Arquivo de tag dividendos

poradmin

WP Carey – WPC REIT

Olá caros investidores!

Uma coisa que passei a gostar de estudar é o que tem dentro de uma ação. Estudando uma ação a gente descobre muita coisa que nem imaginamos. Por exemplo, quem sabia que a HBO e Warner Bros pertenciam à At&T? Quem sabia que Amazon detém um monte de outras empresas? Ok, você até pode saber isso mas você seria capaz de listar 10 dessas empresas?

Tenho trazido constantemente vídeos e posts mostrando o que tem dentro de uma ação ou REIT e desta vez trago mais um REIT muito interessante. Trata-se de WP Carey REIT que opera sob o ticker WPC. Vamos ver alguns dados dela. Lembrando que muitas das informações que trago a vocês são tiradas do próprio site do REIT.

Histórico da WP Carey

A WP Carey é um dos maiores REITs de locação líquida da atualidade, com histórico de oferecer renda e crescimento estáveis ​​aos investidores. WPC possui um mega portfólio diversificado arrendado a longo prazo para locatários com qualidade de crédito. Atua nos EUA e na Europa Ocidental e no norte. O REIT foi fundado por William Polk Carey em 1973: Seu lema é Investindo para o longo prazo.

Em 30 de janeiro de 1998 foi criada a Carey Diversified LLC que começa a operar na NYSE (NYSE: CDC). O IPO saiu por volta de $22. Engraçado que foi um IPO onde a primeira semana foi de queda. Em 2000 ocorre a fusão da W. Carey Co. com a Carey Diversified LLC cria a W. P. Carey & Co, LLC (NYSE: WPC).

Em 2012 seu fundador, William Polk Carey morre aos 81 anos. No mesmo ano a W. Carey & Co. LLC se funde com CPA®: 15 e se torna um REIT negociado publicamente com o mesmo ticker WPC. Daí por diante eles fizeram várias fusões com CPA:16,17 e 18 e vem entregando excelentes resultados.

Em 2018 WPC comemorou 45 anos com seu lema “investido para o longo prazo”, 20 anos como empresa de capital aberto na NYSE. Também fizeram 20 anos de investimentos na Europa além de estarem sempre entregando dividendos crescentes desde o IPO.

Portfólio de WP Carey WPC

Portfólio WPC

Como falei, WPC possui um mega portfólio bem diversificado tanto entre países como entre inquilinos e diferentes setores de diferentes indústrias e serviços. O total de propriedades é de 1.168, com 310 inquilinos, 134 milhões de metros quadrados. Atualmente 64% locado nos EUA e 34% na Europa. A ocupação é de 98,2%. O total que os 10 maiores inquilinos ocupam é de 23,3%.

No gráfico abaixo podemos ver os inquilinos por tipo de atuação. Vejam que o varejo ainda é a maior parcela, no entanto as demais áreas não ocupam mais que 8%. Isto mostra a grande diversificação do REIT evitando sofrer grandes baixas com a saída de algum inquilino.

WP Carey Portfólio

Contratos a expirar de WPC

Uma coisa importantíssima que devemos observar quando analisamos um REIT é o vencimento dos contratos. No Caso de WP Carey não temos muitos contratos vencendo nos próximos 9 anos. A maior porcentagem de contratos vencendo até 2028 será em 2024 com 12,4% de contratos a vencer. Até lá muita coisa ainda vai acontecer e novos contratos e novas fusões acontecerão.

REIT WPC

Retorno do Investimento

Sempre gosto de analisar o retorno do investimento. As vezes faço em 10 anos e as vezes faço desde o IPO, tudo depende de quanto tempo foi o IPO. No caso de WPC temos um crescimento estrondoso em 21 anos. Para que acreditou e investiu $1000 no IPO e reinvestiu os dividendos até hoje, tem mais de $142 mil dólares na carteira.

Reparem que esta simulação foi feita apenas com um aporte de mil dólares e reinvestimento dos dividendos. Não contempla dinheiro novo, ou seja, aquele aporte que você deve fazer todos os meses. Imagina se tivéssemos investido 500 dólares todos os meses nesses 21 anos desde seu IPO?

Enfim, vamos pensar daqui pra frente e acompanhar para que os gestores entreguem um desempenho semelhante para os próximos 20 anos. Como sempre digo, rendimento passado não garante rendimento futuro mas se o gestor consegue trazer bons rendimentos durante anos, é bem provável que continuará trazendo para os anos vindouros.

WP Carey retorno

Conclusão

WP Carey foi solicitação de um leitor. Eu não conhecia esse REIT mas passei a estudá-lo e a acompanhá-lo mais de perto. Entrou para minha watchlist e em breve terei em carteira. Assista ao vídeo completo no YouTube onde trago muito mais dados e gráficos. Lá tem os gráficos da distribuição dos inquilinos e também das dívidas que vencerão nos próximos 10 anos.

Se você gostou, curta e compartilhe. Inscreva-se no canal e participe com sugestões, comentários e experiências.

Bons investimentos a todos!

BPM

poradmin

Visa Inc. – Vai de Visa!

Ola caros investidores!

Outro dia eu fiz um vídeo falando sobre Visa Inc. Se você não assistiu a performance da empresa desde seu IPO dentre outras curiosidades, clique aqui e assista o vídeo no canal do Youtube. Caso não seja inscrito, aproveite para inscrever-se para não perder nenhuma novidade por lá. 

Neste post vou falar mais um pouco sobre Visa e fazer uma breve simulação de compra de ações ao longo do tempo como já fiz outras vezes com EPR e EXXOM Mobil. Claro eu sabemos que rendimentos passados não garantem rendimentos futuros mas aqui vamos mostrar o histórico e convenhamos, se uma empresa tem boa gestão por uma década, provavelmente terá por mais alguns anos.

Crescimento de Visa

Como vocês puderam ver no vídeo, Visa teve um crescimento de mais de 10 vezes em 11 anos. Seu IPO foi em 2008 a $44 e após um Split de 1:4, ou seja, quem tinha uma ação passou a ter 4, hoje seu papel é negociado próximo a $160. Visa é uma das empresas que teve melhor performance em uma década. Juntamente com MasterCard, domina o mercado de pagamento por cartões de crédito.

Para aqueles que investem olhando o preço sobre o lucro, o famoso P/L, Visa não deu muita entrada uma vez que sempre esteve negociada acima de 20. Isto desmistifica que uma empresa com P/L alto não é uma empresa interessante para investir. Apesar de seu IPO ter sido em 2008, a empresa existe desde 1958 quando fornecia cartão de crédito com limite de 300 dólares chamado de Bank Americard.

cartão de crédito visa

Desde seu IPO a empresa vem crescendo gradativamente e em 2016 concluiu a aquisição da Visa Europe. Atualmente Visa opera em mais de 200 paises e territórios. Eles continuam a evoluir com o mesmo foco – ser a melhor maneira de pagar e ser pago, para todos, em todos os lugares do mundo.

O gráfico abaixo mostra o crescimento de Visa desde seu IPO. Notem que seu IPO foi bem na crise de 2008 e mesmo assim não afetou a empresa de modo significativo. Olhando o gráfico fica até difícil uma entrada no papel, uma vez que os preços estão sempre rompendo resistências. Para os grafistas de plantão, Visa não é um bom case de estudos porque nunca teve uma queda substancial para analisar rompimentos de suportes.

visa dividendos

IPO de Visa Inc

Como já citei anteriormente, Visa Inc teve seu IPO em 2008 a um preço de $44. Seu IPO foi um dos maiores da história e no primeiro dia já fechou com uma alta de  28%. A partir de então a ação subiu até $271 quando teve um Split de 1:4 e passou a ser negociada a $65. Logo após o crescimento continuou e hoje a empresa é negociada em torno de $160 por ação.

visa

Dividendos de Visa Inc

Visa não é exatamente uma grande pagadora de dividendos. Como podemos ver, ela cresceu muito desde seu IPO e pagou poucos dividendos. Na verdade não chega a 1% ao ano tendo agora em 2019, um DY em torno de 0,61%.

