rendimentos. Você pode escolher períodos personalizados ou utilizar um dos pré determinados.

Interactive Brokers home broker

Esta tela abaixo é para comprar ativos de modo simples e rápido. É praticamente a mesma tela que o app do celular apresenta. Basta escolher o preço e colocar a quantidade de ativos que deseja. É muito fácil e intuitivo de usar.

Home Brokers IB

Já o TWS, Trader Workstation, é mais complexo trazendo muitas informações ao mesmo tempo. Você pode ver diversas informações de vários mercados. É aqui que você negocia o câmbio e compra moedas online direto do Home Broker.

Interactive Brokers

Conclusão

Se você quer operar apenas nos Estados Unidos comprando ações, REIT e ETF, e não faz tantas operações por mês, pode utilizar a DriveWealth. Se faz apenas uma ou duas compras por mês, pague a corretagem de $2,99 que ainda assim pagará menos de $10 da Interactive Brokers.

Se quiser operar em outros mercados, comprar ETF variados pelo mundo, operar qualquer tipo de empresa, desde pena stocks até as gigantes Apple e Amazon, vá de IB. A Interactive Brokers é o melhor custo benefício por todos os serviços que oferece.

Lembre-se que $1 dólar de corretagem é mais barato do que as corretagens do Brasil, principalmente considerando a qualidade da corretora. O suporte da corretora conta bastante e nisso a Interactive Brokers é número um.

Espero que com essas informações vocês possam decidir qual corretora utilizar, Interactive Brokers ou DriveWealth. Vejam os outros posts, analisem bem e comentem aqui qual você escolheu e por quê? É importante termos vários pontos de vista e várias opiniões. Estamos sempre aprendendo com os outros.

Bons investimentos!

BPM

poradmin

Como abrir conta na DriveWealth

Olá caros investidores!

Dando continuidade à avaliações sobre abertura de contas em corretoras no exterior, vou falar hoje sobre como foi abrir conta na DriveWealth. Já adianto que a corretora oferece suporte em português então não preciso tecer longos comentários.

Como vocês já devem saber, eu utilizo a Interactive Brokers e você encontra neste link como abrir conta nela. Já escrevi também sobre outras características da corretora e o próximo post será sobre uma comparação entre as duas.

A DriveWealth é uma corretora que atende ao básico no mercado financeiro internacional. Na verdade ela atende somente ao mercado americano com algumas limitações. Mesmo nos EUA você não consegue comprar algumas classes de ações como as Pena Stocks.

Como abrir conta na DriveWealth

Como falei anteriormente, o processo de abertura de conta na DriveWealth é bem simples além de oferecer suporte em português então não se preocupe com as dúvidas.

A primeira parte consiste em preencher os dados pessoas. Nome, e-mail, nome do usuário, senha e endereço. Preencham os dados solicitados e siga adiante.

vale a pena usar a DriveWealth
DriveWealth

Em seguida também deverá preencher a Situação Empregatícia informando o empregador, se é pessoa pública, se é pessoa politicamente exposta, dados do empregador como nome, tipo de negócio e país.

DriveWealth
como abrir conta na DriveWealth

Em seguida preencha o Perfil de Investimento. Nesta parte você dirá seu objetivo, sua renda, seu patrimônio e sua tolerância ao risco. É importante preencher essas informações porque eles podem te assessorar melhor de acordo com o perfil.

DriveWealth
DriveWealth

Por fim, faça a assinatura digital. Nestes casos basta preencher seu nome conforme apresentado que a assinatura já vale. Esta assinatura digital não significa que você precise de alguma certificação digital ou token.

Veja também como abrir conta na Interactive Brokers

corretora DriveWealth

Terminado de preencher todos os dados é hora de enviar foto dos documentos. Tire com o próprio celular uma foto bem nítida e clara dos seus documentos de identificação e comprovante de residência e envie para o site.

DriveWealth

No fim vai mostrar uma tela dizendo que tudo está terminado e sua conta está pendente de aprovação. Eu fiz o cadastro em um fim de semana e logo no segundo dia útil minha conta foi aprovada. Você receberá um e-mail com detalhes para login.

abrir conta na DriveWealth

Como enviar dinheiro para DriveWealth

Depois da conta aberta você precisará enviar dinheiro para começar a operar. Mesmo sem enviar dinheiro já poderá acessar a plataforma e ver o Home Broker. Enviar dinheiro também é simples, confira abaixo.

DriveWealth

Você pode enviar dinheiro via Remessa Online dentre outras empresas que enviam valores para o exterior como a Transfewise ou Western Union. De todas as simulações que já fiz até hoje, a Remessa Online é a melhor por ser a mais rápida e a mais barata.

Se você abriu sua conta e vai enviar dinheiro, não deixe de usar o cupom de desconto investirnoexterior para receber 10% de desconto no spread. Se tiver alguma dúvida de como enviar dinheiro pela Remessa Online, clique aqui para ver um tutorial.

remessa online e DriveWealth
DriveWealth

Após a aprovação da conta e o envio de dinheiro, já poderá comprar os ativos pelo Home Broker. Achei bem simples o site mas se for somente pra comprar stocks, REIT e alguns ETF, está muito bom.

Home broker DriveWealth

Conclusão

Abrir conta na DriveWealth é muito simples. A parte mais difícil é decidir se a DriveWealth é a corretora certa para você e para isso farei no próximo post uma comparação entre ela e a Interactive Brokers, a partir dai vocês poderão decidir.

Já adianto que a DriveWealth não opera em outros mercados pelo mundo. Também não tem valor mínimo para abertura de conta. Basta abrir a conta, enviar o quanto quiser e começar a operar. Só tome cuidado com algumas taxas que são caras mas como falei, no próximo post trarei estas considerações.

Não deixem de assistir aos vídeos no canal do Youtube. Em breve farei um vídeo do comparativo entre a DriveWealth e a Interactive Brokers. Aproveite para se inscreverem na newsletter, nas redes sociais e no canal do Youtube.

Bons investimentos!

BPM

poradmin

Por que BB Americas?

Se tem algo que gera dúvida nas pessoas que querem iniciar os investimentos no exterior é saber se precisa abrir conta em banco e qual o melhor banco para ter conta no exterior.

Em primeiro lugar quero informar que não há necessidade de ter conta em banco no exterior para começar a investir. Se você quer investir no exterior basta abrir conta em uma corretora que aceite depósitos diretos do Brasil.

A corretora Interactive Brokers aceita depósitos direto e a Remessa Online tem sido a mais barata e a mais rápida opção para envio de dinheiro ao exterior. Você encontra neste link o passo a passo de como enviar dinheiro com desconto.

Para abrir conta na corretora Interactive Brokers siga este tutorial

Por que BB Americas?

Eu uso o BB Americas por uma série de fatores relacionados à segurança e facilidade na hora de solucionar problemas. Resolver problemas em outros bancos em países muito distantes e em idiomas completamente alheio ao nosso conhecimento, pode ser perigoso.

Outro ponto importantíssimo são as leis fiscais do país onde você abriu conta. As leis aliado à bancos que não cobram nenhum tipo de tarifa podem ser mortais para sua conta.

Eu falo mais sobre o porque utilizar o BB Américas neste vídeos.

Bons investimentos!

BPM

poradmin

BlackRock BLK

A maior gestora de recursos do mundo chama-se BlackRock. Criada em 1988 a empresa gerencia hoje mais de 6 trilhões de dólares e tem valor de mercado de mais de 65 bilhões de dólares.

Com mais de 70 escritórios em 30 países, a BlackRock atende mais de 100 países ao redor do mundo possuindo ETF específicos em vários países como Hong Kong, Singapura, Suíça e Brasil.

Tem como braço forte a subsidiária iShares que gerencia ETF no mundo todo com baixa taxa de administração. A BlackRock teve seu IPO em 1999 a um preço de $14 e hoje suas ações passam de $400.

Nos últimos 5 anos seu crescimento foi de mais de 8% no ganhos e seus dividendos vem crescendo ano a ano também. Seu Yield é pouco mais de 3% e tem possibilidade de aumentar ao longo do tempo.

Para saber mais sobre a BlackRock, assistam ao vídeo. Se você ainda não está inscrito no canal, não esqueça de se inscrever e ativar o sininho para receber as atualizações e os novos vídeos.

Vejam também o vídeo sobre EPR Properties

Bons investimentos!