Por hora parece que Visa Inc sabe melhor do que nós como investir seus lucros e vamos deixar assim por enquanto. Ela tem aumentado seu dividendos desde seu IPO e seu Payout é de apenas 22%. Não duvido nada que vão aumentar constantemente estes dividendos até se tornar uma Dividend Aristocrats. Eu vou pagar pra ver e serei um Holder em Visa Inc até que faça 25 anos de pagamentos crescentes e ininterruptos de dividendos.

Retorno do investimento em Visa Inc.

Quem investiu em Visa no IPO e manteve até hoje, tem um belo resultado em mãos. Fazendo uma simulação no próprio site, podemos ver que quem investiu 10 mil dólares no IPO e reinvestiu os dividendos, tem hoje mais de 123 mil dólares. Já quem não investiu os dividendos, tem em torno de 117 mil dólares. Imaginem quem foi adicionando aportes ao longo do tempo? É a simulação que faremos agora. 

Cartões visa

Investindo em Visa Inc. para o longo prazo

Vamos fazer uma simulação dos últimos 3 anos. Para aqueles que dizem não ter dinheiro para investir no exterior, vamos simular a compra de uma única ação por mês. Pegaremos o primeiro dia útil como base para o câmbio do dólar e o preço da ação. Sei que se você enviar dinheiro em um dia, provavelmente só entrará na conta no dia seguinte e não daria para comprar a ação no mesmo dia. Vamos calcular tanto o câmbio quanto a compra da ação no primeiro dia útil de cada mês.

No gráfico abaixo podemos ver a variação do dólar no período estudado.

dólar

Para o cálculo, pegarei o valor de abertura da ação da Visa Inc, transformarei para reais utilizando o câmbio de abertura do dólar. Vou tirar os dados do Investing.com para facilitar o trabalho. Feito isto, teremos o valor em reais que você deveria ter investido para comprar uma única ação de Visa Inc por mês. Vou desprezar taxas como iof e spread.

Também vou desprezar os dividendos neste primeiro cálculo, como eles são bem pouco, menos de 0,69%, não fará muita diferença. Começaremos em abril que foi quando deu o Split. No início de maio teremos apenas uma ação em carteira que foi comprada em abril, sendo assim o valor da carteira vai ser de uma ação no preço da abertura em maio. Na coluna Lucro por Ação, peguei o preço de U$ 160,00 como referência e subtrai do que foi pago na compra.


Preço açãoDólar em R$Valor em R$Total açõesValor total U$Lucro por AçãoLucro acumulado U$
2015






abrilUS$ 65,45R$ 3,19R$ 208,79
US$ 0,00

maioUS$ 65,22R$ 3,01R$ 196,311US$ 65,22US$ 94,55US$ 94,55
junhoUS$ 69,13R$ 3,18R$ 219,832US$ 138,26US$ 94,78US$ 189,33
julhoUS$ 67,94R$ 3,10R$ 210,613US$ 203,82US$ 90,87US$ 280,20
agostoUS$ 75,59R$ 3,42R$ 258,524US$ 302,36US$ 92,06US$ 372,26
setembroUS$ 69,41R$ 3,66R$ 254,045US$ 347,05US$ 84,41US$ 456,67
outubroUS$ 70,09R$ 3,97R$ 278,266US$ 420,54US$ 90,59US$ 547,26
novembroUS$ 75,19R$ 3,85R$ 289,487US$ 526,33US$ 89,91US$ 637,17
dezembroUS$ 79,53R$ 3,86R$ 306,998US$ 636,24US$ 84,81US$ 721,98
2016



0

janeiroUS$ 76,06R$ 3,97R$ 301,969US$ 684,54US$ 80,47US$ 802,45
fevereiroUS$ 74,08R$ 3,98R$ 294,8410US$ 740,80US$ 83,94US$ 886,39
marçoUS$ 72,99R$ 3,97R$ 289,7711US$ 802,89US$ 85,92US$ 972,31
abrilUS$ 76,25R$ 3,58R$ 272,9812US$ 915,00US$ 87,01US$ 1.059,32
maioUS$ 77,81R$ 3,43R$ 266,8913US$ 1.011,53US$ 83,75US$ 1.143,07
junhoUS$ 78,69R$ 3,60R$ 283,2814US$ 1.101,66US$ 82,19US$ 1.225,26
julhoUS$ 74,50R$ 3,20R$ 238,4015US$ 1.117,50US$ 81,31US$ 1.306,57
agostoUS$ 78,31R$ 3,26R$ 255,2916US$ 1.252,96US$ 85,50US$ 1.392,07
setembroUS$ 81,14R$ 3,25R$ 263,7117US$ 1.379,38US$ 81,69US$ 1.473,76
outubroUS$ 82,42R$ 3,26R$ 268,6918US$ 1.483,56US$ 78,86US$ 1.552,62
novembroUS$ 82,64R$ 3,20R$ 264,4519US$ 1.570,16US$ 77,58US$ 1.630,20
dezembroUS$ 77,57R$ 3,47R$ 268,9420US$ 1.551,40US$ 77,36US$ 1.707,56
2017






janeiroUS$ 78,76R$ 3,25R$ 255,9721US$ 1.653,96US$ 82,43US$ 1.789,99
fevereiroUS$ 82,90R$ 3,14R$ 260,3122US$ 1.823,80US$ 81,24US$ 1.871,23
marçoUS$ 88,74R$ 3,11R$ 275,9823US$ 2.041,02US$ 77,10US$ 1.948,33
abrilUS$ 89,14R$ 3,12R$ 278,1224US$ 2.139,36US$ 71,26US$ 2.019,59
maioUS$ 91,29R$ 3,17R$ 289,3925US$ 2.282,25US$ 70,86US$ 2.090,45
junhoUS$ 95,40R$ 3,22R$ 307,1926US$ 2.480,40US$ 68,71US$ 2.159,16
julhoUS$ 94,38R$ 3,18R$ 300,1327US$ 2.548,26US$ 64,60US$ 2.223,76
agostoUS$ 100,36R$ 3,12R$ 313,5228US$ 2.810,08US$ 65,62US$ 2.289,38
setembroUS$ 104,04R$ 3,14R$ 326,6929US$ 3.017,16US$ 59,64US$ 2.349,02
outubroUS$ 105,54R$ 3,16R$ 333,5130US$ 3.166,20US$ 55,96US$ 2.404,98
novembroUS$ 110,50R$ 3,26R$ 360,5631US$ 3.425,50US$ 54,46US$ 2.459,44
dezembroUS$ 112,32R$ 3,26R$ 365,6032US$ 3.594,24US$ 49,50US$ 2.508,94
2018