BPM

poradmin

Imposto sobre herança no exterior

Quanto devemos pagar de imposto sobre herança no exterior?

Já ouvi muito falar sobre o imposto de 40% sobre heranças nos Estados Unidos. Você acha este valor alto? Fique sabendo que os EUA não são medalha de ouro neste quesito. Na verdade eles nem ocupam o pódium ficando em quarto lugar entre os países da OECD (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

Os campeões são Japão com 55%, Korea do Sul com 50, e Paris com 45% de imposto sobre herança. Em quarto lugar, empatado com Reino Unido, vem os EUA. Da lista da OECD, 15 países não cobram o imposto sobre herança.

Os países que não cobram são: Luxemburgo, Sérvia, Eslovênia, Austrália, Áustria, Canadá, Estônia, Israel, México, Nova Zelândia, Noruega, Portugal, República Tcheca, Hungria e Suíça.

Este assunto acaba preocupando muitos investidores uma vez que podemos ser afetados com estes impostos dependendo de onde o dinheiro estiver e da própria legislação brasileira. Lembrando que no caso de falecimento deverá ser feito dois inventários, um no Brasil e outro no país onde estão os bens.

Falarei basicamente sobre os Estados Unidos. Mas será que realmente estes impostos sobre herança irão nos afetar? Será que o imposto é de 40% sobre o patrimônio acumulado como ouvimos por aí? Fiz uma pesquisa e na verdade a história não é bem assim. Vamos ver a seguir.

Gross Estate

Antes de falar sobre os impostos sobre herança vou explicar o que significa Gross Estate. Gross Estate é o valor de mercado das propriedades no momento da morte do dono incluindo seguros de vida.

Em alguns casos ainda podem entrar propriedades transferidas para alguém nos últimos 3 anos. É algo como adiantamento de herança que temos no Brasil.

Poucas coisas podem ser abatidas do Gross Estate para diminuir o valor do imposto como as despesas com funeral, pagamento de dívidas, o valor de propriedades destinadas a doação e o valor da propriedade destinada ao cônjuge.

Ainda em dúvida de como declarar dividendos recebidos no exterior? Cliquei aqui e veja como é simples!

Estate tax e inheritance tax

A primeira coisa a saber é que os EUA possuem dois tipos de cobrança de imposto sobre herança no patrimônio de um falecido. A Estate tax e a Inheritance tax. Já a segunda coisa a saber é que cada estado regula de uma maneira a cobrança destes impostos. 

Estate tax

Como todo governo tem sua parcela de esperteza sobre o dinheiro dos outros, os Estados Unidos sai à frente com taxas de até 40% de imposto sobre herança. Mas calma, há um limite de isenção.

O Estate Tax é um imposto sobre herança calculado em cima dos bens de um falecido após um limite de isenção. Este limite muda anualmente para corrigir a inflação. Em 2018 este limite era de 11,2 milhões de dólares, ou seja, só paga o imposto sobre herança se passar deste montante.

Em 2018, 12 estados mais o Distrito de Columbia tinham a cobrança do Estate Tax. Nem todos cobram 40% do que passar do limite de isenção e nem todos têm o mesmo limite de isenção. Vejam a tabela abaixo.

EstadoLimite de isenção Taxa
Connecticut$2.6 million12%
District of Columbia$11.2 million16%
Hawaii$11.2 million15.7%
Illinois$4 million16%
Maine$5.6 million12%
Maryland$4 million16%
Massachusetts$1 million16%
Minnesota$2.4 million16%
New York$5.25 million16%
Oregon$1 million16%
Rhode Island$1.538 million 16%
Vermont$2.75 million16%
Washington$2.193 million20%

Fonte: Taxfundation.com

Inheritance taxes

É uma taxa que o herdeiro dos bens deve pagar ao governo, ou seja, quem herda é que paga a taxa. No ano de 2018 apenas 6 estados tinham esta taxa e mesmo assim ainda existem algumas exceções antes de pagá-la. 

A inheritance tax só é cobrado após o inventário dos bens e a distribuição aos herdeiros. O imposto é calculado por herdeiro de acordo com o que recebeu de herança. Neste caso quem recebeu menos vai pagar menos e vice versa. 

Por exemplo, digamos que você tenha recebido 10 milhões em herança e o seu estado cobre uma taxa de 10% de imposto mas te fornece uma isenção de até 4 milhões. Neste caso você pagará 10% do que exceder os 4 milhões. Pagará então 600 mil em impostos. 

Diferença entre Inheritance e Estate tax

A diferença entre os dois é a quem fica a responsabilidade de pagar o imposto. A Estate tax é calculada em cima de todo o patrimônio do falecido e somente após este cálculo e o pagamento do imposto é que o patrimônio pode ser distribuído aos herdeiros. 

Entretanto, o imposto só é devido após passar de alguns limites fiscais que variam todos os anos. Este limite é de no mínimo 1 milhão de dólares, a partir daí já começa a pagar o imposto e o cálculo vai depender do estado.

Devido a este limite na hora de calcular o valor do imposto, apenas aproximadamente 2% dos beneficiários deverão pagar. Os estados que cobram a Inheritance tax são os apresentado na tabela abaixo juntamente com suas porcentagens.

EstadoTaxa
Iowa15%
Kentucky16%
Maryland10%
Nebraska18%
New Jersey16%
Pennsylvania15%

Fonte: Taxfundation.com

As taxas variam de 1 a 20% sobre imóveis ou dinheiro. Como os estados podem regular a cobrança do imposto sobre herança, mudanças significativas podem haver de um ano para o outro.

Exceções no imposto sobre herança

Alguns estados isentam do imposto pessoas que se enquadram em algumas situações. Tudo vai depender do tipo de relacionamento que o falecido tinha com o herdeiro. Alguns estados não cobram imposto sobre herança para propriedades deixados para esposa ou esposo.

Filhos e outros dependentes também podem se beneficiar desta isenção na proporção do que eles herdarem. Geralmente aqueles que herdam algo e não tem algum vínculo familiar direto é que pagarão as maiores taxas do imposto sobre herança.

Como evitar o imposto sobre herança

Existem algumas maneiras de evitar o imposto sobre herança. Uma delas é deixar o dinheiro em um Trust. Vou deixar para falar de Trust em outro post, pois o assunto é extenso. Outra é gastar! Se você não está preocupado em deixar muito dinheiro e tem o suficiente para viver bem, gaste.

No caso de ativos financieros uma boa alternativa é ter uma Joint Account with Rights of Survivorship. Desta maneira quando um morre, o outro pode movimentar a conta normalmente. Se for a vontade, pode vender todos os ativos e ir sacando.

Outra maneira é fazer as doações para instituições de caridade ainda em vida. Desta maneira as leis são diferentes e os impostos menores. Já uma outra maneira é deixar tudo para a esposa/esposo, visto que ela ou ele não pagará o imposto como vimos acima.

Conclusão

Pode parecer um absurdo a porcentagem da taxa e de fato é mas o caso é que os Estados Unidos criaram regras que não são maléficas àqueles que são dependentes e herdeiros diretos. Claro que as vezes queremos realmente deixar para outra pessoa ao invés de um parente ou um filho que vá gastar tudo por ai mas isso pode fazer em vida.

Dá pra ver o trabalho que dá deixar um grande patrimônio não é verdade?! Então faça suas contas e viva a vida de modo a aproveitar grande parte do que acumulou durante muito tempo deixando apenas uma quantia considerável de bens.

De nada adianta morrer milionário, deixar os familiares brigando entre si, deixar um terço para o governo e não ter aproveitado grande parte de todo o sacrifício feito.

Este post foi escrito com base em estudos nos sites citados abaixo. Não sou especialista no assunto nem advogado. Caso alguém tenha alguma informação, correção ou atualização sobre o assunto, favor comentar abaixo ou enviar e-mail para [email protected]

Fonte: taxfundation.com; turbotax.com e NerdWallet.com


poradmin

Tarifa para remessa de dinheiro pelo BB

Tarifa para remessa de dinheiro ao exterior pelo Banco do Brasil 

O Banco do Brasil e o Banco do Brasil Americas voltaram a deixar a desejar no quesito atendimento aos clientes. A partir de hoje, 01 de fevereiro de 2019 será cobrada uma nova tarifa para remessa de dinheiro ao exterior.

Por que usar o BB Americas ?

Eu expliquei neste post como abrir conta no BB Americas e neste post o aumento da tarifa para $25 caso não mantenha 10 mil dólares na conta ou em aplicação. 

Explico o motivo de ter uma conta no BB Americas. Se você não tem condições de abrir uma conta em um banco sólido nos EUA como Wells Fargo, Citibank ou Bank of America, que exija baixo valor na conta para isentar as taxas, então é melhor ficar com o BBA. 

Do mesmo modo como aconteceu com o LeoPay, outros bancos com tarifa zero podem mudar suas regras e seu dinheiro ficar preso. Lembrando que nosso suado dinheiro fica à mercê das legislações dos países onde está o banco. Então cuidado com soluções com jeitinho brasileiro.

Digamos que você precise do dinheiro com uma certa frequência e as regras mudem. Neste caso terá que mexer em reserva de emergencia, empréstimos ou cartão para arcar com as contas. Lembrando que muita gente mantém filho estudando no exterior e precisam da remessa de dinheiro ao exterior.

Nova tarifa para remessa de dinheiro pelo Banco do Brasil 

Como falei acima, a partir de hoje, o Banco do Brasil passa a cobrar uma taxa para remessa de dinheiro para o exterior em torno de R$200,00. O iof mantém em 1,1% e o spread também.

O valor da taxa vai depender do seu relacionamento com o Banco. Clientes Estilo podem ter descontos de até 50% nesta taxa. Para saber o quanto você será cobrado, consulte seu gerente. 

Ontem, 31 de janeiro de 2019, eu fiz remessa de dinheiro no valor de $2700 para minha conta no BB Americas e não paguei taxa nenhuma. No entanto, hoje fiz uma simulação e vejam na imagem abaixo o valor da taxa:

Banco do Brasil institui taxa para remessa de dinheiro ao exterior. Confira uma opção muito melhor de remessa de dinheiro.

Reparem que o dólar estava cotado a R$ 3,69 no momento da simulação mas com o iof e a taxa, o câmbio final ficou em R$ 3,81, ou seja, 12 centavos a mais. Imaginem as remessas ao longo do tempo com 12 centavos a mais por dólar?!

Usando a Remessa Online 

A Remessa Online continua sendo a melhor opção para remessa de dinheiro ao exterior. Sua política de cobrança de taxa mudou como expliquei neste post.

Se você enviar a partir de $300, pagará menos de R$ 6,00. Se enviar a partir de $1500, não pagará taxa nenhuma. Lembrando que o iof é de 0,38% e o dinheiro entra na conta no próximo dia útil quando não no mesmo dia. 

Além de ter o melhor spread e não cobrar taxa no caso explicado acima, a Remessa Online tem parceria com o site para remessa de dinheiro para o exterior, oferecendo 10% de desconto no spread. Utilize o voucher investirnoexterior e aproveite este desconto.

remessa online

Vejam uma simulação enviando também $2700. Reparem que o câmbio final ficou em R$ 3,70 contra os R$ 3,81 do Banco do Brasil.

Com relação à bancos no exterior ainda procuro uma opção confiável e barata mas ao que tudo indica, fica difícil. A não ser que você vá pessoalmente abrir uma conta nos EUA, os demais bancos sólidos cobram taxas até mais altas que o BB Americas.

Conclusão

Mais uma vez o Brasil de um certo modo joga contra o investidor internacional, aumentando as taxas de iof, de remessa de dinheiro e de manutenção de conta. Estas medidas desestimulam as pessoas comuns a começarem a investir no exterior. 

Meu objetivo aqui é tentar trazer soluções mais em conta e mostrar que o cidadão comum, com suas economias também pode investir no exterior e manter parte do seu patrimônio protegido em moeda e mercado forte. 

Bons investimentos a todos 

BPM

poradmin

Vale a pena investir em Apple?

Olá caros leitores!

As ações da Apple andam caindo bastante desde outubro de 2018 quando chegou a custar $ 233,47. Com uma queda de aproximadamente 35% as ações da Apple estão sendo negociadas em torno de $152,00. Mas será que ainda vale a pena investir em Apple?

A Apple é uma das maiores empresas no mercado financeiro e dispensa comentários sobre sua área de atuação. Foi a primeira empresa de capital aberto a atingir a marca de um trilhão de dólares no dia 02 de agosto de 2018 mas após 4 meses, perdeu quase 35% de seu valor em bolsa.

Participante da FAANG onde Amazon também atingiu a marca de um trilhão de dólares, a Apple é a única empresa do grupo que paga dividendos, as demais não pagam reinvestindo os lucros.

Carta de Tim Cook aos acionistas da Apple

Today we are revising our guidance for Apple’s fiscal 2019 first quarter, which ended on December 29. We now expect the following:

  • Revenue of approximately $84 billion
  • Gross margin of approximately 38 percent
  • Operating expenses of approximately $8.7 billion
  • Other income/(expense) of approximately $550 million
  • Tax rate of approximately 16.5 percent before discrete items

We expect the number of shares used in computing diluted EPS to be approximately 4.77 billion.

Tim Cook publicou uma carta aos investidores dizendo que estavam revisando o fechamento fiscal do primeiro trimestre de 2019 finalizado em 29 de dezembro e que as vendas de iPhones teriam caído no período.

A empresa anunciou uma redução na receita de aproximadamente 7,7%, do estimado 91 bilhões para 84 bilhões. O lucro por ação de 4,50 para 3,97 e com isso as ações da empresa despencaram nas últimas semanas atingindo menos de $150.

A alegação de Cook é de que a culpa está nos mercados emergentes, principalmente com a China. A queda deu-se praticamente na queda da venda dos iPhones que crescia em uma média de mais de 15% ao ano. O iPhone sempre foi o produto de maior venda da empresa trazendo a maior receita.

iPhone está ameaçado?

novo iPhone

Uma grande discussão paira sobre a galera que gosta de tecnologia e dos produtos da Apple. Será que o iPhone está ameaçado? Será que está ultrapassado? Vale a pena investir em Apple esperando que venda mais iPhones e a receita continue aumentando ano a ano?

Estas perguntas acabam que não tem uma resposta específica e vai da avaliação de cada um. Alguns falam que outras marcas como HUAWEI já apresentam tecnologia muito melhor, tela melhor, mais leve e o pior de tudo, muito mais barato.

As vendas de iPhone tiveram uma grande queda e um dos motivos que se falam é do programa de substituição de baterias que a Apple fez. Uma vez que as baterias podem ser trocadas por um preço bem camarada, os consumidores não veem necessidade de gastar dinheiro e trocar de aparelho.

Também pesa contra as vendas a época que o novo iPhone foi lançado. Enquanto os novos iPhones XS e XS Max foram vendidos no quarto trimestre de 2018, o iPhone X foi vendido no primeiro trimestre de 2018. Isto gerou um impacto no balanço quando comparado os trimestres correspondentes.

De qualquer maneira a Apple deverá inovar algo para 2019, pois se fizer a famigerada atualização para sua versão “S” como sempre, poderá não recuperar as vendas no curto prazo. Em média as pessoas trocam de iPhone a cada dois anos.

Outros produtos da Apple

Se por um lado o iPhone deixou a desejar nas vendas fazendo a receita da Apple despencar, por outro os serviços e outros produtos como Apple Watch, vem aumentando o caixa da empresa nos últimos trimestres.

Tanto os serviços como iCloud e Apple Music como o Apple Watch cresceram mais de 20% em 2017 e 2018. Isto demonstra que as pessoas estão aderindo à outros produtos mas a concorrência continua apertada. Apple Watch compete com Samsung Watch e o serviço de nuvem tem diversos concorrentes, alguns até de graça.

Já as vendas de Macbook e de iPad também tiveram uma leve queda nos últimos anos. O preço destes produtos estão muito elevados o que dificulta a aquisição por pessoas até de classe média alta. A China que está sendo responsabilizada pela derrubada nas vendas, tem um momento difícil onde o salário mínimo é praticamente o preço de um iPhone, imagina um Macbook com Touch Bar?

Confira também se vale a pena esperar o dólar baixar para investir no exterior

Vale a pena investi em Apple?

Mas depois de todos esse alarido sobre a Apple por conta da carta de Tim Cook para este trimestre, será que ainda assim vale a pena investir na Apple? Será que como empresa, ela ainda oferece bons números e um futuro crescente como sempre teve?

Se formos analisar os números, a Apple tem mais de 130 bilhões de dólares em caixa e com esse dinheiro ela pode comprar diversas empresas, startups, cabeças pensantes, enfim tem bastante dinheiro para investir em novas ideias e novos produtos sem afetar as contas da empresa.