R$ 0,00



janeiroUS$ 114,57R$ 3,31R$ 379,2333US$ 3.780,81US$ 47,68US$ 2.556,62
fevereiroUS$ 124,74R$ 3,17R$ 395,1834US$ 4.241,16US$ 45,43US$ 2.602,05
marçoUS$ 126,23R$ 3,25R$ 410,7535US$ 4.418,05US$ 35,26US$ 2.637,31
abrilUS$ 119,27R$ 3,31R$ 394,9036US$ 4.293,72US$ 33,77US$ 2.671,08
maioUS$ 126,86R$ 3,50R$ 444,0137US$ 4.693,82US$ 40,73US$ 2.711,81
junhoUS$ 131,84R$ 3,74R$ 493,0838US$ 5.009,92US$ 33,14US$ 2.744,95
julhoUS$ 131,96R$ 3,87R$ 510,6939US$ 5.146,44US$ 28,16US$ 2.773,11
agostoUS$ 137,74R$ 3,75R$ 516,5340US$ 5.509,60US$ 28,04US$ 2.801,15
setembroUS$ 146,93R$ 4,05R$ 595,0741US$ 6.024,13US$ 22,26US$ 2.823,41
outubroUS$ 150,89R$ 4,04R$ 609,6042US$ 6.337,38US$ 13,07US$ 2.836,48
novembroUS$ 139,00R$ 3,72R$ 517,0843US$ 5.977,00US$ 9,11US$ 2.845,59
dezembroUS$ 145,00R$ 3,86R$ 559,7044US$ 6.380,00US$ 21,00US$ 2.866,59
2019






janeiroUS$ 130,00R$ 3,88R$ 504,4045US$ 5.850,00US$ 15,00US$ 2.881,59
fevereiroUS$ 135,39R$ 3,66R$ 495,5346US$ 6.227,94US$ 30,00US$ 2.911,59
marçoUS$ 149,46R$ 3,78R$ 564,9647US$ 7.024,62US$ 24,61US$ 2.936,20
abrilUS$ 157,53R$ 3,87R$ 609,6448US$ 7.561,44US$ 10,54US$ 2.946,74
maioUS$ 165,54R$ 3,92R$ 648,9249US$ 8.111,46US$ 2,47US$ 2.949,21

No total foi desembolsado o valor de U$ 5.056,33 ou R$ 17.808,22 com dólar médio de R$ 3,48. O lucro em dólar é de U$ 2.949,21 perfazendo em torno de 60% de lucro neste período.

No gráfico abaixo podemos ver o crescimento dos lucros de cada ação comprada. Em azul o preço pago pela ação e em verde, o lucro considerando o preço de U$ 160,00. Reparem que conforme o tempo foi passando, o preço da ação foi subindo e o lucro por ação vai diminuindo.

Neste outro gráfico podemos ver a curva dos lucros. Este gráfico representa o rendimento acumulado considerando o preço de U$ 160,00. Reparem como cresceu em 4 anos apenas.

Vai de Visa

Conclusão

Visa Inc é uma empresa espetacular e está sempre se inovando para manter o market share. MasterCard também é uma excelente empresa e traz retornos parecidos. Visa tem crescido desde seu IPO tendo trazido lucros aos seus acionistas e pretende trazer mais inovação no mundo todo no mercado de pagamentos.

poradmin

AT&T não é só uma empresa de celular

Olá caros Investidores!

Se você acha que a AT&T é apenas mais uma empresa de telefonia celular, sinto em dizer que você está muito enganado. A AT&T é uma mega empresa de comunicação e entretenimento. Além da telefonia celular ela atua em segmentos de propaganda e entretenimento tendo uma atuação maior do que você pode imaginar.

AT&T

A AT&T é uma gigante no ramo das comunicações e entretenimentos como como comentei acima. Ela consiste em uma companhia de mídia moderna cuja missão é inspirar o progresso humano através de comunicação e entretenimento. É uma das maiores pagadoras de dividendos que constam na lista das dividend aristocrats pagando dividendos crescentes e ininterruptos há 35 anos!

Se você ainda não viu a lista das Dividend Aristocrats, clique aqui!

A AT&T divide-se em 4 segmentos:

AT&T communications – Que trata de  toda parte de comunicações e internet. 

Warner Media – Antiga Time Warner que foi comprada pela AT&T em 2018, consiste em Warner media entertainment, Warner media news & sports e Warner Bros. A Warner Media já ganhou diversos Emmy Awards dentre outros prêmio na categoria sendo um segmento bilionário.

AT&T Latin America Atuando no México, América do Sul e Caribe, levando serviço de celular e TV paga 

Xandr  que é um segmento no ramo de marketing trazendo soluções e valor à seus clientes em sua área de atuação tanto em comunicações quanto na parte de media.

HBO e Warner Bros.

Se você não sabia, agora está sabendo que a HBO e a Warner Bros fazem parte da Warner Midia da AT&T. A Warner Bros, conhecida de todos, é líder em entretenimento global e é a maior produtora mundial de programação de filmes e televisão. Sua vasta biblioteca inclui mais de 100.000 horas de programação e é o lar de algumas das mais amadas franquias de entretenimento, incluindo DC Entertainment, Harry Potter e O Senhor dos Anéis. Também produz e distribui videogames.

AT&T e HBO

A HBO também não fica atrás. A HBO é o lar de aclamadas séries tendo como a mais famosa hoje em dia o GOT – Game of Thrones. Se você assiste Game of Thrones, fique sabendo que está ajudando na receita da AT&T. GOT é sem dúvida a série mais cara da atualidade. O último episódio custou algo em torno de 15 milhões de dólares. É a série queridinha do momento e tem uma super produção. São 8 temporadas sendo que a primeira foi ao ar em 2011.

Conclusão


Este é apenas um resumo do que compõe o portfólio da AT&T. Muitas pessoas acham que trata-se apenas de uma empresa de telefonia celular mas ela atua em outros ramos muito lucrativos. Ainda é uma pagadora de dividendos ininterruptos e crescentes por mais de 35 anos. O DY dela tá em torno de 6,5% a.a. Se quiser ver o que mais ela tem e maiores detalhes assista ao vídeo abaixo.

Bons investimentos!

BPM

poradmin

Resposta da Receita Federal sobre declaração de ativos no exterior

Olá caro Investidor!

No post anterior eu falei que estava preparando umas questões para enviar à Receita Federal do Brasil para tirar algumas dúvidas. Caso você tenha chegado agora e não viu, clique neste link. Agora vou postar aqui as respostas que me foram passadas pela auditora que me atendeu.

Quero deixar registrado aqui que fui muito bem atendido pela auditora que não mediu esforços para me responder com a maior brevidade possível. Também deixo claro que ela me disse que consultou outros consultores sobre diversos assuntos mas que muitos são bem específico.

Se você ainda não conseguiu uma resposta plausível ao seu caso, sugiro fazer uma consulta formal. No site da RFB você encontra um link para fazer essa consulta, o único inconveniente é que demora bastante.

Veja abaixo se sua pergunta foi enviada à Receita Federal e respondia.

Questões apresentadas à Receita Federal do Brasil sobre como declarar ativos no exterior

Apresentei 15 questões à RFB, vamos à elas:

Pergunta 1: Em novembro de 2017 sai do País para trabalhar no exterior, fiz em fevereiro de 2018 o comunicado de saída do País. Fiz tambem no inicio de março a Declaraçao de Ajuste Anual 2017/2018. Após enviado o IRRP e o mesmo já em processamento, percebi que deveria ter realizado a Declaraçao de Saída Definitiva do País como ultima declaraçao de IRRF. Por gentileza, como devo proceder para efetuar a Retificação de Declaração de Ajuste Anual para Declaraçao de Saida Definitiva do Pais neste exercicio de 2017/2018? 

Resposta: Para esta pergunta foi que a pessoa deverá entregar a declaração definitiva e terá que pedir o cancelamento daquela declaração e entregar a retificadora. Pode ser um pedido administrativo sem necessidades de advogado ou intimação. A IN 208/2002 regula esta atividade. Caso queira, consulta a pergunta 689 do Perguntão da Receita Federal.


Pergunta 2 – Em caso de Split de ações no exterior como fica no imposto de renda? Suponhamos que você tenha 100 ações de Apple cotadas a 120 USD cada ação. E a Apple decide dividir as ações na proporção de 1 para 2. Com isso você ficou com 200 ações cotadas a 60 USD por ação. Como declarar isso no IR? é isento? Tem alguma diferença em relação a como é feito com ações do brasil para fins fiscais?

Resposta: Alterar somente a quantidade de ações mantendo o valor total igual. Não vai haver alteração no valor total mas fique atento que os dividendos irão aumentar, pois são pagos por número de ações.


Pergunta 3 – Preciso recolher o imposto sobre a venda de ações mas não sei como apurar a base de cálculo. Trata-se de um programa de ações da cia americana onde eu trabalhava aqui no Brasil. Comprei ações em 2001 (origem em reais) que ficaram custodiadas nos EUA. Desde então, os dividendos trimestrais foram creditados em minha conta, já líquidos do IRRF de 30%, e reinvestimentos automaticamente, comprando mais ações. No final de janeiro, eu vendi todas as cotas, agora preciso pagar o imposto. Devo apurar duas bases de cálculo (origem em reais na aquisição e origem em dólares referente aos dividendos) ?

Resposta: Sim.

Como faço a conversão de dólar para real para cada dividendo recebido?

Resposta: Deverá fazer mês a mês no carnê leão utilizando o dólar deste link.

Tenho que apurar custo médio quando da aquisição de novas cotas pelos dividendos? Posso abater da base de cálculo a “isenção de R$35mil”? 

Resposta: Sim, deverá fazer custo médio. Sim, pode abater.


Pergunta 4 – Qual tratamento deve ser dado aos juros recebidos dos Bonds? E a venda de Bonds?  Os juros sobre títulos (“bonds”) recebidos no exterior em 2018 devem ser declarados como ganho de capital ou no Carnê-Leão? Se for como ganho de capital, como declarar no GCAP? Custo de aquisição zero? E o adquirente? sem o CPF o GCAP não exporta e a declaração trava. Em muitos casos o valor em R$ é inferior a R$35.000 isso quer dizer que será isento nesse caso?

Resposta: Esta resposta foi mais curta, ela disse para apurar Juros custo zero e venda custo de aquisição. E sim, não paga imposto se a venda for inferior a 35 mil reais também sobre os juros. No GCAP ela disse para colocar alguma coisa no adquirente e deixar o CPF em branco que vai passar. Ela disse que sabe das limitações do programa mas que esta é uma maneira de declarar.


Pergunta 5 – Como declarar poupança no exterior? Como não há isenção de imposto sobre ganho de poupança, terei que fazer lançamento mensal dos ganhos e pagar DARF sobre o lucro? Teria que fazer isso todos os meses?

Resposta: Sim, o procedimento adotado está correto. Deverá fazer deste jeito apurando todos os meses.


Pergunta 6 – Como declarar saque de conta em previdência privada no exterior?

Resposta: Veja a Solução de COSIT 79/2015.


Pergunta 7 – Como fazer o lançamento se a variação do dolar for negativo de um ano para o outro? Apenas é lançado o valor atualizado a menor em Bens e Direitos ?

Resposta: Ela não soube explicar bem, disse para repetir o valor. É um assunto que merece uma consulta formal.


Pergunta 8 – Tenho dinheiro em dólar canadense e euro, sei que preciso converter para dólar americano para depois converter para reais mas como faço para conseguir a cotação do dólar americano? Pego de qual dia? 

Resposta: Aqui ficou entendido que seria em espécie então a resposta foi, no caso de aquisição em moeda estrangeira, a quantidade de moeda estrangeira convertida em dólares dos Estados Unidos da América, pelo valor fixado pela autoridade monetária do país emissor da moeda, para a data da aquisição e, em seguida, em reais pela cotação do dólar fixada, para venda, pelo Banco Central do Brasil, para a data da aquisição. Esta situação está exemplificada na pergunta 446 do Perguntão.


Pergunta 9 – Durante alguns anos trabalhei no exterior, Luxemburgo ( Era residente) e durante este periodo comprei alguns bonds que me pagam juros semestralmente. Voltei em definitivo para o Brasil, em Outubro de 2017, e agora entendo que tenho que pagar/recolher I.R. por conta do recebimento destes juros o que ainda não fiz até o momento. Tenho duas questões: (i) como pagar estes juros e (ii) como declarar estes bens na minha DIRPF 2019, sabendo que os bens foram declarados ao Bacen via DCBE nesse ano.

Resposta: Ganho de capital custo zero e declara os bens na ficha de direitos nos itens 49 ou 99.


Pergunta 10 – Como declarar dividendos recebidos no EUA de empresa brasileira Ex-Suzano, uma que os dividendos quando pagos no Brasil são isentos de Imposto de Renda e quando recebido no EUA de empresas americanas são taxado em 30%, o que é fácil preencher o Carnê Leão e no Campo Apuração lança-se o Valor do Imposto Pago. Porém no caso de empresas brasileiras quando pagam dividendos nos EUA, tais dividendos já estão Isentos de Imposto de Renda? Se sim como declarar o Carnê Leão que não há campo na Ficha Apuração para Informar que tais dividendos foram taxados no Brasil?

Resposta: A única coisa que ela falou é que é isento. Não explicou onde colocar na ficha de apuração.


Pergunta 11 – Os dividendos recebido no exterior deverão ser “oferecido” a taxação alíquota Brasileira de 27,5%. A pergunta é quando uma empresa brasileira remete dividendos para serem creditados a acionistas no exterior ADR´s, ela já foi tributada em 27,5% + CSLL , total de ~ 34%,?, ou seja quanto declaramos o rendimento recebido no exterior de uma empresa brasileira através do Carnê Leão não estamos sendo “Bi-Tributados” somente no caso das empresas brasileiras? No caso das empresas americanas os dividendos não são tributados na empresa e sim o acionista diretamente à alíquota de 30%, que são discriminados como Federal Tax Withheld. 

Resposta: A mesma coisa da pergunta anterior, é isento.


Pergunta 12 – Minha empresa presta serviço para um cliente (outra empresa) do exterior e, como dono da empresa, recebi opções de compra de stock options. Entretanto, essas opções nunca haviam sido exercidas, até que a empresa foi vendida para um outro player do mesmo mercado. Agora, as opções estão sendo terminadas da seguinte maneira:
– A quantia que já havia sido considerada “vested” devido ao tempo de prestação de serviços vai ser paga em uma transação initial (que supera os 35 mil);
– A quantia que ainda está para ser “vested” (unvested) vai ser paga gradativamente mês a mês em pequenos pagamentos.
Estou com uma dificuldade em como lançar isso no GCAP 2019 para pagar o imposto, minha idéia inicial é:

1) Lançar como Bens Adquiridos “TERMINATION OF STOCK OPTIONS EMPRESA XXX – YYY of ZZZ” (onde YYY é o total de opções que estão sendo pagas na primeira transação e ZZZ o total de options que minha empresa – eu como representante – tinha o direito de compra. Nesse caso eu pensei em por “U$0” como custo de aquisição e a data de aquisição / data de operação como o dia em que será feita a Wire transfer inicial.
2) Já na aba operação pensei em marcar “Venda” sem ser a prestação com data de alienação no dia que a Wire transfer for feita, com o valor de alienação da Wire transfer e cotação do dólar diária retirada daqui: https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/legado?url=https:%2F%2Fwww4.bcb.gov.br%2Fpec%2Ftaxas%2Fport%2Fptaxnpesq.asp
O procedimento é esse mesmo? O dólar realmente é deste local?
Como nada foi pago de impostos no país de origem (EUA) não marquei nada nos campos “Imposto a pagar no exterior”.
Acredito que, como a transação inicial é acima de R$ 35mil não vá ter nenhuma isenção de imposto, correto? Eu devo pagar 15% acima do valor total convertido… Ou eu devo fazer Valor Convertido em R$ – 35 mil e ai calcular os 15%? Por que o GCAP já calcula a DARF em cima de tudo. Isso não ficou claro pra mim.
Nos outros pagamentos acredito que não vou ter nenhum problema pois as transações serão de valores bem baixos, então basta eu lançar mês a mês com o valor relativo ao lucro, certo?

Resposta: Este é um caso bastante complexo com vários detalhes. Ela sugeriu uma Consulta formal para receber a solução adequada ao caso.