Pesa a favor dos investidores o programa de recompra de ações da Apple o qual possui a cifra de 100 bilhões de dólares, a grande capacidade de gerar caixa, o pagamento de dividendos crescentes sendo uma das empresas que mais paga dividendos no mundo e o maior investidor do mundo ter comprado bilhões de ações também.

Há, não podemos esquecer de rumores sobre um possível carro autônomo sendo testado pela Apple, coisa que o Google já está testando há anos. Lembro que estive no Google em 2014 e já vi o carro autônomo andando pelos campus da empresa.

Preço das ações da Apple

investir em apple

Os entendidos de valuation estimam que o preço das ações da Apple, considerando um cenário conservador, fique entre $170 e $187. Em cenários bem pessimistas, considerando crescimentos pífios que nunca aconteceram, a ação pode custar $112 e no melhor cenário, voltar a $230.

Eu tenho ações da Apple e já fiz mais dois aportes desde que comprei pela primeira vez. Neste momento, como temos várias empresas com “desconto” optei por comprar só um pouquinho para dar oportunidade para outras como por exemplo a Black Rock.

Conclusão

Investir em Apple sempre foi sinônimo de ter participação no que há de mais inovador no mundo das tecnologias. A Apple é uma das maiores empresas de capital aberto no mercado financeiro dos Estados Unidos sendo uma das empresas que mais paga dividendos aos seus acionistas, não em valor individual mas em distribuição.

Possui produtos com grande barreira de saída, ou seja, quem tem um produto Apple não quer trocar mas por outro lado seus produtos estão bem caros o que dificulta pessoas de classe média adquirir. As vendas foram afetadas principalmente pela baixa venda de iPhones tendo a China como protagonista nesta redução.

Como empresa, ainda possui excelente caixa que pode ser usado para investimentos sem que isso aumente sua dívida ou atrapalhe o pagamento de dividendos. Sua capacidade de gerar caixa juntamente com o programa de recompra de ações favorece o investidor.

A empresa sempre teve fama de inovar em seus produtos, sendo assim esperamos que apresente produtos inovadores no futuro como fez no passado. Por hora, aumentei posição e acho que ainda vale a pena investir em Apple para longo prazo.

De qualquer maneira vamos aguardar o pronunciamento oficial no dia 29 de janeiro de 2019.

Bons investimentos a todos!

BPM

Disclosure: Lembro a todos que este site tem conteúdo apenas para estudos e não consiste em indicação de compra ou venda de ativos nem de qualquer outro tipo de investimento. Antes de investirem, estudem bastante e tenha certeza do que estão fazendo. Na dúvida, procurem um profissional da área ou uma corretora.

poradmin

Fechamento anual da carteira de investimentos no exterior – 2018

Olá caros leitores!

Como já havia comentado no blog BPMilhão, é interessante fazermos o acompanhamento dos nossos investimentos para tomar decisões de alterar ou não a carteira e de analisar o comportamento de cada ativo mês a mês. Afinal de nada adianta criar uma estratégia e não saber se está dando certo, se for pra isso basta colocar o dinheiro em renda fixa e esquecer.

Acompanhamento da carteira mês a mês

Para aqueles que me acompanham a mais tempo sabe que todos os meses eu faço o balanço dos meus investimentos. Daí saem as decisões de comprar mais, vender ou manter posição. Este acompanhamento já me tirou de GE quando a $22 evitando assim um prejuízo gigante, pois hoje ela custa menos que $9.

No último trimestre a bolsa americana entrou em uma realização de lucros levando vários ativos a preços de 3 anos atrás. Muitos caíram mais de 30% e no fim de 2018 minha carteira teve uma boa queda mas nada que me preocupasse, pois o balanço das empresas praticamente não mudou.

Em contrapartida o aumento na carteira com aportes de dividendos foi muito bom. O crescimento dos dividendos foi mais de 400%. Já o crescimento da carteira como um todo ficou em 20,18%. Um excelente crescimento, imaginem isso por 10 anos?!

ETF

O destaque negativo no fechamento da carteira ficou por conta dos ETF. Estes caíram bastante chegando a ficar negativo no balanço total. No ano de 2018 todos fecharam no negativo mas desde o início da carteira apenas RBOT está no negativo. O destaque positivo foi pra IWDA.

Minha estratégia de ETF consiste em comprar os que não pagam dividendos e acumulam com o tempo e que não cobrem imposto de renda sobre ganho de capital como é o caso dos listados na Irlanda. Esta estratégia é para longo prazo.

A ideia é acumular esses ETF até a aposentadoria e quando precisar de dinheiro, vender aos poucos conforme a necessidade sem ter que pagar imposto sobre o ganho de capital. Por isso prefiro os ETF de acumulação Aos que pagam dividendos. Apesar do péssimo desempenho em 2018, vou mantendo.

Não pretendo comprar muito mais ETF mantendo apenas uma pequena parte em carteira. Talvez que compre só um pouco mais nos mercados emergentes visando uma melhora nas menores economias. O Brasil tá dentro dessa expectativa.

Resumo do rendimento dos investimentos em 2018


% preço da açãoCrescimento com aportesCrescimento aporte e dividendosSó Dividendos

Stocks
CVS-9,63%-9,63%8,05%17,69%
BRK.B3,01%3,01%2,36%—————
GWW62,02%00
AWR15,77%15,77%27,71%11,94%
DIS1,99%1,99%9,76%7,76%
AAPL-6,79%151,67%155,24%3,57%
V15,72%15,72%16,26%0,54%
T-12,24%81,79%82,41%0,62%
IBRK-11,08%-11,08%-10,02%1,06%
I-0,05%-0,05%0,44%0,49%

ETF
IWDA-9,03%-9,03%-9,03%—————
EIMI-14,18%-47,19%-47,19%—————
CSPXJ-USD-10,18%-10,18%-10,18%—————
RBOT-18,85%-18,85%-18,85%—————

REIT
O10,56%65,84%70,55%4,72%
EPR-2,18%46,72%53,36%6,64%
DLR-6,45%-6,45%-5,21%1,24%
CIM1,65%3,11%7,13%4,02%
LTC13,26%13,26%15,79%2,53%
PK-10,63%-10,63%-10,63%0,00%

Crescimento dos Dividendos

201620172018

00432,83%

Como podem perceber vários ativos fecharam o ano de 2018 mais barato do que em 2017 mas os aportes elevaram a carteira bem como os dividendos recebidos. Umas das coisas mais importantes é ter crescimento da carteira e principalmente dos dividendos.

Dividendos

Considerando os dividendos recebidos em relação à soma dos ativos que pagam dividendos, ou seja, excluindo Berkshire Hathaway e todos os ETF, tenho um retorno de 1,79% no ano.

Este retorno é baixo mas tenho que considerar que a carteira foi sendo aumentada ao longo do ano, então alguns ativos que pagam bons dividendos foram adicionados no segundo semestre me pagando apenas uma vez no ano.

No gráfico de rendimento dos dividendos no ano podemos ver o crescimento mês a mês. Como iniciei os investimentos em 2017 então não tenho um comparativo de crescimento mas para 2019 tenho 2018 como referência.

rendimentos dos dividendos

Com relação à dividendos minha estratégia não é receber muito no ano. Quero diversificar em empresas de crescimento como a Berkshire pra evitar pagar imposto de renda e quando precisar vender me beneficiar da isenção de 35 mil reais. Reparem que pagamos 30% sobre os dividendos recebidos.

Teve um leitor no blog do Viver de Dividendos que fez um questionamento desses, sobre o que é melhor, receber dividendos e pagar 30% de imposto ou colocar em empresas que não pagam dividendos. É um assunto interessante para desenvolver no futuro.

Envio de dinheiro ao exterior

O envio de dinheiro ai exterior é sempre uma dúvida para aqueles que querem iniciar os investimentos ou até mesmo fazer uma viagem ou enviar dinheiro à um parente em outros país.

Eu continuando usando a Remessa Online para enviar dinheiro ao exterior e pelo que tenho acompanhado tem sido a mais rápida e a mais barata. Tive que fazer um envio para o BB Americas que não tem SWIFT então não tem como ser via Remessa Online mas neste caso enviei para a Interactive Brokers e depois passei pro BBA.