Pergunta 13 – Tenho uma brokerage account nos EUA que é gerenciado por um banco americano. Não tenho atuação alguma sobre a carteira a não ser aumentar ou diminuir o capital investigo. Eles compram e vendem ações da minha carteira e me encaminham o extrato mensal onde constam os ganhos (ou perdas) de capital com as datas exatas das vendas. São muitas ações pulverizadas, mesmo assim tem que fazer uma a uma no GCAP?

Resposta: Neste caso deverá fazer mês a mês. Pode agrupar e fazer exatamente deste jeito.


Pergunta 14 – Trabalhei em uma organização nos USA e no ano de 2010, como residente americano, ganhei um lote de stock options. No ano de 2013 voltei para o Brazil, voltando a ser residente brasileiro. No ano passado exerci este lote de ações e também as vendi em outubro no mercado americano, deixando o montante em uma conta americana. Nesta transação paguei impostos locais, o que ja era esperado. Como ganho de capital, qual seria o procedimento no Brasil? Como ja paguei impostos federais nos USA (22%), e no Brasil esse ganho e de 15%, haveria a necessidade de algum procedimento ou recolhimento do carne leão na ocasião? Neste caso também se considera o ganho de cambio, mesmo o dinheiro estando em solo americano?

Resposta: Neste caso deverá apurar o lucro usando o GCAP e lançar o imposto pago no programa da Receita Federal. Com relação ao dinheiro parado na conta, se não houve remuneração em cima dele, não precisa pagar imposto, mesmo dinheiro vindo da venda dessas ações.


Pergunta 15 – Os ETF gozam de isenção até 35 mil na venda? 

 Resposta: Sim, há isenção. Para maiores detalhes pode consulta a IN 1585 2015 art 18. No entanto não encontrei exatamente sobre os ETF.


Conclusão

Estas respostas foram obtidas com uma auditora da Receita Federal após uma visita minha à uma unidade da RFB. O assunto é espinhoso e como não há muitas pessoas que investem no exterior, os próprios auditores têm certa dificuldade em responder.

Mesmo que eu tenha colocado a resposta aqui, leiam as instruções e as leis e tirem suas conclusões. Os assuntos são bem específicos e nem sempre um auditor vai concordar 100% com outro. Não deem o assunto como encerrado.

O que sempre comento é que se vocês pagarem o imposto de 15% no caso de alienação de ativos acima de 35 mil reais, de 27,5% nos dividendos e de 15% em juros de contas remuneradas, pode haver erros no preenchimento mas não haverá a fala de pagamento do imposto sobre o lucro. Se um dia vocês forem chamados, basta apresentar os comprovantes e eles orientarão como proceder. Lembro que se algum auditor intimar um de vocês é porque este auditor entende do assunto e ai é hora de tirar todas as dúvidas.

Se alguém tiver alguma atualização mais detalhada de cada procedimento exposto aqui, me envie nos comentários que eu acrescento. Com isso estamos construindo uma boa base sobre os assuntos de declaração de ativos no exterior.

poradmin

Como analisar um REIT

Tenho ouvido bastante a dúvida de como analisar um REIT. Os REIT têm caído no gosto de quem quer investir no exterior e ter uma renda passiva mensalmente. Eles possuem uma similaridade muito grande com nossos fundos de investimento imobiliário e por isto este aumento na procura tem acontecido. Neste post vamos ver alguns tópicos de como analisar um REIT. O assunto não será esgotado e falarei de mais tópicos no futuro.

REIT significa Real Estate Investment Trust que traduzindo bem simplesmente, significa investimentos em imóveis. Saibam que existem REIT em diversos países e vocês podem negociar em vários deles usando uma corretora local ou a Interactive Brokers que permite operar em diversos mercados.

Nos Estados Unidos existem atualmente cerca de 225 REIT divididos em diversa categorias que veremos mais a frente. Só o mercado de REIT nos EUA é muito maior do que nossa Bovespa inteira. Existem REIT que pagam de 2 a 8% ao ano, ou seja, para quem quer renda mensal, é uma  ótima opção. Por isso a importância em analisar um REIT de maneira eficiente.

A grande diferença entre os REIT dos EUA e os FII no Brasil é que lá nos States eles podem se alavancar e no país tupiniquim não. Alguns REIT são bem alavancados e com isso o risco aumenta mas em compensação o rendimento tende a ser maior mensalmente.

Veja aqui como abrir sua conta em uma corretora americana sem sair de casa

Tipos de REIT

Os REIT primeiramente são divididos em Equity e Mortgage. Basicamente Equity REIT são aqueles que compram e operam imóveis. Já os Mortgage REIT são aqueles que emprestam dinheiro para os donos de imóveis e operadores ou compram suas dívidas. A grosso modo seria como os nossos FII de papel.

Como citei existem diversos tipos de REIT nos Estados Unidos, eis alguns deles: escritórios, lojas, shopping, torre de celular, saúde, apartamentos, depósitos, hotéis, casas de família e outros. Ah, existem os de presídios também.

Na hora de analisar um REIT, assim como outros tipos de investimentos, devemos considerar alguns pontos que chamam mais a atenção. Nem todos os REIT tem o mesmo desempenho então devemos fazer uma análise mínima que seja para tentar encontrar uma opção que possa trazer um ganho maior no médio ou longo prazo.

Um bom time de gestão

Não diferente dos FII ou das ações, um bom time de gestores é importantíssimo para o ativo. Recentemente no Brasil vimos a Magazine Luiza dar um salto gigantesco no mercado e isto deveu-se CEO e seu time. De igual maneira temos alguns FII que se destacaram também. Não raro vemos um ativo indo mal e quando troca o time da gestão, em pouco tempo já temos bons resultados.

Nos Estados Unidos a General Electric (GE) vem sofrendo há alguns anos. Teve troca de CEO mas mesmo assim o mercado não animou muito. Em se tratando de REIT, o Owner & Minors também não vinha muito bem das pernas e cortou dividendos para tentar resolver suas dívidas. Resultado foi uma grande evasão do ativo que fez o preço despencar de uma hora para outra.

Quando investimos nosso dinheiro em algum ativo queremos que ele esteja em boas mãos. Antes de investirem em um ativo, façam uma busca no google para ver o time de gestão. Feito isso, façam uma busca para conhecerem os gestores, conhecerem seus feitos anteriores. Muitas das vezes um bom CEO para uma área não é bom para outra.

Taxa de ocupação

Um REIT que mantém uma alta taxa de ocupação por vários anos superando até crises e recessões demonstra uma boa gestão. Isto significa que o time está trabalhando arduamente para manter uma alta ocupação e não está dormindo no ponto. Não é porque em determinado momento a ocupação está alta que os gestores não estão trabalhando em novas oportunidades.

Uma alta taxa de ocupação faz com que a receita seja mais consistente e com isso o pagamento dos dividendos mais garantidos. Grandes variações na taxa de ocupação deixam o REIT instável e ninguém quer ter a incerteza se vai receber no próximo mês ou não. Alguns REIT operam mais ativamente efetuando compras e vendas de imóveis constantemente. Analisem bem o histórico dessa gestão.

Price to book abaixo de um

Ao analisar um REIT um dos parâmetros interessante é o Price-to-book Ratio abaixo de um. O Price-to-book compara o preço do ativo de acordo com o valor patrimonial então se estiver abaixo de um, provavelmente está abaixo do que vale. Por aqui é conhecido como P/VPA (preço sobre valor patrimonial). Mas cuidado, este indicador sozinho não deve ser determinante para a compra de um ativo.

De igual maneira, um ativo que tem o Price-to-book Ratio em 3, significa que está valendo duas vezes mais do que realmente vale. Tudo vai depender do que o ativo tem a oferecer.

Localização

Talvez umas das coisas mais importante ao analisar um REIT é saber a localização dos ativos. Alguns REIT não necessariamente precisa estar bem localizado como é o caso de antenas de celular ou presídios. Nestes casos o que importa é a eficiência do REIT. Mas se formos considerar lojas, escritórios, shoppings, hotéis e outros, devemos considerar a localização.

Nos Estados Unidos, Detroit virou uma cidade fantasma. Por lá casas foram abandonadas, empresas fecharam e o mercado imobiliário não vale quase nada. Há uma corrente que ainda luta pelo lugar mas ninguém quer investir lá.

Por outro lado, Nova Iorque tem um dos metros quadrado mais caro do mundo. Para quem conhece a cidade “that never sleeps”, sabe a dificuldade de encontrar um hotel razoável a preço bom. Geralmente os hotéis mais baratos são horríveis e os dignos são bem caros. Um amigo morava lá de aluguel em Long Island em um bom apartamento de 3 quartos mas pagava U$ 6.700 ao mês. Converta isto para reais e teremos algo em torno de R$ 25.000,00 ao mês.

A maioria dos REIT apresentam em seus sites a posição de cada propriedade. Analise o número de habitantes, as rodovias, as cidades em volta, o potencial de crescimento dentre outros aspectos. Se você tiver oportunidade, visite alguma cidade onde há várias propriedades e veja “in loco” as perspectivas.

Veja como enviar dinheiro para o exterior de maneira rápida, segura e barata

Inquilinos e vencimento dos contratos

Os inquilinos também fazem parte de uma análise mais apurada nos REIT. Quem não gostaria de ter a Apple, a Amazon, o Facebook como inquilinos? Bons inquilinos são importante para a consistência dos pagamentos. Você tem um apartamento alugado, prefere que seja um inquilino com dificuldades financeiras ou um inquilino que tem dinheiro em caixa e pode pagar o aluguel sem afetar o bolso?

Juntamente com um bom inquilino vem a verificação dos contratos de alugueis. De nada adianta ter um bom inquilino que vai abandonar a propriedade daqui a um ano. Entrar em um ativo em que os melhores inquilinos vão sair pode causar estresse devido ao trabalho para conseguir novos inquilinos. Ao analisar um REIT, procure aqueles com contratos longos.

Endividamento

Falei no início do post que a grande diferença entre os REIT e os FII é que esse pode ser alavancado e este não. Olhar o endividamento do REIT é extremamente importante para saber o quão comprometido sua receita está em relação às propriedades.

Um baixo endividamento é importante principalmente na hora de expandir os horizontes com novas oportunidades. Se um REIT já está altamente endividado, fica muito mais difícil conseguir empréstimos para expandir seu portifólio. 

Conclusão

REIT são excelente para renda passiva e alguns são muito resilientes com ótima administração e gestão superando dificuldades na economia. No entanto, alguns pontos merecem atenção especial na hora de analisar um REIT como os apresentados.

Estes tópicos acima não esgotam o assunto mas considero que seja mais de 50% na análise de um REIT. O processo decisório de aquisição de um REIT leva em conta também o risco retorno. Sabendo analisar pelo menos esses tópico vocês já têm condições de montarem uma boa estratégia de investimentos.

Farei outros posts comentando mais características dos REIT. Se você ainda não conhece o canal do YouTube, clique neste link e veja  os vídeos onde mostro a composição de alguns REIT.

Por fim, deixe nos comentários sua opinião sobre o assunto. Fique a vontade para colaborar com sua experiência no que tange à analises dos REIT e processo decisório de investimentos. 

Bons investimentos a todos!

BPM


poradmin

BlackRock BLK

A maior gestora de recursos do mundo chama-se BlackRock. Criada em 1988 a empresa gerencia hoje mais de 6 trilhões de dólares e tem valor de mercado de mais de 65 bilhões de dólares.

Com mais de 70 escritórios em 30 países, a BlackRock atende mais de 100 países ao redor do mundo possuindo ETF específicos em vários países como Hong Kong, Singapura, Suíça e Brasil.

Tem como braço forte a subsidiária iShares que gerencia ETF no mundo todo com baixa taxa de administração. A BlackRock teve seu IPO em 1999 a um preço de $14 e hoje suas ações passam de $400.

Nos últimos 5 anos seu crescimento foi de mais de 8% no ganhos e seus dividendos vem crescendo ano a ano também. Seu Yield é pouco mais de 3% e tem possibilidade de aumentar ao longo do tempo.

Para saber mais sobre a BlackRock, assistam ao vídeo. Se você ainda não está inscrito no canal, não esqueça de se inscrever e ativar o sininho para receber as atualizações e os novos vídeos.

Vejam também o vídeo sobre EPR Properties

Bons investimentos!

BPM

poradmin

REIT – EPR Properties

Vamos falar de um dos maiores REIT dos Estado Unidos. Eu já havia falado sobre EPR Properties em um estudo de caso que tinha feito sobre compras mensais durante 10 anos. Vocês podem consultar o estudo neste link. Mas agora vou detalhar um pouco mais.

Também fiz um video com a maioria das informações apresentadas aqui e no post já mencionado. Se ainda não assistiram ao vídeo, basta clicar neste link para terem acesso. Não se esqueçam de se inscreverem e comentarem no canal.

Portfólio de EPR Properties

Em primeiro lugar vamos ver o tamanho deste REIT. Ele possui 6,7 bilhões de dólares em investimentos mas seu valor de mercado já passa de 8 bilhões com receita líquida anualizada de 580 milhões de dólares.

Portfolio EPR Properties

Está distribuído em 391 lugares com mais de 250 inquilinos em 43 estados nos Estados Unidos, Distrito de Columbia além do canadá

Área de atuação

EPR Properties atua basicamente em três áreas, uma de entretenimento, outra de recreação e outra de educação.

Na área de entretenimentos podemos ver que ele atua com 158 salas de cinema, 11 centro de entretenimentos familiares e 7 centros de varejo, compras, lojas.

EPR Properties

Na área de recreação possui 32 complexos de Golf, 12 áreas de ski, 21 atrações como parques, piscinas com ondas e mais 10 outros tipos de recreação como o túnel de vento, uma diversão bem legal para família e um treinamento excepcional para os paraquedistas.

EPR Properties
REIT

Mas não é só isso, além de entretenimento e atrações, atua também na área de educação com escolas públicas, privadas e creches. 

Investir em REIT

Na imagem do mapa abaixo podemos ver cada estabelecimento que faz parte do REIT. Desde escolas até cinemas passando por campos de golfe, tudo está listado no site e vocês podem acessar cada um deles diretamente para ver a localização.

Os vermelhos são de entretenimentos, os verdes de recreação e os laranjas de educação. Notem que estão divididos por todo o territórios dos Estado Unidos. A diversificação do REIT é muito boa.

Investir nos Estados Unidos

Receita de EPR Properties

Ja na imagem abaixo podemos ver de onde vem a maior parte da receita. Observem que entretenimento ainda é o que mais traz receita para o EPR Properties com um total de 48%.

Será esta dependência do entretenimento em praticamente 50% da receita, um problema para o REIT? Façam a analise de vocês mas não antes de assistirem ou lerem sobre compras mensais nos últimos 10 anos.

Investir em REIT

Para contribuir com suas análises, segundo a US Bureau Economic Analysis, a indústria de artes, entretenimento e recreação tem crescido bastante aumentando a participação no PIB americano. Reparem o crescimento desde 2010.

Crescimento REIT

Isso ocorre porque quando a economia melhora e as pessoas têm uma melhora nas suas contas, elas passam a se divertir mais, a viajar mais, a colocar os filhos em uma escola melhor. Então, desde que a economia ande bem, o REIT vai lucrando muito bem.

Ao mesmo tempo que lucram com entretenimento, vão aumentando a participação nas outras áreas de modo a diminuir esta exposição, conforme gráfico abaixo.