Se você ainda não sabe como enviar dinheiro via Remessa Online, veja este post. Como enviar dinheiro para a Interactive Brokers usando a Remessa Online.

Não se esqueça de usar o voucher “investirnoexterior” para ganhar 10% de desconto no Spread. Lembrando que remessas acima de $300 a taxa é de apenas R$ 7,00 e se a remessa for acima de $1500 não há cobrança de taxa, somente de iof.

remessa online

Conclusão

Fiquei satisfeito com os investimentos realizados em 2018 e pretendo manter a mesma estratégia para 2019 acompanhando sempre os balanços trimestrais. A capacidade de aporte deverá ser a mesma então espero um crescimento igual.

As ações americanas recuaram bastante dando oportunidade de entrada em vários ativos bons lembrando sempre do longo prazo. Conforme for analisando alguns ativos vou escrevendo aqui. Se você ainda não é inscrito, inscreva-se na newsletter para receber as atualizações.

Para ver a carteira completa clique aqui.

Bons investimentos a todos!

BPM

poradmin

Vale a pena esperar dólar baixar para investir no exterior?


Olá caros leitores! Uma grande discussão que sempre vemos quando falamos em investir no exterior é se vale a pena esperar o dólar baixar para investir no exterior. Eu defendo que os aportes devem ser constantes independente do valor do dólar. Vamos ver se isso dá certo ou não.

Imagine você que possa realizar um aporte mensal de R$ 2.000,00 e quer comprar ativos no exterior. Como será que sua carteira teria se comportado se tivesse enviado dinheiro para o exterior todo início de mês independente do preço do dólar?

Vou fazer um comparativo de um ano considerando dezembro de 2017 a novembro de 2018. Utilizarei duas stocks neste estudo, uma será a Berkshire B que não paga dividendos e outra a AT&T que paga bons dividendos. Também farei o cálculo médio do preço do dólar ao longo do ano.

Vamos deixar de lado as notícias e variações ocorridas ao longo do ano. A ideia é trazer um estudo em que faremos aportes constantes e mensais em um único tipo de ativo. Claro que na hora de investir vamos diversificar mas agora não será o caso.

Os parâmetros utilizados foram:

  • Cotação do dólar no primeiro dia útil do mês;
  • Cotação do ativo no primeiro dia útil do mês;
  • Não considerei taxas de remessa de valores de R$ 7,00 pela Remessa Online nem o iof que será de 1,1% em cima de 2 mil reais, ou seja, 22 reais nem o spread. Lembrando que utilizando o voucher investirnoexterior na Remessa Online você obtém 10% de desconto no spread;
  • Período analisado foi de dezembro de 2017 a novembro de 2018;
  • Vou deixar a quantidade de ações compradas em números quebrados, pois nos EUA é possível comprar fração de uma ação;
  • Na tabela do dólar, novamente somei a inflação do ano aos aportes para que as condições fiquem as mesmas, caso contrário a inflação iria corroer o poder de compra.
remessa online

Compra de Berkshire B nos últimos 12 meses.


AporteDólar R$Dólar USDPreço BRKBQnt CompradaTotal acumuladoValor da carteira
dezembroR$ 2.000,00R$ 3,26US$ 614,44US$ 194,563,16

janeiroR$ 2.000,00R$ 3,26US$ 613,87US$ 197,223,116,27US$ 1236,71
fevereiroR$ 2.000,00R$ 3,17US$ 631,31US$ 217,252,919,18US$ 1993,63
marçoR$ 2.000,00R$ 3,25US$ 614,63US$ 201,533,0512,23US$ 2464,00
abrilR$ 2.000,00R$ 3,31US$ 604,05US$ 195,003,1015,32US$ 2988,21
maioR$ 2.000,00R$ 3,55US$ 563,86US$ 195,112,8918,21US$ 3553,75
junhoR$ 2.000,00R$ 3,76US$ 531,91US$ 192,232,7720,98US$ 4033,21
julhoR$ 2.000,00R$ 3,91US$ 511,51US$ 187,832,7223,70US$ 4452,40
agostoR$ 2.000,00R$ 3,75US$ 533,33US$ 197,852,7026,40US$ 5223,25
setembroR$ 2.000,00R$ 4,05US$ 493,83US$ 210,052,3528,75US$ 6039,16
outubroR$ 2.000,00R$ 4,02US$ 497,51US$ 214,782,3231,07US$ 6672,67
novembroR$ 2.000,00R$ 3,70US$ 540,54US$ 205,862,6333,69US$ 6936,08
dezembroR$ 2.000,00R$ 3,86




Total

US$ 6750,80


US$ 6936,08









US$ 6936,08






US$ 6750,80





Rendimento2,74%





Se  tivéssemos aportado R$ 2.000,00 todos os meses e enviado para o exterior independente do preço do dólar e comprado Berkshire B, também independente do preço, todos os meses durante o ano de 2018, teríamos um rendimento de 2,74% na carteira. Em breve divulgarei o quanto teria rendido em 10 anos.

Compra de AT&T nos últimos 12 meses


AporteDólar R$Dólar USDPreço AT&TDividendosValor dividendosQnt CompradaTotal acumuladoValor da carteira
dezembroR$ 2.000,00R$ 3,26US$ 614,44US$ 36,50

16,83

janeiroR$ 2.000,00R$ 3,26US$ 613,87US$ 38,54

15,9332,76US$ 1262,65
fevereiroR$ 2.000,00R$ 3,17US$ 631,31US$ 39,16US$ 0,50US$ 11,4716,1248,88US$ 1914,28
marçoR$ 2.000,00R$ 3,25US$ 614,63US$ 36,00

17,3966,28US$ 2385,90
abrilR$ 2.000,00R$ 3,31US$ 604,05US$ 35,10

17,2183,48US$ 2930,30
maioR$ 2.000,00R$ 3,55US$ 563,86US$ 32,54US$ 0,50US$ 29,2217,33100,81US$ 3280,44
junhoR$ 2.000,00R$ 3,76US$ 531,91US$ 32,47

17,28118,09US$ 3834,52
julhoR$ 2.000,00R$ 3,91US$ 511,51US$ 32,21

15,88133,97US$ 4315,32
agostoR$ 2.000,00R$ 3,75US$ 533,33US$ 31,90US$ 0,50US$ 46,8916,72150,69US$ 4807,12
setembroR$ 2.000,00R$ 4,05US$ 493,83US$ 31,86

16,97167,67US$ 5341,81
outubroR$ 2.000,00R$ 4,02US$ 497,51US$ 33,49

14,86182,52US$ 6112,62
novembroR$ 2.000,00R$ 3,70US$ 540,54US$ 30,49US$ 0,50US$ 63,8817,73200,25US$ 6105,60
dezembroR$ 2.000,00R$ 3,86






Total

US$ 6750,80




US$ 6105,60











US$ 6105,60








US$ 6750,80







Rendimento-9,56%







Se tivéssemos aportado os mesmo R$ 2.000,00 mas agora comprando AT&T nos últimos 12 meses e reinvestindo os dividendos, teríamos um rendimento de -9,56% no ano.  O valor dos dividendos já está sem o imposto de 30%.

O que quero mostrar é que se ficar esperando o valor do dólar baixar para comprar um ativo, pode ser que perca uma boa oportunidade. Quando a ação custava U$ 39,16 em fevereiro de 2018, o dólar estava em seu menor patamar a R$ 3,17.

Já em novembro de 2018, enquanto a ação estava em seu menor preço nos últimos 12 meses cotada a U$ 30,49, o dólar estava em R$ 3,70. Ou seja, enquanto o dólar subiu 17%, AT&T caiu 29% e continua pagando o mesmo dividendos de U$0,50 por ação. 

Esta é a oportunidade de comprar mais ações de uma empresa boa independente do preço do dólar. Comprando mais ações você também recebe mais dividendos. Perceba que o valor dos dividendos é o mesmo o ano todo. Esse acumulo que gera riqueza no longo prazo. 

Vale a pena esperar o dólar baixar?

Podemos ver na tabela abaixo que o dólar estava em R$ 3,26 em dezembro de 2017,  passando pelo seu pico mínimo em fevereiro de 2018 a R$ 3,17 e depois passou para seu pico máximo em R$ 4,15 em setembro de 2018. Quando o dólar estava em R$ 3,17 muitas pessoas achavam que ia abaixo de R$ 3,00 e não compraram. 