REIT EPR

Reparem que o crescimento em entretenimento foi bem pequeno enquanto em recreação e educação foi bem maior. É exatamente o que precisa para diminuir a exposição de apenas um setor.

Perspectivas futuras para o EPR Properties

EPR Properties

O gráfico acima mostra o vencimento de contratos. Poucos contratos vencem em 2019 e 2020, já em 2021 aumenta um pouco mas o total de contratos a vencer até 2027 não chega a 10%. Até lá o EPR vai trabalhando novos contratos ou até mesmo a extensão dos atuais.

Outra importante consideração é que até 2022 não há débitos, ou seja, temos uma boa perspectiva pelo menos nos próximos 3 anos.

EPR

Dividendos de EPR Properties

E como se comportam os dividendos ao longo dos anos? Vejam o crescimento no gráfico abaixo. Notem que há um crescimento constante desde 2010.

Em janeiro de 2019 EPR declarou pagamento de 0,375 $ no trimestre, ratificando assim o aumento de dividendos ao longo dos anos. Antes era 0,36$ por cota por trimestre. Seu yield fica em torno de 6$ ao ano.

Maiores detalhes sobre os dividendos estão no estudo que mencionei. Não vou replicar aqui para não ficar muito grande.

REIT EPR

Conclusão

EPR Properties é um dos REIT mais negociados no mercado americano com um bom desempenho há anos. É um bom pagador de dividendos pagando em torno de 6% ao ano. Para quem quer uma renda extra e também um crescimento ao longo do tempo, o EPR pode ser uma excelente opção.

Não deixem de assistir aos vídeos no canal do youtube e lembrem-se que este site é apenas de estudos e os posts aqui trazidos não constituem recomendação de compra ou venda de ativos.

Bons investimento a todos.

BPM

poradmin

Vale a pena investir em Apple?

Olá caros leitores!

As ações da Apple andam caindo bastante desde outubro de 2018 quando chegou a custar $ 233,47. Com uma queda de aproximadamente 35% as ações da Apple estão sendo negociadas em torno de $152,00. Mas será que ainda vale a pena investir em Apple?

A Apple é uma das maiores empresas no mercado financeiro e dispensa comentários sobre sua área de atuação. Foi a primeira empresa de capital aberto a atingir a marca de um trilhão de dólares no dia 02 de agosto de 2018 mas após 4 meses, perdeu quase 35% de seu valor em bolsa.

Participante da FAANG onde Amazon também atingiu a marca de um trilhão de dólares, a Apple é a única empresa do grupo que paga dividendos, as demais não pagam reinvestindo os lucros.

Carta de Tim Cook aos acionistas da Apple

Today we are revising our guidance for Apple’s fiscal 2019 first quarter, which ended on December 29. We now expect the following:

  • Revenue of approximately $84 billion
  • Gross margin of approximately 38 percent
  • Operating expenses of approximately $8.7 billion
  • Other income/(expense) of approximately $550 million
  • Tax rate of approximately 16.5 percent before discrete items

We expect the number of shares used in computing diluted EPS to be approximately 4.77 billion.

Tim Cook publicou uma carta aos investidores dizendo que estavam revisando o fechamento fiscal do primeiro trimestre de 2019 finalizado em 29 de dezembro e que as vendas de iPhones teriam caído no período.

A empresa anunciou uma redução na receita de aproximadamente 7,7%, do estimado 91 bilhões para 84 bilhões. O lucro por ação de 4,50 para 3,97 e com isso as ações da empresa despencaram nas últimas semanas atingindo menos de $150.

A alegação de Cook é de que a culpa está nos mercados emergentes, principalmente com a China. A queda deu-se praticamente na queda da venda dos iPhones que crescia em uma média de mais de 15% ao ano. O iPhone sempre foi o produto de maior venda da empresa trazendo a maior receita.

iPhone está ameaçado?

Venda de iPhones

Uma grande discussão paira sobre a galera que gosta de tecnologia e dos produtos da Apple. Será que o iPhone está ameaçado? Será que está ultrapassado? Vale a pena investir em Apple esperando que venda mais iPhones e a receita continue aumentando ano a ano?

Estas perguntas acabam que não tem uma resposta específica e vai da avaliação de cada um. Alguns falam que outras marcas como HUAWEI já apresentam tecnologia muito melhor, tela melhor, mais leve e o pior de tudo, muito mais barato.

As vendas de iPhone tiveram uma grande queda e um dos motivos que se falam é do programa de substituição de baterias que a Apple fez. Uma vez que as baterias podem ser trocadas por um preço bem camarada, os consumidores não veem necessidade de gastar dinheiro e trocar de aparelho.

Também pesa contra as vendas a época que o novo iPhone foi lançado. Enquanto os novos iPhones XS e XS Max foram vendidos no quarto trimestre de 2018, o iPhone X foi vendido no primeiro trimestre de 2018. Isto gerou um impacto no balanço quando comparado os trimestres correspondentes.

De qualquer maneira a Apple deverá inovar algo para 2019, pois se fizer a famigerada atualização para sua versão “S” como sempre, poderá não recuperar as vendas no curto prazo. Em média as pessoas trocam de iPhone a cada dois anos.

Outros produtos da Apple

Apple Watch

Se por um lado o iPhone deixou a desejar nas vendas fazendo a receita da Apple despencar, por outro os serviços e outros produtos como Apple Watch, vem aumentando o caixa da empresa nos últimos trimestres.

Tanto os serviços como iCloud e Apple Music como o Apple Watch cresceram mais de 20% em 2017 e 2018. Isto demonstra que as pessoas estão aderindo à outros produtos mas a concorrência continua apertada. Apple Watch compete com Samsung Watch e o serviço de nuvem tem diversos concorrentes, alguns até de graça.

Já as vendas de Macbook e de iPad também tiveram uma leve queda nos últimos anos. O preço destes produtos estão muito elevados o que dificulta a aquisição por pessoas até de classe média alta. A China que está sendo responsabilizada pela derrubada nas vendas, tem um momento difícil onde o salário mínimo é praticamente o preço de um iPhone, imagina um Macbook com Touch Bar?

Confira também se vale a pena esperar o dólar baixar para investir no exterior

Vale a pena investi em Apple?

Mas depois de todos esse alarido sobre a Apple por conta da carta de Tim Cook para este trimestre, será que ainda assim vale a pena investir na Apple? Será que como empresa, ela ainda oferece bons números e um futuro crescente como sempre teve?

Se formos analisar os números, a Apple tem mais de 130 bilhões de dólares em caixa e com esse dinheiro ela pode comprar diversas empresas, startups, cabeças pensantes, enfim tem bastante dinheiro para investir em novas ideias e novos produtos sem afetar as contas da empresa.

Pesa a favor dos investidores o programa de recompra de ações da Apple o qual possui a cifra de 100 bilhões de dólares, a grande capacidade de gerar caixa, o pagamento de dividendos crescentes sendo uma das empresas que mais paga dividendos no mundo e o maior investidor do mundo ter comprado bilhões de ações também.

Há, não podemos esquecer de rumores sobre um possível carro autônomo sendo testado pela Apple, coisa que o Google já está testando há anos. Lembro que estive no Google em 2014 e já vi o carro autônomo andando pelos campus da empresa.

Preço das ações da Apple

queda nas ações da Apple

Os entendidos de valuation estimam que o preço das ações da Apple, considerando um cenário conservador, fique entre $170 e $187. Em cenários bem pessimistas, considerando crescimentos pífios que nunca aconteceram, a ação pode custar $112 e no melhor cenário, voltar a $230.

Eu tenho ações da Apple e já fiz mais dois aportes desde que comprei pela primeira vez. Neste momento, como temos várias empresas com “desconto” optei por comprar só um pouquinho para dar oportunidade para outras como Black Rock.

Conclusão

Investir em Apple sempre foi sinônimo de ter participação no que há de mais inovador no mundo das tecnologias. A Apple é uma das maiores empresas de capital aberto no mercado financeiro dos Estados Unidos sendo uma das empresas que mais paga dividendos aos seus acionistas, não em valor individual mas em distribuição.

Possui produtos com grande barreira de saída, ou seja, quem tem um produto Apple não quer trocar mas por outro lado seus produtos estão bem caros o que dificulta pessoas de classe média adquirir. As vendas foram afetadas principalmente pela baixa venda de iPhones tendo a China como protagonista nesta redução.

Como empresa, ainda possui excelente caixa que pode ser usado para investimentos sem que isso aumente sua dívida ou atrapalhe o pagamento de dividendos. Sua capacidade de gerar caixa juntamente com o programa de recompra de ações favorece o investidor.

A empresa sempre teve fama de inovar em seus produtos, sendo assim esperamos que apresente produtos inovadores no futuro como fez no passado. Por hora, aumentei posição e acho que ainda vale a pena investir em Apple para longo prazo.

De qualquer maneira vamos aguardar o pronunciamento oficial no dia 29 de janeiro de 2019.

Bons investimentos a todos!

BPM

Disclosure: Lembro a todos que este site tem conteúdo apenas para estudos e não consiste em indicação de compra ou venda de ativos nem de qualquer outro tipo de investimento. Antes de investirem, estudem bastante e tenha certeza do que estão fazendo. Na dúvida, procurem um profissional da área ou uma corretora.

poradmin

Vale a pena investir em EPR Properties?

EPR Properties é um dos maiores REIT de entretenimento dos EUA mas uma das maiores dúvidas que mais paira na cabeça de quem investe ou pensa em investir é se vale a pena investir no exterior ou não. Quando falamos em exterior falamos no mundo todo mas este post em específico vai tratar de um REIT nos Estados Unidos.

Eu fiz esse estudo de caso em maio no blog BPMilhao e agora estou atualizando e postando aqui para manter os registros e trazer o debate com vocês. Para quem quiser saber mais, tem outros comparativos no blog e com o tempo vou postando aqui também. Tem um comparativo com a Exxom Mobil também.

O estudo para saber se vale a pena ou não investir em EPR Properties pegou os últimos 10 anos e com isso vamos ver se valeu a pena e se, talvez, valerá a pena investir desta maneira pelos próximos 10 anos. A ideia é ver nesse intervalo de 10 anos passados, quantas cotas foram compradas e quanto por mês poderíamos estar recebendo de dividendos hoje e se daria pra viver de renda no exterior.

Para quem quer viver de dividendos no futuro o ideal é reinvestir os dividendos e desta forma os juros compostos trabalham mais ainda pra você e o tempo de acumulação pode ser diminuído. Neste estudo eu reinvesti os dividendos pelos 10 anos.

Parâmetros utilizados para investir em EPR Properties

Para a realização do estudo foi necessário estabelecer alguns parâmetros como seguem:

  • Utilizei o valor de aportes de R$ 3.000,00 mensal;
  • Corrigi os aportes pela inflação anual, ou seja, a cada janeiro teve a correção da inflação no ano anterior e mantive os aportes até dezembro (exemplo, montante em R$3000 mil mensal, a inflação do ano foi 5%, então o montante mensal para o ano vindouro será 3150);
  • Fiz o cálculo da compra de EPR considerando o valor de fechamento mensal mostrado pelo investing.com;
  • Utilizei o dólar de compra do primeiro dia útil de cada mês retirado do site uol.com.br
  • Em todos os meses arredondei o valor para baixo para compensar o custo de manter a conta no exterior e também da remessa do dinheiro para fora e a corretagem, considerei apenas a quantidade exata de cotas, dependendo da sua forma de enviar o dinheiro e qual seu banco, taxa mensal da conta e corretora podem ter ficados bem aproximados;
  • Somei o valor dos dividendos no valor do aporte mensal. Desta maneira peguei aquele aporte em reais, o que comecei com R$ 3.000,00 e fui corrigindo com a inflação e converti pra dólar. O valor em dólar eu somei os dividendos líquidos ganhos no mês anterior.  E assim fui somando durante os 10 anos

Quantidade de cotas compradas:

A tabela abaixo mostra o início em maio de 2008 e término em outubro de 2018 somando assim 10 anos e 5 meses. Vamos entender as colunas:

  • Aporte: valor a ser aportado mês a mês;
  • Inflação: valor a ser acrescido em janeiro do ano seguinte. Não considerei a inflação mensal e sim a anual;
  • Dólar R$: Valor de compra do dólar no primeiro dia útil do mês;
  • Conversão U$: quantidade de dólar do aporte convertido ao dólar da coluna anterior;
  • Cotação U$ EPR: Valor da cotação de acordo com o site investing.com. No gráfico de 10 anos, os candles mostram um único valor por mês e foi o valor que utilizei;
  • Quantidade de cotas: quantidade de cotas compradas no mês;
  • Dividendos: valor dos dividendos recebidos. Notem que até fevereiro de 2013 os dividendos eram pagos trimestralmente e depois passou a ser mensal;
  • Total bruto: Total recebido em dividendos sem descontar os 30% de imposto;
  • Total líquido: Total recebido em dividendos descontando os 30% de imposto;
  • Valor carteira: Valor da carteira multiplicando a quantidade de cotas do mês anterior ( sem considerar compras do mês atual) pelo valor da cota do mês. Exemplo: O valor da carteira de junho de 2008 é igual a 33 cotas (compradas em maio) vezes o valor da cota em junho U$ 49,44. Deste modo sei qual o valor da carteira que estou iniciando o mês;
  • % mensal bruto: É a porcentagem dos dividendos recebidos em relação ao valor da carteira no mês sem descontar os 30% de imposto;
  • % mensal líquido: É a porcentagem dos dividendos recebidos em relação ao valor da carteira já descontado os 30% de imposto.

Veja agora como abrir conta em uma corretora americana para começar a operar no exterior.

EPR Properties

Vejamos a tabela contendo todos os dados desde maio de 2008.

Investir em REIT
EPR
EPR Properties
Investir em EPR Properties

Podemos perceber que houve uma grande variação no valor da cota e quem fica comprando e vendendo fazendo trade ou swing trade, deve ter tido uma variação grande.

Podemos reparar também que o valor de outubro de 2018 está praticamente igual ao de julho de 2016, ou seja, tivemos ai uma oportunidade de aumentar posição comprando mais cotas por preço menor e aumentar os dividendos mensais.

Salário Minimo

Salário Mínimo

Podemos perceber que o salário mínimo saiu de R$ 415,00 para R$ 954,00, ou seja, um aumento de aproximadamente 129%. O aporte de outubro de 2018 foi de R$ 5.359,60, ou seja, 78% maior que o de maio de 2008 que foi o primeiro de R$ 3.000,00.

Teoricamente conseguiríamos corrigir os aportes pela inflação. Sei que é difícil, pois temos outras contas a pagar e o preço dos produtos não acompanha exatamente essa variação. A inflação é o maior vilão dos aportes.

Conclusão

Ao final de quase 10 anos e meio teríamos acumulado mais de 415 mil dólares gerando mais de 1500 dólares por mês apenas com dividendos recebidos mensalmente de EPR Properties. Será que é suficiente para viver sem trabalhar? Não sei, ai teríamos que entrar em outros assuntos relacionados à custo de vida e lugares para viver.

Fato é que no longo prazo, mesmo passando por uma crise, investir em EPR Properties me parece vantajoso e ter disciplina de aportes independente do valor do dólar ou da cotação da ação é fundamental. 

O estudo não visou outros tipos de investimentos. Sabemos que existem outros REIT que pagam mais ou até mesmo stocks que tiveram aumento de mais de 300%nos últimos 10 anos. O Estudo foi somente sobre investir em EPR Properties e se valeria a pena fazer isso pra viver de dividendos.

Bons investimentos!

BPM