Quando dólar passou de R$ 4,00, muitas pessoas não compraram esperando baixar de R$ 4,00. Aí vem a pergunta: Qual é o preço bom para comprar dólar? Resposta: Não existe! O preço para comprar dólar e investir é o preço do momento em que você tem o dinheiro para enviar. Existe uma maneira de  calcular o preço do dólar mas falaremos posteriormente.

Ficar esperando uma grande baixa do dólar para enviar o dinheiro para o exterior só faz você perder o custo de oportunidade de entrar em um ativo que possa estar com um bom desconto no momento. Por exemplo, imagine dólar em julho a R$ 3,91 e ações da Apple a U$ 190,00. Com 2 mil reais você compraria 511,51 dólares e consequentemente 2,69 ações da Apple. 

De julho a dezembro a Apple pagou dividendos duas vezes de 0,73 cents para cada ação, ou seja, já teria recebido um rendimento de 1,76 centavos por ação. Agora vamos ao cenário atual. Dólar a R$  3,80 e ações da Apple a R$ 170,00 (-12%). Você compraria 3,1 ações da maçã e o dólar está praticamente no mesmo preço. Ou seja, esperar o dólar baixar só faz você perder tempo.

Nos dias atuais a Apple está mais barata do que em julho mas o dólar está no mesmo patamar. Caso tivesse comprado em julho, já teria recebido dividendos duas vezes. Ao invés de comprar mensalmente, aquele que espera o dólar cair pode nem ter comprado nada até hoje. Já quem comprou agora em dezembro, teve a oportunidade de comprar mais ações da Apple por um preço menor que julho mas com o mesmo preço do dólar.

Média do dólar em 10 anos

Se tivéssemos comprado dólar desde dezembro de 2017 até novembro de 2018 sem se preocupar com o preço, teríamos um preço médio de R$ 3,62  em um ano. E se fizéssemos isso nos últimos 10 anos? Qual teria sido o preço médio do dólar? Confira na tabela abaixo.

2008Aporte R$InflaçãoDólar R$Conversão U$
novembroR$‎ 2.000,00
R$‎ 2,17US$‎ 923,36
dezembroR$‎ 2.000,00
R$‎ 2,32US$‎ 863,19
2009118,005,9%

janeiroR$‎ 2.118,00
R$‎ 2,33US$‎ 908,62
fevereiroR$‎ 2.118,00
R$‎ 2,32US$‎ 911,75
marçoR$‎ 2.118,00
R$‎ 2,44US$‎ 867,68
abrilR$‎ 2.118,00
R$‎ 2,28US$‎ 929,35
maioR$‎ 2.118,00
R$‎ 2,13US$‎ 994,83
junhoR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,95US$‎ 1.085,04
julhoR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,93US$‎ 1.098,55
agostoR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,83US$‎ 1.156,11
setembroR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,90US$‎ 1.112,98
outubroR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,79US$‎ 1.186,55
novembroR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,74US$‎ 1.214,45
dezembroR$‎ 2.118,00
R$‎ 1,72US$‎ 1.230,68
201091,294,31%

janeiroR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,72US$‎ 1.285,22
fevereiroR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,86US$‎ 1.188,43
marçoR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,80US$‎ 1.230,12
abrilR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,77US$‎ 1.250,31
maioR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,73US$‎ 1.277,05
junhoR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,83US$‎ 1.204,63
julhoR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,79US$‎ 1.231,49
agostoR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,75US$‎ 1.263,17
setembroR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,75US$‎ 1.266,07
outubroR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,68US$‎ 1.315,84
novembroR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,76US$‎ 1.255,28
dezembroR$‎ 2.209,29
R$‎ 1,71US$‎ 1.295,77
2011130,355,90%

janeiroR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,65US$‎ 1.418,82
fevereiroR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,66US$‎ 1.407,72
marçoR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,66US$‎ 1.407,72
abrilR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,61US$‎ 1.453,19
maioR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,57US$‎ 1.488,31
junhoR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,59US$‎ 1.476,11
julhoR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,56US$‎ 1.503,62
agostoR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,57US$‎ 1.494,02
setembroR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,62US$‎ 1.448,69
outubroR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,90US$‎ 1.234,63
novembroR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,74US$‎ 1.347,71
dezembroR$‎ 2.339,63
R$‎ 1,80US$‎ 1.299,07
2012152,086,50%

janeiroR$‎ 2.491,71
R$‎ 1,87US$‎ 1.332,47
fevereiroR$‎ 2.491,71
R$‎ 1,73US$‎ 1.437,80
marçoR$‎ 2.491,71
R$‎ 1,71US$‎ 1.454,59
abrilR$‎ 2.491,71
R$‎ 1,83US$‎ 1.360,85
maioR$‎ 2.491,71
R$‎ 1,92US$‎ 1.295,74
junhoR$‎ 2.491,71
R$‎ 2,05US$‎ 1.217,84
julhoR$‎ 2.491,71
R$‎ 1,99US$‎ 1.255,27
agostoR$‎ 2.491,71
R$‎ 2,04US$‎ 1.219,04
setembroR$‎ 2.491,71
R$‎ 2,03US$‎ 1.226,84
outubroR$‎ 2.491,71
R$‎ 2,03US$‎ 1.230,47
novembroR$‎ 2.491,71
R$‎ 2,03US$‎ 1.227,44
dezembroR$‎ 2.491,71
R$‎ 2,12US$‎ 1.175,89
2013145,275,83%

janeiroR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,04US$‎ 1.290,11
fevereiroR$‎ 2.636,98
R$‎ 1,99US$‎ 1.327,12
marçoR$‎ 2.636,98
R$‎ 1,98US$‎ 1.331,81
abrilR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,02US$‎ 1.305,44
maioR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,01US$‎ 1.312,58
junhoR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,13US$‎ 1.240,35
julhoR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,23US$‎ 1.181,97
agostoR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,30US$‎ 1.146,51
setembroR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,37US$‎ 1.112,65
outubroR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,23US$‎ 1.184,10
novembroR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,26US$‎ 1.168,87
dezembroR$‎ 2.636,98
R$‎ 2,35US$‎ 1.120,69
2014155,855,91%

janeiroR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,39US$‎ 1.168,54
fevereiroR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,44US$‎ 1.146,48
marçoR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,32US$‎ 1.204,84
abrilR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,26US$‎ 1.235,21
maioR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,22US$‎ 1.259,73
junhoR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,28US$‎ 1.227,61
julhoR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,20US$‎ 1.267,73
agostoR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,26US$‎ 1.236,31
setembroR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,24US$‎ 1.244,57
outubroR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,48US$‎ 1.124,32
novembroR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,50US$‎ 1.118,02
dezembroR$‎ 2.792,82
R$‎ 2,56US$‎ 1.092,23
2015179,026,41%

janeiroR$‎ 2.971,84
R$‎ 2,69US$‎ 1.104,36
fevereiroR$‎ 2.971,84
R$‎ 2,71US$‎ 1.095,00
marçoR$‎ 2.971,84
R$‎ 2,89US$‎ 1.026,90
abrilR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,19US$‎ 932,49
maioR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,08US$‎ 964,88
junhoR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,17US$‎ 936,90
julhoR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,14US$‎ 945,24
agostoR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,45US$‎ 860,90
setembroR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,69US$‎ 806,03
outubroR$‎ 2.971,84
R$‎ 4,00US$‎ 742,77
novembroR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,77US$‎ 788,91
dezembroR$‎ 2.971,84
R$‎ 3,85US$‎ 771,11
2016317,1010,67%

janeiroR$‎ 3.288,94
R$‎ 4,03US$‎ 815,91
fevereiroR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,96US$‎ 831,17
marçoR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,94US$‎ 834,76
abrilR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,56US$‎ 923,86
maioR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,49US$‎ 942,93
junhoR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,59US$‎ 917,16
julhoR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,23US$‎ 1.018,25
agostoR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,27US$‎ 1.006,10
setembroR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,25US$‎ 1.012,60
outubroR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,20US$‎ 1.026,51
novembroR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,24US$‎ 1.015,42
dezembroR$‎ 3.288,94
R$‎ 3,47US$‎ 948,64
2017206,876,29%

janeiroR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,28US$‎ 1.065,47
fevereiroR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,15US$‎ 1.110,13
marçoR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,09US$‎ 1.130,60
abrilR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,11US$‎ 1.122,97
maioR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,15US$‎ 1.109,43
junhoR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,25US$‎ 1.076,96
julhoR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,30US$‎ 1.058,05
agostoR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,12US$‎ 1.119,02
setembroR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,15US$‎ 1.111,19
outubroR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,15US$‎ 1.108,37
novembroR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,26US$‎ 1.071,35
dezembroR$‎ 3.495,81
R$‎ 3,26US$‎ 1.073,98
201877,262,21%

janeiroR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,26US$‎ 1.096,71
fevereiroR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,17US$‎ 1.127,86
marçoR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,25US$‎ 1.098,05
abrilR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,31US$‎ 1.079,15
maioR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,55US$‎ 1.007,35
junhoR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,76US$‎ 950,28
julhoR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,91US$‎ 913,83
agostoR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,75US$‎ 952,82
setembroR$‎ 3.573,07
R$‎ 4,15US$‎ 860,98
outubroR$‎ 3.573,07
R$‎ 4,02US$‎ 888,82
novembroR$‎ 3.573,07
R$‎ 3,70
Total 


US$‎ 143.624,79

Preço Médio dólar
R$ 2,54

Percebam a diferença no preço do dólar em 2008 e em 2018. O dólar aumentou com o passar dos anos passando de R$ 4,00 em três momentos diferentes. Nesses mesmos 10 anos, ações como Berkshire saíram de U$ 43,00 para mais de U$ 220,00. Não se compara à alta da inflação nem muito menos à do dólar .

Conclusão

Então, já se decidiu se vale a pena esperar o dólar baixar para investir no exterior?

Podemos perceber que quem não se preocupa muito com o preço do dólar e envia dinheiro para o exterior, seja para investir ou seja para a aposentadoria, tem hoje um excelente preço médio e não deixou de aproveitar as oportunidades.

Já aqueles que sempre ficam esperando a melhor oportunidade em uma baixa do dólar para enviar dinheiro ao exterior para investir, podem ter perdidos excelentes oportunidades. A maioria das pessoas não fazem o cálculo do custo de oportunidade.

Assim como este histórico de 10 ano, a média do preço do dólar ficou excelente, acredito que para os próximos 10 anos não vá ser muito diferente. 10 anos são dois governos e meio e mesmo as piore fases dos nossos governos não conseguiram jogar a média do dólar para cima de maneira que ficasse desvantajoso.

Não perca tempo aguardando uma baixa do dólar. Envie já os recursos para o exterior e aproveite para comprar ativos no mercado americano. Sugiro utilizar a Remessa Online juntamente com o voucher “investirnoexterior” e obter 10% no spread. Clique aqui e veja como fazer o envio via Remessa Online.

Bons investimentos.

BPM

poradmin

Como escolher corretora no exterior

Olá caros investidores, um outro assunto muito importante para aqueles que querem iniciar os investimentos Offshore  é saber como escolher corretora no exterior. No post anterior eu falei sobre os custos para investir no exterior é agora tecerei alguns comentários e as principais características de algumas corretoras. 

Aquela velha frase “o barato sai caro” também pode ser aplicada à escolha da corretora. No Brasil já vimos que novas corretoras surgiram oferecendo corretagens bem baixas e algumas até isentando corretagens mas ao mesmo tempo não tem capacidade de gerenciar grandes volumes e apresentam panes nessas horas. Algumas características são importantes na escolha, vejamos. 

Custos dos serviços das corretoras

Os custos cobrados pela corretora podem corroer parte dos seus rendimentos dependendo da quantidade de operações que você faz no ano. Há correntes que citam o máximo de 2% com corretagem e outras taxas contadas como aceitável. Eu já acho que pode ser menos. 

Mas não só de corretagem vivem as corretoras, na hora de escolher qual corretora utilizar no exterior considere também os preços de custódia, retirada de valores, depósitos, transferência de custódia de ativos e, algo que não recomendo utilizar, juros da conta margem. 

Custódia 

A custódia é um valor que a corretora cobra pra gerenciar sua conta e manter seu dinheiro e seus ativos. Geralmente as corretoras isentam da custódia aqueles que fazem no mínimo uma operação por mês. Já outras tem valor fixo no entanto desconta as corretagem deste valor é só após extrapolar que começam a cobrar corretagem. 

Muitas das vezes uma boa conversa com a corretora pode te render um desconto na custódia ou até mesmo uma isenção por determinado período de tempo. Lembre-se que a custódia é contada mensalmente assim uma corretora que cobre $10 de custódia, te leva $120 por ano. 

Retirada de valores 

Apesar de sempre citar a estratégia de acumulação até atingir a independência financeira, uma hora precisaremos sacar alguma coisa da corretora, pode ser já na independência financeira/aposentadoria ou até mesmo no percurso por uma necessidade qualquer. 

Considere o valor cobrado para saques. Algumas corretoras cobram $25 por retirada. Se fizer uma retirada por mês, já serão $300 por ano só de taxa de retirada que somados aos $120 da custódia te deixa $420 mais pobre por ano. É um valor bem considerável em taxas. As vezes uma corretora pode oferecer corretagem mais barata no entanto oferece um absurdo para retirada. 

Depósitos 

Os depósitos geralmente são gratuitos. Você pode enviar dinheiro via ACH de uma conta nos Estados Unidos para um corretora lá mesmo ou através da Remessa Online direto do Brasil. Esses envios não tem custos mas já vi alguns lugares cobrando $10 pode depósito. Os bancos cobram, fique ligado.

Transferência de custódia de ativos 

Geralmente na hora de decidir qual corretora utilizar no exterior não pensamos no preço cobrado para transferência de custódia dos ativos. É comum iniciarmos em uma corretora mais barata e com menos recursos e depois querer migrar para uma corretora com mais recursos, no entanto já teremos ativos em carreira. 

A transferência de custódia de ativos pode ser bem cara. Já vi corretoras cobrando mais de $100 só para transferir a custódia dos seus ativos para outra corretora. Além de ser uma pequena dor de cabeça burocrática, ainda tem esse custo. 

Conta Margem

Não recomendo utilizar a conta margem mas como não sabemos o dia de amanhã, caso precise utilizar, melhor que seja uma taxa bem baixa. Os juros cobrados pelas corretoras com conta margem podem chegar a 4% ao mês. Isso é um perigo para corroer todo seu patrimônio em curto espaço de tempo.

Procure uma corretora que ofereça margem operacional de até três dias sem cobrança de juros. Caso queira comprar um ativo em oportunidade ainda terá três dias para depositar o dinheiro ou vender algum ativo. 

Atendimento especializado 

As corretoras maiores contratam profissionais mais capacitados para atender os clientes. Profissionais mais capacitados leva a ter mais custos e estatisticamente acompanham e indicam melhor o que fazer com seu dinheiro.

Aquelas corretoras menores precisam cortar gastos para sobreviverem e isentarem algumas taxas. Fique atento à qualidade do atendimento oferecido, muitas das vezes os atendentes não são investidores e sim vendedores de produtos e atendente de telemarketing.

Ferramentas de investimentos

Ter uma plataforma confiável é muito importante na hora de escolher corretora no exterior. Imagine você precisar operar um grande volume durante um crash ou em uma mega oportunidade e sua ordem não entrar? Imagine estar naquela operação de opções em que o centavo faz diferença e o Home Brokers travar?

Pois então, este cenário descrito acontece bastante. Se você opera e depende de velocidade e segurança durante suas operações, considere como crítico o suporte e a plataforma utilizada pela corretora.

Há também outras ferramentas como gráficos, Market Scanner, Market Overview, News, eventos no calendário, suporte em outros idiomas dentre outras facilidades. Faça uma lista do que é importante para você e veja se a corretora que está abrindo conta te oferece os serviços de graça.

Segurança 

De nada adianta ter isenção de taxas mas sua conta ser invadida e seu dinheiro sumir. Hackers estão 24 horas por dia tentando invadir sistemas de todo tipo e principalmente das instituições financeiras. Pergunte no atendimento da corretora quais são os certificados de segurança e mesmo que você não entenda, faça uma pesquisa no Google.

Conta Remunerada

Geralmente não deixamos dinheiro parado na conta mas algumas corretoras remuneram o dinheiro que você deixa parado na sua conta. Na hora de escolher corretora no exterior tente alinhar mais esta característica com taxa que te agrade. Afinal uns tentamos a mais nunca é demais.

Operar em outros mercados financeiros

Se você tem a intenção de operar em outros mercados como Hong Kong, Japão, Suíça ou outro qualquer, considere avaliar a facilidade e preços para comprar ativos. Algumas corretoras cobram um valor diferente dependendo do país. Caso queira aproveitar aqueles 2,5% que ficam retido no exterior quando você recebe dividendos nos EUA, comprando ativos em Hong Kong, considere este serviço.

Conclusão

Escolher corretora no exterior pode parecer difícil mas não é. A maioria das corretoras oferecem todos os produtos e já são famosas, o que mais vai variar são as taxas cobradas, o valor para abertura da conta, o valor necessário na conta para receber remuneração e a corretagem cobrada.

Nos próximos posts vou fazer comentários sobre as principais corretoras usadas pelos brasileiros e suas características. A partir dai você poderá restringir sua pesquisa e decidir em qual delas abrir conta.

Bons investimentos.

poradmin

SIPC – Proteção de ativos nos EUA

Você sabe onde são custodiados os ativos nos Estados Unidos? Você sabe até que valor seus ativos estão seguros? Conhece o processo de liquidação dos ativos nos EUA? Sabe em que caso você pode reaver seu dinheiro? Então acompanhe abaixo as principais informações sobre a custódia e a garantia dos ativos nos Estados Unidos.

Quando se fala em investir no Brasil sabemos que temos o FGC (Fundo Garantidor de Crédito) para a renda fixa, excetuando-se o Tesouro Direto, e a CBLC ( Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia)  para a renda variável  que garantem que aquele ativo é seu no caso de alguma empresa declarar falência ou insolvência e você ficar com dinheiro preso ou ativos presos. Mas e quando falamos de investimentos nos Estados Unidos?

No EUA não temos exatamente um órgão governamental que garanta seus ativos em caso de falência das corretoras, temos o chamado SIPC – Securities Protection Corporation.

SIPC Securities Investor Protection Corporation 

Quando uma corretora fecha, o SIPC entra em ação e, com certos limites, trabalha para reaver seu dinheiro, ação ou outro título que você tinha com a corretora.

O SIPC é uma corporação sem fins lucrativos, não governamental criada pelos corretores em 1970 para dar garantia limitada aos investidores no caso de suas corretoras irem à falência ou insolvência. O SIPC não é uma agência, não faz parte do governo e nem tem autoridade para realizar investigações.

SIPC Securities Investor Protection Corporation

O SIPC também protege quanto à operações não autorizadas ou furtos nas contas de seus clientes. Todas as corretoras que negociam ações, REIT ou Bonds, para o público, são membros desta corporação. Algumas operações não estão cobertas pelo SIPC. Na crise de 2008 eles atuaram quando o Lehman Brothers quebraram.

Garantia de ativos nos Estados Unidos
O fundo SIPC hoje está em mais de 2,5 bilhões de dólares.


Membros do SIPC

Todas as corretoras virtuais registradas na SEC (Securities Exchange Commission) são membros do SIPC. Aquelas que não são devem declarar aos seus clientes que não são para que tenham a exata noção dos riscos que estão correndo. Você pode verificar se uma corretora faz parte ou não do SIPC neste link.

Coberturas do SIPC

Existem duas situações distintas para cobertura.

Corretoras que sofreram falência ou insolvência 

Existem vários casos em que duas instituições operam em conjunto para prover um serviço ao cliente, são elas, Introducing firm e Clearing firm que na tradução literária seria uma firma de introdução e outra de compensação. A Introducing firm é a responsável por receber a ordem do cliente e garantir que seja executada.

A firma de compensação vai segurar o dinheiro do investidor e emitir a nota de corretagem, mais ou menos como a nossa CBLC ( Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia). Se a Clearing Firm for a falência ou sofrer insolvência e não puder garantir que aquele ativo é seu, passa a ser responsabilidade da SIPC fazer o serviço e garantir que seu dinheiro ou ativos sejam retornados.

A custódia fica à cargo da Clearing firm após a introducing firm finalizar a operação. Você encontrará o nome da Clearing firm no seu extrato mensal ou trimestral.

Veja também onde investir no exterior.

Negociação não autorizada

SIPC também oferece proteção limitada contra negociações não autorizadas. Esta cobertura garante negociações não autorizadas de pessoas associadas com a introducing firm  em tornar os ativos disponiveis mesmo se a Clearing firm, mas não a introduving firm, for solvente. Ou seja, você não será prejudicado se uma das firmas forem idôneas.

Limites da cobertura do SIPC

Os riscos do mercado não são cobertos

SIPC não cobre os riscos do mercado, ou seja, não cobre as oscilações que ocorrem durante o período entre a falência da corretora e a data em que o SIPC designará um curador.

No caso de falência ou insolvência de uma corretora e a mesma não retornar seus ativos ou seu dinheiro, o SIPC designará um curador. Este curador terá a função de supervisionar o processo de liquidação dos ativos em sua carteira naquela corretora.

Quando se fala que os riscos do mercado não são cobertos é porque você pode receber mais ou menos do que valia seus ativos quando o curador foi nomeado. Por exemplo, digamos que você tenha 1000 ações da empresa BPM a $100 cada, ou seja, você terá $10000 em ações. Caso a corretora venha à falência, o SIPC entrará em ação e te pagará o valor da ação do dia em que o curador foi nomeado. Se as ações do BPM tiverem valendo $60, você receberá $6000, do contrário se estiver valendo $120, receberá $12000. Esta variação é chamada de risco do mercado.

Limitações em dólar

O SIPC é limitado a $500k por ativo e dinheiro, no entanto em dinheiro há uma limitação de $250k. Entende-se por cliente aqueles que estão em corretoras que fazem parte do SIPC. Por exemplo, se você tem 2000 ações do BPM a $100 cada, totalizando $200k em ações e $20k em dinheiro, você receberá os dois. Mas se você tiver dinheiro em uma corretora com rendimentos diários, estes rendimentos não serão cobertos, somente o principal.

Investimentos protegidos 

Assim como o FGC não garante todos os produtos no Brasil, nos EUA nem todos os investimentos são protegidos pelo SIPC. No geral sobre ações, Bonds, fundos mútuos, outros investimentos compartilhados de companhias, moedas, rendimentos em ouro, prata, comodities e alguns contratos futuro e de opções. 

Processo de liquidação pelo SIPC

Uma vez declarada a incompetência da corretora em operar e devolver os ativos e dinheiro do cliente, o SIPC solicitará na justiça que um curador seja nomeado para garantir o processo de entregar dos ativos ao cliente.

O curador irá enviar formulários aos clientes para que preencham solicitando seus ativos e dinheiro de volta. Os registros dos clientes serão publicados no site do SIPC e em jornais. Uma vez preenchido os formulários e devolvidos ao curador, o mesmo revisará o processo e definirá o que será devolvido e qual o valor.

Cuidados na hora de investir nos Estados Unidos

Nos Estados Unidos é muito difícil ter problemas com as corretoras e com a custódia dos ativos. Nos EUA não tem conversa, lá as pessoas vão para a cadeia de verdade e pagam altas multas, bem diferente do Brasil. Mas alguns cuidados devem ser tomados para garantir que você não tenha problema na hora de investir.

  • Leia todos os documentos cuidadosamente e guarde-os em lugar seguro;
  • Verifique todas negociações que você fizer para confirmar que todos os dados estão corretos;
  • Revise suas notas de corretagem, veja se a posição está correta, o valor dentre outras informações constante no documento;
  • Não faça negociações com instituições duvidosas ou que não fazem parte do SIPC. Não repasse dinheiro à instituições que não sejam corretoras, ou seja, não invista por meio de terceiros; e
  • Reporte qualquer negociação estranha ou qualquer inconsistência na sua conta.

Conclusão

Muitas pessoas constantemente perguntam onde as ações ficam custodiadas nos Estados Unidos e é normal que tenhamos esta dúvida uma vez que no Brasil não é raro vermos alguns problemas de falência de corretoras. Contudo, não é uma grande preocupação, pois por lá a coisa é bem séria. Agora você já sabe até quanto e quem garante e protege seus ativos e seu dinheiro.

Comprar ativos no exterior além de ser bem simples, há a garantia de até 500 mil dólares, ou seja, cerca de 2 milhões de reais. Eu sinceramente espero que você atinja mais do que este valor e tenha uma vida muito tranquila e fique tranquilo que qualquer que seja o valor até $500k você tem a proteção do SIPC. Algumas corretoras contam com mais proteção e falaremos desta proteção em breve.

Bons investimentos!

BPM